O Bolão depois da Inglaterra - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

O Bolão depois da Inglaterra

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


O Maurício foi o grande vencedor do GP da Inglaterra, ao lado de Lewis Hamilton, o homem que cruzou a linha de chegada com apenas três rodas. Todos os participantes do Bolão estão de parabéns, porque a pontuação foi alta pra todo mundo. Com isso, infelizmente mantive a ponta da tabela de pontuação, mas eu diria que por muito pouco tempo, já que a diferença do líder e os décimos colocados é de somente 50 pontos. Na verdade, tá todo mundo na briga, briga essa de cachorro grande.
E não dá pra descansar, já na próxima semana tem a quinta etapa da Fórmula-1, na mesma pista, com o GP dos 70 Anos da Fórmula-1. O drama dos pneus no final da prova deste domingo não deve se repetir na próxima semana, pois a troca nessa corrida foi adiantada devido à porrada do inconsequente Daniil Kyviat no começo da corrida, com o pneus tendo de aguentar quase toda a prova. E não aguentaram.
O Hamilton disse depois da prova deste domingo que estava poupando pneus, ao contrário do Valtteri Bottas, que acabou com seus antes do tempo. Por isso, para ele, foi uma surpresa o seu estouro de pneu na metade da última volta. Porém, carreras são carreras, como dizia o Fangio, e a corrida só termina na bandeirada. A prova deste domingo serviu de teste de pneus para a etapa do dia 9, Dia dos Pais.

Parâmetros utilizados no GP da Inglaterra:
Pole: HAMILTON
Vencedor: HAMILTON
Segundo: VERSTAPPEN
Terceiro: LECLERC
Quarto: RICCIARDO
Quinto: NORRIS
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: RAIKKONEN
Melhor volta da prova: VERSTAPPEN
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, nos dois da Inglaterra, só poderia envolver o Lewis Hamilton. No primeiro, o desta semana, quero saber se ele faz a pole position. Facinho, facinho! Sim ou não? SIM

Inglaterra:
1) Maurício Dias - 65 pontos
2) Luiz Herrera - 60 pontos
2) Eduardo Saraiva - 60 pontos
4) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 45 pontos
4) Marcelo Vieira - 45 pontos
6) Marcelo Pereira - 40 pontos
6) Natanael Felipe Rhoden - 40 pontos
6) Francisco Cavalin - 40 pontos
6) Gabriel Dias - 40 pontos
6) Tiago Reimann - 40 pontos
6) Pedro Henrique - 40 pontos
6) Ismael Reicherd - 40 pontos
6) Daniel Dias - 40 pontos
6) Daniel Cardoso - 40 pontos
6) Mauro - 40 pontos
6) André Borges - 40 pontos

Total:
1) Daniel Dias - 225 pontos
2) Maurício Dias - 220 pontos
2) André Borges - 220 pontos
4) Ismael Reicherd - 215 pontos
5) Daniel Cardoso - 210 pontos
6) Luiz Herrera - 190 pontos
7) Eduardo Saraiva - 180 pontos
7) Francisco Cavalin - 180 pontos
9) Gabriel Dias - 175 pontos
9) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 175 pontos
9) Natanael Felipe Rhoden - 175 pontos
12) Marcelo Vieira - 135 pontos
12) Mauro - 135 pontos
14) Tiago Reimann - 125 pontos
15) Pedro Henrique - 105 pontos
16) Marcelo Pereira - 95 pontos



4 comentários
Média dos votos: 145.0/5
Daniel Dias
2020-08-03 13:24:09
Ou seja, André, nada mudou, está tudo com dantes no quartel de Abrantes. A disputa tá muito bonita.
André Borges
2020-08-03 01:16:52
Eita que cada vez tá mais parelha a disputa, cai para terceiro mas sigo 5 pontos atrás do líder.
Abraço
Daniel Dias
2020-08-02 20:15:20
Isso dos pneus mais duros é importante.
Francisco Cavalin
2020-08-02 19:39:20
Daniel. Na próxima prova, serão usados pneus mais duros que na prova de hoje. A F1 poderia fazer uma variação usando um atalho que tem entre as curvas 5 e 10 do circuito e usando a curva 24 mais suave do circuíto antigo, mas será apenas a troca dos pneus, já que São Pedro também não deve trazer nenhuma alteração climática para a próxima semana.

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal