Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Quem vence o GP do Bahrein?

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


E aí, amantes dos autinhos, vamos para a décima quinta etapa do Mundial de Fórmula-1 e do nosso Bolão? Primeiro, neste domingo, terá o GP do Bahrein no traçado normal da pista de Sakhir. No outro domingo, dia 6 de dezembro, terá a décima sexta etapa do Mundial, o GP de Sakhir, em um traçado externo do circuito barenita. Não será um circuito oval mas sim três grandes retas intercaladas de “Esses” e um trecho sinuoso “pra lá e pra cá”.
As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação no sábado. Boa sorte!  

Itens para o Sakhir “normal”:
Pole: sobrenome do piloto - 5 pontos
Vencedor: sobrenome do piloto - 25 pontos
Segundo: sobrenome do piloto – 20 pontos
Terceiro: sobrenome do piloto – 15 pontos
Quarto: sobrenome do piloto – 10 pontos
Quinto: sobrenome do piloto – 5 pontos
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  15 pontos
Melhor volta da prova: 5 pontos
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, é a vez novamente de Lewis Hamilton. E um dos desafios para o heptacampeão é terminar essa temporada com cem poles positions. Para isso, ele tem de conseguir a pole nas três provas restantes (ele está com 97). A pergunta é simples: ele consegue ser o pole position na corrida deste domingo? Sim ou não.
Gabaritar os cinco primeiros colocados da prova: 15 pontos
Acertar os cinco primeiros da prova fora de ordem: 5 pontos

Para acompanhar ao vivo todos os lances do GP do Bahrein:
Sexta-feira: primeiro treino livre, 8h, segundo treino livre, 12h, ambos pelo SporTV.
Sábado: terceiro treino livre, 8h, classificação, 11h, ambos pelo SporTV.
Domingo: 11h10min, corrida, pela Globo.



O Bolão depois de Turquia

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


E o nosso Eduardo foi o grande vencedor na Turquia, ao lado do Lewis Hamilton, um cara de outro planeta, assim como o Ayrton Senna. Na reta final do nosso Bolão, com três provas em sequência, dia 29, GP do Bahrein, dia 6 de dezembro, GP de Sakhir (no circuito externo da pista barenita), e dia 13 de dezembro, GP de Abu Dhabi, o Ismael mantém a liderança, com 15 pontos à frente desse amigo que vos escreve e de um monte de gente bastante colada, com todos com chances de levar o ‘caneco’ da temporada. Se liguem, o GP do Bahrein já é no próximo domingo.

Parâmetros utilizados para no GP da Turquia:
Pole: sobrenome do piloto - Stroll
Vencedor: sobrenome do piloto - Hamilton
Segundo: sobrenome do piloto – Perez
Terceiro: sobrenome do piloto – Vettel
Quarto: sobrenome do piloto – Leclerc
Quinto: sobrenome do piloto – Sainz Jr
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  Russell
Melhor volta da prova: Norris
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, é a vez novamente de Kimi Raikkonen, o recordista de GPs na Fórmula-1. Isso mesmo, o Rubens Barrichello agora também é SEGUNDO no quesito. Quero saber se o Homem de Gelo consegue levar sua Alfa Romeo ao Q2 da Classificação na Turquia, que é a segunda parte do treino oficial, no sábado. Sim ou não. Sim

Turquia:
1) Eduardo Saraiva - 45 pontos
2) Luiz Herrera - 35 pontos
2) Mauro - 35 pontos
4) Daniel Cardoso -25 pontos
4) Ismael Reichert - 25 pontos
4) Daniel Dias - 25 pontos
4) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 25 pontos
8) Maurício Dias - 20 pontos
8) André Borges - 20 pontos
10) Natanael Felipe Rhoden - 10 pontos
10) Gabriel Dias - 10 pontos
12) Francisco Cavalin - 0 ponto
12) Pedro Henrique - 0 ponto
12) Marcelo Pereira - 0 ponto
12) Marcelo Vieira - 0 ponto
12) Tiago Reimann - 0 ponto

Total:
1) Ismael Reichert - 630 pontos
2) Daniel Dias - 615 pontos
3) Maurício Dias - 610 pontos
3) Daniel Cardoso - 610 pontos
5) Luiz Herrera - 600 pontos
6) André Borges - 595 pontos
7) Eduardo Saraiva - 585 pontos
8) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 580 pontos
9) Francisco Cavalin - 565 pontos
10) Mauro - 560 pontos
11) Natanael Rhoden - 510 pontos
12) Pedro Henrique - 430 pontos
13) Gabriel Dias - 410 pontos
14) Marcelo Pereira - 240 pontos
15) Marcelo Vieira - 195 pontos
16) Tiago Reimann - 150 pontos



Desde sempre!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Querem ver que não é de hoje? Acompanhem o desempenho de Lewis Hamilton no kart em 1998, com 13 anos, capacete muito parecido com o de Ayrton Senna e já com o famoso número 44. Ele toma um toque no início, cai pra último e vem ‘comendo’ todo mundo. Aluno da Academia de Talentos da McLaren/Mercedes naquela época, o Hamilton brilhava no ano em que o Mika Hakkinen, na McLaren da Fórmula-1, conquistou seu primeiro título. Em 2007, Hamilton estreou na F-1 dando pau em seu companheiro de McLaren, um cara chamado nada menos que Fernando Alonso.




Hamilton, um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete títulos

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·










E vencendo a corrida maluca na pista molhada da Turquia. Lewis Carl Davidson Hamilton, nascido no dia 7 de janeiro de 1985, em Stevenage, Inglaterra, com 35 anos de idade, conquistou neste domingo no circuito de Istambul Park o heptacampeonato da Fórmula-1 da melhor maneira possível: no topo do pódio, em uma prova em que os homens de pouca fé não apostavam uma ficha sequer nele para a vitória ao vê-lo na sexta posição do grid de largada com a pista encharcada. No entanto, Hamilton é Hamilton. Enquanto as duas Racing Point, do pole Lance Stroll e de Sergio Perez, partiram na frente, Hamilton deu um pulo furiosamente, chegando a estar em terceiro no começo da prova. O companheiro Valtteri Bottas, o único que ainda podia impedir o hepta neste domingo, já rodou na primeira curva, dando um preview do que faria em toda a corrida: um monte de rodada na pista.
Ainda na primeira volta, Hamilton também rodou na parte de alta velocidade após a famosa curva 8 de Istambul. Entretanto, controlou o carro e voltou à ativa. O jovem Stroll liderou boa parte da prova, mas depois da metade do GP, tomou algumas decisões erradas na pista molhada – normal para quase um novato na F-1 – e foi ficando para trás. Max Verstappen foi Max Verstappen na essência, tentando ultrapassar o segundo colocado Perez em um ponto do asfalto encharcado que qualquer pessoa no mundo tinha certeza de que era impossível. E realmente foi, com o holandês saindo da briga pela vitória.
Hamilton continuou na batalha depois da troca dos pneus de chuva intensa para os intermediários, travou uma briga muito bonita com o amigo Sebastian Vettel, outro grande nome da corrida, e partiu atrás da primeira colocação. Já totalmente adaptado às condições críticas da pista, não cometeu mais nenhum erro, pediu para a equipe não chamá-lo para outra troca de pneus e ultrapassou o então líder da prova, Perez, no trecho final do traçado da Turquia. Pronto, a corrida e o campeonato estavam decididos. Na volta aos boxes, aos prantos de emoção, Hamilton estacionou o carro 44 com os pneus intermediários praticamente “carecas”, mostrando mais uma vez que pilota com um equipamento em qualquer condição. Ainda dentro do carro, foi saudado por Vettel, o terceiro colocado do GP da Turquia.
Esse é o maior piloto de todos os tempos e um cidadão completo. Logo no início deste ano, o primeiro e único piloto negro da F-1 liderou a campanha mundial contra o racismo, engajando o Esporte nessa luta para combater um dos maiores crimes da Humanidade.
Parabéns, Hamilton! O mundo inteiro te faz reverência neste dia 15 de novembro de 2020. Ele agora tem sete títulos, igual a Michael Schumacher, 94 vitórias e 97 poles positions. Vocês acham que a coisa para por aí? Nada! Para o entrevistador do pódio, o ex-piloto Mark Webber, ele disse claramente: “quero mais!

Resultado Final:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1h42min19s313
2) S. Perez - Racing Point - a 31s633
3) S. Vettel - Ferrari - a 31s960

4) C. Leclerc - Ferrari - a 33s858
5) C. Sainz Jr - McLaren - a 34s363
6) M. Verstappen - Red Bull - a 44s873
7) A. Albon - Red Bull - a 46s484
8) L. Norris - McLaren - a 1min01s259
9) L. Stroll - Racing Point - a 1min12s353
10) D. Ricciardo - Renault - a 1min35s460

11) E. Ocon - Renault - a uma volta
12) D. Kvyt - Alpha Tauri - a uma volta
13) P. Gasly - Alpha Tauri - a uma volta
14) V. Bottas - Mercedes - a uma volta
15) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a uma volta
16) G. Russell - Williams - a uma volta

17) K. Magnussen - Haas - não completou
18) R. Grosjean - Haas - não completou
19) N. Latifi - Williams - não completou
20) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - não completou

Melhor Volta - L. Norris - McLaren - 1min36s806

Mundial de Pilotos 2020:
1) L. Hamilton - Mercedes - 307 pontos
2) V. Bottas - Mercedes - 197 pontos
3) M. Verstappen - Red Bull - 170 pontos
4) S. Perez - Racing Point - 100 pontos
5) C. Leclerc - Ferrari - 97 pontos
6) D. Ricciardo - Renault - 96 pontos
7) C. Sainz Jr - McLaren - 75 pontos
8) L. Norris - McLaren - 74 pontos
9) A. Albon - Red Bull - 70 pontos
10) P. Gasly - Alpha Tauri - 63 pontos
11) L. Stroll - Racing Point - 59 pontos
12) E. Ocon - Renault - 40 pontos
13) S. Vettel - Ferrari - 33 pontos
14) D. Kvyat - ALpha Tauri - 26 pontos
15) N. Hulkenberg - Racing Point - 10 pontos
16) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 4 pontos
17) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 4 pontos
18) R. Grosjean - Haas - 2 pontos
19) K. Magnussen - Haas - 1 ponto
20) N. Latifi - Williams - 0 ponto
21) G. Russell - Williams - 0 ponto

Mundial de Construtores:
1) Mercedes - 504 pontos
2) Red Bull - 240 pontos
3) Racing Point - 154 pontos
4) McLaren - 149 pontos
5) Renault - 136 pontos
6) Ferrari - 130 pontos
7) Alpha Tauri - 89 pontos
8) Alfa Romeo - 8 pontos
9) Haas - 3 pontos
10) Williams - 0 ponto



Stroll pole na Turquia. E não é fake news!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Sempre com a pista molhada e extremamente escorregadia, o treino de classificação para o GP da Turquia teve a espetacular volta do canadense Lance Stroll, da Racing Point, na primeira colocação no Q3. O jovem piloto largará neste domingo na pole position pela primeira vez na carreira, ao lado de Max Verstappen, da Red Bull. Ao que tudo indica, essas duas equipes optaram por fazer a classificação com ajuste para a chuva, ao contrário, por exemplo, da Mercedes. Com isso, Lewis Hamilton ficou apenas na sexta posição, enquanto Valtteri Bottas foi o nono. Pela previsão do tempo na Turquia, a corrida, marcada para as 7h10min, será com pista seca. Se a direção de prova não autorizar que a Red Bull e a Racing Point mexam no acerto de seus carros (conforme prevê o regulamento), Hamilton surge como o favorito para vencer a prova no circuito de Istambul Park e conquistar o heptacampeonato de forma matemática já neste domingo. E se a direção autorizar a troca de acerto para pista seca nessas duas equipes, a Mercedes certamente entrará com um recurso contra.

Resultado da Classificação:
1) L. Stroll - Racing Point - 1min47s765
2) M. Verstappen - Red Bull - 1min48s055
3) S. Perez - Racing Point - 1min49s321
4) A. Albon - Red Bull - 1min50s448
5) D. Ricciardo - Renault - 1min51s595
6) L. Hamilton - Mercedes - 1min52s560
7) E. Ocon - Renault - 1min52s622
8) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 1min52s745
9) V. Bottas - Mercedes - 1min53s258
10) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 1min57s226

11) L. Norris - McLaren
12) S. Vettel - Ferrari
13) C. Sainz Jr - McLaren
14) C. Leclerc - Ferrari
15) P. Gasly - Alpha Tauri

16) L. Magnussen - Haas
17) D. Kvyat - Alpha Tauri
18) G. Russel - Williams
19) R. Grosjaen - Haas
20) N. Latifi - Williams



Verstappen mais rápido na Turquia

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


A volta do Circuito de Istambul à Fórmula-1 não foi o que todos os amantes dessa pista gostariam. Primeiro, os organizadores resolver colocar asfalto novo em todo o traçado. Segundo, lavaram toda a pista antes do primeiro treino desta sexta-feira 13, deixando os asfalto um verdadeiro sabão para todos os pilotos. Houve de tudo na sessão pela manhã, com os tempos lá em cima. À tarde, as coisas melhoraram um pouco, mas a certa altura, Lewis Hamilton, o quarto do dia, disse pelo rádio que simplesmente não tinha aderência no carro. Naturalmente, tudo deve mudar para a equipe campeã neste sábado, no terceiro treino livre e na classificação, às 6h e às 9h (pelo horário brasileiro), respectivamente. A corrida deste domingo se inicia às 7h10min.
Na sexta, Max Verstappen foi o mais rápido, à frente de Charles Leclerc e Valtteri Bottas. Para se ter uma ideia precisa dos problemas enfrentados por Hamilton neste primeiro dia de GP da Turquia, ele ficou a quase um segundo de Verstappen. Vista pela TV, a impressão dada pelos pilotos sobre a pista escorregadia ficava bem aparente na parte final do traçado, com os carros dançando para os dois lados antes de entrarem na reta dos boxes. A previsão do tempo aponta 50% de possibilidade de chuva durante o treino oficial. Se isso realmente acontecer, os carros ficarão ‘indirigíveis’.

Segunda sessão de sexta:
1 Verstappen, Red Bull, 1:28:330
2 Leclerc, Ferrari, a 0:401
3 Bottas, Mercedes, a 0:575
4 Hamilton, Mercedes, a 0:920
5 Albon, Red Bull, a 1:033
6 Kvyat, AlphaTauri, a 1:359
7 Gasly, AlphaTauri, a 1:614
8 Vettel, Ferrari, a 1:692
9 Stroll, Racing Point, a 1:967
10 Norris, McLaren, a 2:577
11 Perez, Racing Point, 2:774
12 Giovinazzi, Alfa Romeo, a 3:163
13 Sainz Jr., McLaren, a 3:168
14 Ricciardo, Renault, a 3.542
15 Raikkonen, Alfa Romeo, a 3:602
16 Russell, Williams, a 3:972 (terá de largar da última posição por troca total da unidade de potência)
17 Ocon, Renault, a 4:116
18 Grosjean, Hass, a 4:240
19 Magnussen, Haas, a 4:4771
20 Latifi, Williams, a 5:158



A mulher por trás de Hamilton

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·



Quem é a menina de cabelos descoloridos que aparece sempre ao lado de Lewis Hamilton nas coberturas de TV? Ela é a fisioterapeuta Angela Cullen, de 46 anos, da Nova Zelândia. Às portas de seu sétimo título, Hamilton elogiou o relacionamento que a dupla tem definindo como “a melhor parceria”. Angela que, como muitos treinadores de desempenho da F-1, faz parte da empresa Hintsa Performance, fundada pelo lendário guru do fitness Aki Hintsa, começou a trabalhar com Hamilton no início da temporada de 2016.

- As pessoas com certeza não entenderão, porque veem de longe, mas ela foi uma das melhores coisas que me aconteceram na vida. Tive a sorte de trabalhar com muitas pessoas, e ela é a mulher mais trabalhadora que já vi. Ela é focada, altruísta e torna meus fins de semana tranquilos. Todos os dias que eu acordo, a qualquer hora, ela está lá, positiva. Em nenhum momento ela é negativa, então, isso é muito, muito importante – revela Hamilton.

O quase heptacampeão explicou como várias pequenas lesões o levaram a começar a trabalhar com Angela, cujo papel, de acordo com o piloto da Mercedes, é diferente de um típico treinador de F-1:

- Quando você entra na Fórmula-1, existe toda essa ideia de fisioterapeutas, mas muitos deles, ou alguns deles, são apenas treinadores. Eles ainda levam o título de ‘fisioterapeuta’, mas fisioterapeuta é fisioterapeuta, e durante anos, sempre tive um treinador masculino, no entanto, percebi que sempre tive problemas diferentes. Eu tinha, tipo, tensão muscular no pescoço, ou problemas na parte inferior das costas, ou nos glúteos, o que quer que fosse, e meu treinador nunca conseguia curar. Então, pensei: ‘isso não faz sentido, não preciso treinar nos finais de semana de corrida, então, decidi: preciso encontrar um fisioterapeuta.’ Angela tinha me ajudado um pouco em casa, então, falei com ela e perguntei: ‘você gostaria de vir para a estrada comigo?’ Mal eu sabia que teríamos a melhor parceria possível.



2021 com 23 provas

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


A Liberty Media liberou o calendário provisório para o próximo ano com 23 GPs, algo nunca visto na história de setenta anos da Fórmula-1. E a dona da F-1 já confirmou que as provas terão a presença do público normalmente. O GP da Espanha e do Brasil estão como ‘contrato a confirmar’. A quarta etapa, ainda sem local definidol, espero que seja na Turquia ou em Portugal, no Algarve, que mostrou neste ano ser ‘O Circuito’.

Calendário provisório da F-1 para 2021:
1) 21 de março - Austrália (Albert Park)
2) 28 de março - Bahrein (Sakhir)
3) 11 de abril - China (Xangai)
4) 25 de abril - TBC (TBC)
5) 9 de maio - Espanha (Montmeló) *
6) 23 de maio - Mônaco (Monte Carlo)
7) 6 de junho - Azerbaijão (Baku)
8) 13 de junho - Canadá (Montreal)
9) 27 de junho - França (Paul Ricard)
10) 4 de julho - Áustria (Zeltweg-Red Bull Ring)
11) 18 de julho - Inglaterra (Silverstone)
12) 1 de agosto - Hungria (Hungaroring)
13) 29 de agosto - Bélgica (Spa-Francorchamps)
14) 5 de setembro - Holanda (Zandvoort)
15) 12 de setembro - Itália (Monza)
16) 26 de setembro - Rússia (Sochi)
17) 3 de outubro - Cingapura (Marina Bay)
18) 10 de outubro - Japão (Suzuka)
19) 24 de outubro - EUA (Circuito das Américas)
20) 31 de outubro - México (Circuito Los Hermanos)
21) 14 de novembro - Brasil (Interlagos) *
22) 28 de novembro - Arábia Saudita (Jeddah)
23) 5 de dezembro - Abu Dhabi (Abu Dhabi)
* Sujeito a contrato



Quem vence o GP da Turquia?

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


E aí, amantes dos autinhos, vamos para a décima quarta etapa do Mundial de Fórmula-1 e do nosso Bolão? A maravilhosa curva 8, com três ou quatro tomadas diferentes, do circuito de Istambul, volta à cena, na corrida que pode confirmar o heptacampeonato de Lewis Hamilton matematicamente. Tem algumas possibilidades para isso acontecer, a mais clara é se ele vencer a corrida de domingo, fizer a vota mais rápida e Valtteri Bottas termine apenas na terceira posição.
As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação no sábado. Boa sorte!  

Itens para Istambul:
Pole: sobrenome do piloto - 5 pontos
Vencedor: sobrenome do piloto - 25 pontos
Segundo: sobrenome do piloto – 20 pontos
Terceiro: sobrenome do piloto – 15 pontos
Quarto: sobrenome do piloto – 10 pontos
Quinto: sobrenome do piloto – 5 pontos
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  15 pontos
Melhor volta da prova: 5 pontos
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, é a vez novamente de Kimi Raikkonen, o recordista de GPs na Fórmula-1. Isso mesmo, o Rubens Barrichello agora também é SEGUNDO no quesito. Quero saber se o Homem de Gelo consegue levar sua Alfa Romeo ao Q2 da Classificação na Turquia, que é a segunda parte do treino oficial, no sábado. Sim ou não.
Gabaritar os cinco primeiros colocados da prova: 15 pontos
Acertar os cinco primeiros da prova fora de ordem: 5 pontos

Para acompanhar ao vivo todos os lances do GP da Turquia:
Sexta-feira: primeiro treino livre, 5h, segundo treino livre, 9h, ambos pelo SporTV.
Sábado: terceiro treino livre, 6h, classificação, 9h, ambos pelo SporTV.
Domingo: 7h10min, corrida, pela Globo.



O Bolão depois de Ímola

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


O André e o Professor brilharam igual ao Lewis Hamilton e venceram o GP da Emília-Romagna, com o Mauro, o Daniel Cardoso e o Ismael na cola. E o Ismael com isso assumiu a liderança do nosso Bolão, com quatro etapas para o final. Se o Hamilton já é heptacampeão, o mesmo não dá para dizer aqui no nosso Bolão, com muita gente no páreo. Não quero nem ver essas quatro provas que faltam. Ou melhor, preciso ver pelo ofício do meu trabalho e porque estou também enfiado nessa ronha de briga de foice no escuro.
A próxima parada é daqui a duas semanas, na Turquia. Ninguém pode perder, só o Valtteri Bottas, freguês de carteirinha.

Parâmetros utilizados no GP da Emília-Romagna:
Pole: Bottas
Vencedor: Hamilton
Segundo: Bottas
Terceiro: Ricciardo
Quarto: Kvyat
Quinto: Leclerc
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: Albon
Melhor volta da prova: Hamilton
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, é a vez da Ferrari, que completou mil GPs neste ano. Novamente na Itália, quero saber se o Vettel avança para o Q3 da classificação. Lembrando, há oito corridas que isso não acontece. Sim ou não. Não

Ímola:
1) André Borges - 65 pontos
1) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 65 pontos
3) Mauro - 60 pontos
3) Ismael Reichert - 60 pontos
3) Daniel Cardoso - 60 pontos
6) Francisco Cavalin - 45 pontos
6) Natanael Felipe Rhoden - 45 pontos
6) Luiz Herrera - 45 pontos
6) Daniel Dias - 45 pontos
10) Pedro Henrique - 40 pontos
11) Eduardo Saraiva - 35 pontos
11) Maurício Dias - 35 pontos
13) Gabriel Dias - 30 pontos
14) Tiago Reimann - 0 ponto
14) Marcelo Pereira - 0 ponto
14) Marcelo Vieira - 0 ponto

Total:
1) Ismael Reichert - 605 pontos
2) Maurício Dias - 590 pontos
2) Daniel Dias - 590 pontos
4) Daniel Cardoso - 585 pontos
5) André Borges - 575 pontos
6) Luiz Herrera - 565 pontos
6) Francisco Cavalin - 565 pontos
8) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 555 pontos
9) Eduardo Saraiva - 540 pontos
10) Mauro - 525 pontos
11) Natanael Felipe Rhoden - 500 pontos
12) Pedro Henrique - 430 pontos
13) Gabriel Dias - 400 pontos
14) Marcelo Pereira - 240 pontos
15) Marcelo Vieira - 195 pontos
16) Tiago Reimann - 150 pontos



Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal