F-1 - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Bottas lidera em Portugal

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·



Em uma segunda sessão toda confusa no circuito de Algarve, em Portugal, décima segunda etapa do Mundial de Fórmula-1, nesta sexta-feira, Valtteri Bottas foi um dos poucos a conseguirem fazer uma volta limpa e ficou com o melhor tempo do dia. O finlandês da Mercedes já tinha sido o mais veloz no primeiro treino, com Lewis Hamilton em segundo. À tarde em Portugal, a primeira meia hora foi destinada para testar pneus a serem utilizados em 2021, com tempos bem mais altos.
Depois que os carros foram liberados para usar os pneus deste ano, Pierre Gasly teve um incêndio no motor Honda da Alpha Tauris e provocou a primeira bandeira vermelha. Naquele momento, Bottas já tinha feito sua volta rápida, enquanto Hamilton ficou preso atrás do sem noção Daniil Kvyat, perdendo toda sua volta rápida. O treino ficou interrompido por mais de quinze minutos devido à lentidão do resgate do carro da Gasly. Com a volta do ritmo normal, Max Verstappen e Lance Stroll decidiram promover uma “verstappada” no final do retão dos boxes. Lado a lado, nenhum dos dois aliviou na curva 1 e se bateram, evidentemente.
Mais uma bandeira vermelha, com mais quinze minutos perdidos por causa do mesmo problema para a retirada da Racing Point de Stroll. Com a volta dos carros com pouco mais de cinco minutos para o final da sessão, pouca coisa mudou.
Resumo do dia: quase nada deu para se tirar de conclusão nesta sexta-feira. O terceiro treino livre será realizado a partir das 7h (horário do Brasil), a classificação, às 11h, e a corrida, no domingo, às 10h10min.

1 Bottas, Mercedes, 1:17:940
2 Verstappen, Red Bull, a 0:595
3 Norris, McLaren, a 0:803
4 Leclerc, Ferrari, a 0:898
5 Sainz Jr., McLaren, a 1:173
6 Vettel, Ferrari, a 1:235
7 Gasly, Alpha Tauris, 1 1:238
8 Hamilton, Mercedes, a 1:368
9 Ocon, Renault, a 1:556
10 Albon, Red Bull, a 1:703
11 Russell, Williams, a 1:881
12 Perez, Racing Point, a 1:961
13 Ricciardo, Renault, a 2:047
14 Latifi, Williams, a 2:525 (com pneus de 20210
15 Raikkonen, Alfa Romeo, a 2:550
16: Magnussen, Haas, a 2:740 *TSC
17 Kvyat, Alpha Tauris, a 2789
18 Grosjean, Haas, a 2:927 *TSC
19 Stroll, Racing Point, a 3:043
20 Giovinazzi, Alfa Romeo, a 3:456

Obs.: Da Turma dos Sem Carro para 2021



Haas muda tudo em 2021

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


A equipe norte-americana Haas decidiu acabar com sua dupla atual de pilotos. Mesmo agradecendo aos trabalhos de Romain Grosjean e de Kevin Magnussen, a equipe já anunciou que terá dois novos pilotos em 2021. Pietro Fittipaldi, atual piloto reserva da escuderia, poderia ter uma chance? Pouco provável, embora ainda dê para torcer por isso. O caras que mais têm chances são o alemão Mick Schumacher, filho de Michael Schumacher, e o inglês Callum Ilott, os dois da academia de jovens talentos da Ferrari, fornecedora de motores da Haas e uma espécie de protetora da equipe norte-americana. Uma coisa é certa, Mick, de 21 anos, estará no grid em 2021, seja pela Haas, seja pela Alfa Romeo. Na Ferrari, por enquanto, o filho do heptacampeão não estará, pois a escuderia de Maranello já confirmou o monegasco Charles Leclerc e o espanhol Carlos Sainz Jr. para 2021.



Hamilton cauteloso. Eu também estaria!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


69 pontos. Essa é a liderança de Lewis Hamilton sobre seu principal rival e companheiro de equipe da Mercedes, Valtteri Bottas, com apenas seis corridas pela frente. Mas com o mundo ainda dominado pela pandemia do coronavírus, o inglês não está dando nada como garantido. Obviamente, essa cautela do recordista de vitórias na Fórmula-1 nada tem a ver com a Covid-19. Ela tem a ver com as sacanagens da FIA neste campeonato.
Eu também estaria muito cauteloso com isso. Com 69 pontos à frente de Bottas, Hamilton tem muito mais de duas corridas completas de frente, que dariam 50 pontos de vantagem e anulariam duas dessas seis corridas restantes. Ou seja, o Hamilton pode correr para chegar em segundo lugar em todas as seis, independentemente dos pontos de bonificação de voltas mais rápidas. Isso se o Bottas vencesse as seis. No entanto, Hamilton é como Ayrton Senna e todos os grandes campeões de qualquer esporte fazem: entram em uma competição para vencer. E aí é que entram as sacanagens da FIA.
Este ano, foram 11 GPs até agora e Hamilton venceu sete deles e marcou pontos - incluindo mais dois pódios - nos outros. Sua consistência tem sido muito impressionante, assim como sua vantagem sobre Bottas. Hamilton, porém, continua calmo e cauteloso, apesar de ter uma vantagem de quase três vitórias em GPs.

- Claro que ainda temos muitas corridas pela frente. Acho que a Red Bull, assim como a Renault, estão no jogo, e realmente pegou fogo. Temos de continuar mantendo nossas cabeças baixas. Definitivamente, não pensei, a essa altura do ano, que teria a liderança que tenho agora. Tantas coisas diferentes nesta pandemia louca ainda podem acontecer, então eu tenho que me concentrar em me manter saudável e continuar tentando entregar corridas como a anterior (em Nürburgring) – disse Hamilton, já em Portugal, para a prova do próximo domingo.



Hamilton chega à vitória de número 91

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·




Quando Michael Schumacher chegou a 91 vitórias, ninguém poderia imaginar que outro piloto pudesse atingir tal marca. Mas tinha um. Lewis Hamilton chegou e agora mira uma outra marca: a de cem vitórias na Fórmula-1. E a vida sorriu bem mais para Hamilton quando seu companheiro de equipe Valtteri Bottas, o pole position do GP de Eifel, em Nürburgring, teve de abandonar a décima primeira etapa do ano com problemas na unidade de potência, conforme revelou a Mercedes. Com tanta “sacanagem” da FIA contra Hamilton no campeonato, com punições absurdas, a vida tratou de punir Bottas com um torpedo no peito do segundo piloto da Mercedes.
Antes de comemorar a marca histórica, Hamilton teve de enfrentar o estresse da entrada do safety car nas voltas finais. Mas o piloto inglês soube se cuidar e garantiu a primeira posição na relargada, deixando Max Verstappen para trás. Com mais uma vitória e a desistência de Bottas, Hamilton se aproxima muito de outro número de Schumacher: a de sete títulos no Mundial, coisa que ele deve atingir matematicamente muito antes do final da temporada.
O recorde de vitórias de Schumacher foi atingido por Hamilton justamente em um circuito alemão, localizado a poucos quilômetros da cidade natal do heptacampeão, que está em coma desde um acidente de esqui sofrido no final de 2013. Porém, esse fato poderia ter sido ainda mais significativo se a FIA não tivesse punido Hamilton na prova anterior, em uma sequência interminável de punições contra o piloto inglês, enquanto Bottas foi “preservado” de qualquer ação da entidade que faz as regras do automobilismo, embora o finlandês estivesse muitas vezes sob essa óptica no ano.
Parabéns, Hamilton, você é o maior!

Resultado final:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1h35min49s641
2) M. Verstappen - Red Bull - a 4s470
3) D. Ricciardo - Renault - a 14s613

4) S. Perez - Racing Point - a 16s070
5) C. Sainz Jr - McLaren - a 21s905
6) P. Gasly - Alpha Tauri - a 22s766
7) C. Leclerc - Ferrari - a 30s814
8) N. Hulkenberg - Racing Point - a 32s596
9) R. Grosjean - Haas - a 39s081
10) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a 40s035

11) S. Vettel - Ferrari - a 40s810
12) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 41s476
13) K. Magnussen - Haas - a 49s585
14) N. Latifi - Williams - a 54s449
15) D. Kvyat - Alpha Tauri - a 55s588

16) L. Norris - McLaren - não completou
17) A. Albon - Red Bull - não completou
18) E. Ocon - Renault - não completou
19) V. Bottas - Mercedes - não completou
20) G. Russell - Williams - não completou

Melhor Volta - M. Verstappen - Red Bull - 1min28s139

Mundial de Pilotos 2020:
1) L. Hamilton - Mercedes - 230 pontos
2) V. Bottas - Mercedes - 161 pontos
3) M. Verstappen - Red Bull - 147 pontos
4) D. Ricciardo - Renault - 78 pontos
5) S. Perez - Racing Point - 68 pontos
6) L. Norris - McLaren - 65 pontos
7) A. Albon - Red Bull - 64 pontos
8) C. Leclerc - Ferrari - 63 pontos
9) L. Stroll - Racing Point - 57 pontos
10) P. Gasly - Alpha Tauri - 53 pontos
11) C. Sainz Jr - McLaren - 51 pontos
12) E. Ocon - Renault - 36 pontos
13) S. Vettel - Ferrari - 17 pontos
14) D. Kvyat - ALpha Tauri - 14 pontos
15) N. Hulkenberg - Racing Point - 10 pontos
16) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 3 pontos
17) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 2 pontos
18) R. Grosjean - Haas - 2 pontoS
19) K. Magnussen - Haas - 1 ponto
20) N. Latifi - Williams - 0 ponto
21) G. Russell - Williams - 0 ponto

Mundial de Construtores:
1) Mercedes - 391 pontos
2) Red Bull - 211 pontos
3) Racing Point - 120 pontos
4) McLaren - 116 pontos
5) Renault - 114 pontos
6) Ferrari - 80 pontos
7) Alpha Tauri - 67 pontos
8) Alfa Romeo - 5 pontos
9) Haas - 3 pontos
10) Williams - 0 ponto



Bottas é pole em Nürburgring

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Em uma disputa direta entre as Mercedes e a Red Bull de Max Verstappen, Valtteri Bottas levou a melhor e conseguiu a pole position do GP de Eifel, no circuito alemão de Nürburgring. O vice-líder da temporada foi quase 3 décimos de segundo mais rápido que Lewis Hamilton e Verstappen. A corrida deste domingo, prevista para as 9h10min (pelo horário brasileiro) deve ser uma briga direta entre os três pilotos. Hamilton busca sua vitória de número 91 para se igualar ao recorde histórico de Michael Schumacher na Fórmula-1, justamente no circuito vizinho à cidade de nascimento do heptacampeão.

- Tenho de melhorar em alguns pontos da pista. Analisarei hoje à noite como devo fazer isso para a corrida – disse Hamilton, depois do treino de classificação deste sábado.

Resultado da Classificação:
1) V. Bottas - Mercedes - 1min25s269
2) L. Hamilton - Mercedes - a 0s256
3) M. Verstappen - Red Bull - a 0s293
4) C. Leclerc - Ferrari - a 0s766
5) A. Albon - Red Bull - a 0s778
6) D. Ricciardo - Renault - a 0s954
7) E. Ocon - Renault - a 0s973
8) L. Norris - McLaren - a 1s189
9) S. Perez - Racing Point - a 1s435
10) C. Sainz Jr - McLaren - a 1s440

11) S. Vettel - Ferrari
12) P. Gasly - Alpha Tauri
13) D. Kvyat - Alpha Tauri
14) A. Giovinazzi - Alfa Romeo
15) K. Magnussen - Haas

16) R. Grosjean - Haas
17) G. Russell - Williams
18) N. Latifi - Williams
19) K. Raikkonen - Alfa Romeo
20) N. Hulkenberg - Racing Point



Bottas na frente no único treino livre para GP de Eifel

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Resultado da Sessão:
1) V. Bottas - Mercedes - 1min26s225
2) L. Hamilton - Mercedes - a 0s136
3) C. Leclerc - Ferrari - a 0s456
4) M. Verstappen - Red Bull - a 0s671
5) S. Vettel - Ferrari - a 0s813
6) L. Norris - McLaren - a 0s942
7) S. Perez - Racing Point - a 1s020
8) D. Ricciardo - Renault - a 1s167
9) A. Albon - Red Bull - a 1s224
10) P. Gasly - Alpha Tauri - a 1s303
11) E. Ocon - Renault - a 1s409
12) D. Kvyat - Alpha Tauri - a 1s570
13) C. Sainz Jr - McLaren - a 1s699
14) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 1s731
15) R. Grosjean - Haas - a 1s890
16) K. Magnussen - Haas - a 2s068
17) G. Russell - Williams - a 2s118
18) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a 2s145
19) N. Latifi - Williams - a 2s716
20) L. Stroll - Racing Point - não participou



Mau tempo adia tudo em Nürburgring

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


O retorno da Fórmula-1 ao circuito de Nürburgring, com o GP de Eifel, neste fim de semana, foi adiado nesta sexta-feira devido ao mau tempo na região do circuito alemão. As duas sessões do dia foram canceladas principalmente porque a densa neblina sobre o autódromo impediu que os helicópteros da organização decolassem. Sem isso, nada de programação da F-1. Neste sábado, o terceiro treino livre programado deverá ser o primeiro na prática da décima primeira etapa da temporada. A sessão, prevista para as 7h (pelo horário do Brasil), deve ser confirmada porque a meteorologia aponta para uma melhora no tempo em Nürburgring.



Bottas mostra a cara!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Enquanto o Hamilton é o Hamilton, um acima de qualquer suspeita (não para a FIA, claro!), o Bottas é isso aí que ele está mostrando para todo mundo. Um, é um defensor de causas sociais e maior piloto do mundo, outro, aproveita para mandar todo mundo tomar...



A FIA cumpre sua função: estragar a F-1

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·




Na corrida em que ia chegar ao recorde de vitórias de Michael Schumacher (91) na Fórmula-1, Lewis Hamilton sofreu duas punições no GP da Rússia, neste domingo. O hexaheptacampeão foi punido por treinar largada duas vezes quando estava levando seu carro para o grid de lagada. Certamente, ele não foi o primeiro a fazer tal coisa no automobilismo. Que perigo existe em fazer tal coisa quando todo mundo está andando devagar, sem risco pra ninguém? O Valtteri Bottas, que quase matou gente na prova anterior, quando tirou o pé em uma relargada provocando o efeito cascata no meio do pelotão, nem ao menos foi levado a julgamento pelos senhores comissários, empregados da FIA. Em Sochi, Hamilton pagou os 10 segundos da punição no pit stop e caiu para terceiro. Crime! Ah, quem venceu o GP da Rússia? Bottas, naturalmente!
Com isso, a Federação Internacional de Automobilismo cumpriu sua única função no momento: a de estragar a F-1, tão bem comandada pelos norte-americanos da Liberty. Acontece que quem faz as regras é a FIA. E nisso, já vejo uma possível luz no fim do túnel: a Liberty desvincular a F-1 da FIA. Se isso acontecesse, a F-1 perderia a legitimidade por não estar debaixo do guarda-chuva da FIA? E daí? A F-1 continuaria sendo o que é e aos engravatados da FIA restaria ficarem tomando champanha na suntuosa sede da entidade, na Praça de La Concorde, em Paris. Isso eles sabem fazer muito bem!
O Mundial continua daqui a duas semanas em Nürburgring, na Alemanha. Qual será a próxima punição que Lewis Hamilton sofrerá? Talvez por ser o melhor piloto da história da F-1.
Dá nojo isso!

Resultado final:
1) V. Bottas - Mercedes - 1h34min00s364
2) M. Verstappen - Red Bull - a 7s729
3) L. Hamilton - Mercedes - a 22s729

4) S. Perez - Racing Point - a 30s558
5) D. Ricciardo - Renault - a 52s065
6) C. Leclerc - Ferrari - a 1min02s186
7) E. Ocon - Renault - a 1min08s006
8) D. Kvyat - Alpha Tauri - a 1min08s740
9) P. Gasly - Alpha Tauri - a 1min29s766
10) A. Albon - Red Bull - a 1min37s860

11) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a uma volta
12) K. Magnussen - Haas - a uma volta
13) S. Vettel - Ferrari - a uma volta
14) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a uma volta
15) L. Norris - McLaren - a uma volta
16) N. Latifi - Williams - a uma volta
17) R. Grosjean - Haas - a uma volta
18) G. Russell - Williams - a uma volta

19) C. Sainz Jr - McLaren - não completou
20) L. Stroll - Racing Point - não completou

Melhor Volta - V. Bottas - Mercedes - 1min37s030

Mundial de Pilotos 2020:
1) L. Hamilton - Mercedes - 205 pontos
2) V. Bottas - Mercedes - 161 pontos
3) M. Verstappen - Red Bull - 128 pontos
4) L. Norris - McLaren - 65 pontos
5) A. Albon - Red Bull - 64 pontos
6) D. Ricciardo - Renault - 63 pontos
7) C. Leclerc - Ferrari - 57 pontos
8) L. Stroll - Racing Point - 57 pontos
9) S. Perez - Racing Point - 56 pontos
10) P. Gasly - Alpha Tauri - 45 pontos
11) C. Sainz Jr - McLaren - 41 pontos
12) E. Ocon - Renault - 36 pontos
13) S. Vettel - Ferrari - 17 pontos
14) D. Kvyat - ALpha Tauri - 14 pontos
15) N. Hulkenberg - Racing Point - 6 pontos
16) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 2 pontos
17) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 2 pontos
18) K. Magnussen - Haas - 1 ponto
19) N. Latifi - Williams - 0 ponto
20) G. Russell - Williams - 0 ponto
21) R. Grosjean - Haas - 0 ponto

Mundial de Construtores:
1) Mercedes - 366 pontos
2) Red Bull - 192 pontos
3) McLaren - 106 pontos
4) Racing Point - 104 pontos
5) Renault - 99 pontos
6) Ferrari - 74 pontos
7) Alpha Tauri - 59 pontos
8) Alfa Romeo - 4 pontos
9) Haas - 1 ponto
10) Williams - 0 ponto



Hamilton humilha com a pole em Sochi

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·



A classificação para o GP da Rússia neste sábado foi digna de roteiro de Hollywood. No Q2, com os pilotos da Mercedes querendo fazer o tempo para a largada com os pneus amarelos, os médios, Lewis Hamilton ficou prejudicado quando Sebastian Vettel bateu forte sua Ferrari no meio do circuito. Veio bandeira vermelha, interrompendo o treino faltando apenas dois minutos e quinze segundos para o final. Como a volta em Sochi é longa, seria pouco tempo para todos os pilotos se colocarem na pista em suas tentativas de volta rápida. Hamilton conseguiu abrir sua última tentativa faltando menos de um segundo para terminar o tempo regulamentar. Para não arriscar mais, o hexaheptacampeão voltou para a pista com pneus vermelhos, os macios. Mesmo prejudicado pelo grande tráfego de pilotos naquele momento, o inglês conseguiu um tempo suficiente para ter o direito de participar do Q3.
E no Q3 veio a humilhação total para a concorrência. Já na primeira tentativa, Hamilton colocou mais de meio segundo no companheiro Vatteri Bottas. Na segunda, ele foi ainda mais rápido, batendo o recorde extra-oficial da pista de Sochi, superando a volta de Bottas obtida em 2018.
Na entrevista após a sessão, Hamilton agradeceu ao bom público que foi liberado para assistir à corrida no autódromo, com os devidos cuidados contra a Covid-19. Não considero que Hamilton tenha saído da classificação em desvantagem para Max Verstappen, que ainda conseguiu superar Bottas, e o próprio finlandês por ter de largar com pneus vermelhos. Por dois motivos: a pista de Sochi gasta muito pouco pneu e ele poderá ficar mais tempo antes seu pit stop. A segunda razão é mais importante: Hamilton terá um pneu com mais tração para largar, podendo manter a ponta com mais tranquilidade.
Por fim, uma nota para esse circuito de meia tigela: péssima pista para F-1, toda travada, estreita e sem pontos importantes de referência. Além disso, com muros muito próximos, ela é extremamente perigosa.
Ah, não esqueçam de que a corrida começa às 8h10min deste domingo. Fiquemos alertas!

Resultado da Classificação:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1min31s304
2) M. Verstappen - Red Bull - a 0s563
3) V. Bottas - Mercedes - a 0s652
4) S. Perez - Racing Point - a 1s013
5) D. Ricciardo - Renault - a 1s060
6) C. Sainz Jr - McLaren - a 1s246
7) E. Ocon - Renault - a 1s320
8) L. Norris - McLaren - a 1s543
9) P. Gasly - Alpha Tauri - a 1s696
10) A. Albon - Red Bull - a 1s704
11) C. Leclerc - Ferrari
12) D. Kvyat - Alpha Tauri
13) L. Stroll - Racing Point
14) G. Russell - Williams
15) S. Vettel - Ferrari
16) R. Grosjean - Haas
17) A. Giovinazzi - Alfa Romeo
18) K. Magnussen - Haas
19) N. Latifi - Williams
20) K. Raikkonen - Alfa Romeo



Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal