Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Quem vence na Hungria?

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


E aí, amantes dos autinhos, já vamos para a Hungria? Ô, circuitinho de m..., mas será uma dura batalha entre as Mercedes e as Red Bull. Será bom de ser ver.
ATENÇÃO: retiramos do Bolão o item Piloto Destaque da Corrida escolhido pelos telespectadores da prova. Mas retorna a volta mais rápida da corrida
As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação no sábado. Boa sorte!  

Itens para o Hungaroring:
Pole: sobrenome do piloto - 5 pontos
Vencedor: sobrenome do piloto - 25 pontos
Segundo: sobrenome do piloto – 20 pontos
Terceiro: sobrenome do piloto – 15 pontos
Quarto: sobrenome do piloto – 10 pontos
Quinto: sobrenome do piloto – 5 pontos
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  15 pontos
Melhor volta da prova: 5 pontos
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio da Mercedes, que busca todos os recordes com Hamilton, a Ferrari, que completa noventa anos em 2020, e Raikkonen, que deve superar o recorde de GPs do Ruben Barrichello, um do finlandês. E já para ser conhecido no sábado: quero saber se o Raikkonen consegue levar seu carro para o Q2, a segunda parte da classificação. Sim ou não?
Gabaritar os cinco primeiros colocados da prova: 15 pontos
Acertar os cinco primeiros da prova fora de ordem: 5 pontos

Para acompanhar ao vivo todos os lances na Hungria:
Sexta-feira: primeiro treino livre, 6h, segundo treino livre, 10h, ambos pelo SporTV.
Sábado: terceiro treino livre, 7h, classificação, 10h, ambos pelo SporTV.
Domingo: 10h10min, corrida, pela Globo.



O Bolão depois da Estíria

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


O nosso Ismael simplesmente brilhou, ao melhor estilo do Lewis Hamilton, e venceu o GP da Estíria aqui no nosso Bolão e assumiu a ponta da tabela, com os dois Xarás, o Cardoso e este que vos fala mais o Maurício nos seus calcanhares. O meu Xará perdeu a ponta mas está ali ali, a somente 5 pontos do Ismael. A terceira etapa já é nesta semana, na Hungria. Não dá para descansar. O GP da Hungria terá a volta do item melhor volta da prova.

Parâmetros utilizados no GP da Estíria:
Pole: HAMILTON
Vencedor: HAMILTON
Segundo: BOTTAS
Terceiro: VERSTAPPEN
Quarto: ALBON
Quinto: NORRIS
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: LATIFI
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – para o GP da Estíria: quero saber se o Vettel chega na frente do Leclerc na corrida. Sim ou não? NÃO

Estíria:
1) Ismael Reicherd - 100 pontos
2) André Borges - 95 pontos
3) Daniel Dias - 90 pontos
3) Maurício Dias - 90 pontos
3) Daniel Cardoso - 90 pontos
6) Eduardo Saraiva - 85 pontos
7) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 75 pontos
7) Luiz Herrera - 75 pontos
9) Gabriel Dias - 60 pontos
9) Natanael Felipe Rhoden - 60 pontos
11) Marcelo Vieira - 50 pontos
12) Tiago Reimann - 40 pontos
13) Francisco Cavalin - 25 pontos
13) Pedro Henrique - 25 pontos
13) Mauro - 25 pontos

Total:
1) Ismael Reicher - 115 pontos
2) Daniel Cardoso - 110 pontos
3) Daniel Dias - 105 pontos
3) Maurício Dias - 105 pontos
5) André Borges - 95 pontos
6) Eduardo Saraiva - 85 pontos
7) Gabriel Dias - 75 pontos
7) Natanel Felipe Rhoden - 75 pontos
7) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 75 pontos
7) Luiz Herrera - 75 pontos
11) Marcelo Vieira - 50 pontos
12) Francisco Cavalin - 40 pontos
12) Tiago Reimann - 40 pontos
12) Mauro - 40 pontos
15) Pedro Henrique - 25 pontos



Hamilton vence o GP da Estíria

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·






Depois do revés da semana passada, a história da segunda etapa do Mundial de Fórmula-1, na mesma pista austríaca, já estava escrita antes mesmo da largada da prova deste domingo. Lewis Hamilton não deu chances pra ninguém, após ter conquistado a pole position debaixo de muita chuva de forma espetacular. Com o vencedor do GP da Estíria – nome do Estado em que está localizado o circuito Red Bull Ring Zeltweg – conhecido já desde a bandeirada da primeira etapa, na qual o hexacampeão ainda levou uma punição injusta por um toque normal com Alexander Albon – sem culpados -, as disputas neste domingo ficaram para a turma que vinha atrás. Com uma prova consistente, Valtteri Bottas, líder do campeonato, largou em quarto e foi ganhando posições até chegar ao segundo lugar, se valendo por ter mais pneus que Max Verstappen no final.
Terceiro colocado na primeira etapa, o ótimo Lando Norris brilhou mais uma vez neste domingo, tomando duas colocações na última curva do circuito e terminando em quinto lugar. Mas se a corrida da Estíria tivesse de ter o piloto do dia, esse seria Sergio Perez – evidentemente, sem contar o Hamilton. O mexicano largou lá de trás e fez uma prova muito legal, só cometendo um erro bobo no final quando atrasou uma freada e bateu seu carro.
A primeira volta do GP da Estíria mostrou o retrato atual da equipe Ferrari. Afobado, Charles Leclerc, alçado como grande piloto da escuderia italiana depois da demissão de Sebastian Vettel (o maior erro da Ferrari desde sua fundação), fez uma manobra amplamente desastrada e bateu em seu companheiro. O choque foi tão estúpido que a Ferrari de número 16, que vinha atrás, decolou e bateu com as rodas traseiras no aerofólio principal de Vettel, acabando com a corrida dos dois. Menos mal que o monegasco tenha pedido desculpas para Vettel, reconhecendo seu erro infantil.
O Mundial continua já no próximo domingo com o GP da Hungria, no terrível circuito de Hungaroring. Neste fim de semana, a F-1 confirmou mais dois GPs para a temporada, completando, por enquanto, dez etapas.
Hamilton foi 100% Hamilton neste fim de semana. Tudo está em seu lugar. Ainda bem! Faltam seis vitórias para ele se igualar a Michael Schumacher e um título. Provavelmente, os dois chegarão já neste ano.

Resultado final do GP da Estíria:
1) L. Hamilton – Mercedes – 1h22min50s683
2) V. Bottas – Mercedes – a 13s719
3) M. Verstappen – Red Bull – a 33s698

4) A. Albon – Red Bull – a 44s400
5) L. Norris – McLaren – a 1min01s470
6) S. Perez – Racing Point – a 1min02s387
7) L. Stroll – Racing Point – a 1min02s453
8) D. Ricciardo – Renault – a 1min02s591
9) C. Sainz Jr – McLaren – a uma volta
10) D. Kvyat – Alpha Tauri – a uma volta

11) K. Raikkonen – Alfa Romeo – a uma volta
12) K. Magnussen – Haas – a uma volta
13) R. Grosjean – Haas – a uma volta
14) A. Giovinazzi – Alfa Romeo – a uma volta
15) P. Gasly – Alpha Tauri – a uma volta
16) G. Russell – Williams – a duas voltas
17) N. Latifi – Williams – a duas voltas

18) E. Ocon – Renault – não completou
19) C. Leclerc – Ferrari – não completou
20) S. Vettel – Ferrari – não completou

Melhor Volta – C. Sainz Jr – McLaren – 1min05s619

Mundial de Pilotos 2020:
1) V. Bottas – Mercedes – 43 pontos
2) L. Hamilton – Mercedes – 37 pontos
3) L. Norris – McLaren – 26 pontos
4) C. Leclerc – Ferrari – 18 pontos
5) S. Perez – Racing Point – 16 pontos
6) M. Verstappen – Red Bull – 15 pontos
7) C. Sainz Jr – McLaren – 13 pontos
8) A. Albon – Red Bull – 12 pontos
9) P. Gasly – Alpha Tauri – 6 pontos
10) L. Stroll – Racing Point – 6 pontos
11) E. Ocon – Renault – 4 pontos
12) D. Ricciardo – Renault – 4 pontos
13) A. Giovinazzi – Alfa Romeo – 2 pontos
14) D. Kvyat – Alpha Tauri – 1 ponto
15) S. Vettel – Ferrari – 1 ponto
16) K. Raikkonen – Alfa Romeo – 0 ponto
17) K. Magnussen – Haas – 0 ponto
18) R. Grosjean – Haas – 0 ponto
19) G. Russell – Williams – 0 ponto
20) N. Latifi – Williams – 0 ponto

Mundial de Construtores 2020:
1) Mercedes – 80 pontos
2) McLaren – 39 pontos
3) Red Bull – 27 pontos
4) Racing Point – 22 pontos
5) Ferrari – 19 pontos
6) Renault – 8 pontos
7) Alpha Tauri – 7 pontos
8) Alfa Romeo – 2 pontos
9) Haas – 0 ponto
10) Williams – 0 ponto



Hamilton é pole na Estíria

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·




Com uma atuação impressionante em uma pista alagada (nenhuma novidade), Lewis Hamilton conquistou a pole position do GP da Estíria, neste sábado, no circuito austríaco de Red Bull Ring Zeltweg. Mil palmas para a Fórmula-1, que não quis saber das condições de pista e mandou os pilotos acelerarem, afinal, o risco faz parte do negócio.
Com essa pista, a luta pela pole position ficaria mesmo entre Hamilton e Max Verstappen, que rodou antes da entrada da reta dos boxes na sua última tentativa. Aliás, Verstappen foi atrapalhado por um carro que o jogou fora do traçado ideal. Não podendo sair da pista para encerrar o treino como fizera na semana passada, Valtteri Bottas teve de se contentar com a quarta posição, atrás de Carlos Sainz Jr.
Na corrida de domingo, em pista seca, será difícil para Bottas recuperar posições, porque o líder do campeonato terá também de cuidar do pessoal que vem de trás. Nando Norris ficou em sexto na pista mas perderá três posições no grid de largada por três feito três ultrapassagens sob bandeira amarela no primeiro treino livre.
- Estou com o coração na boca. A pista estava muito escorregadia. Mas deu tudo certo. A pole era o que eu tinha de buscar aqui. E consegui – disse Hamilton na entrevista ainda na pista.
- Foi uma disputa interessante. Rodei no final, mas eu não teria conseguido superar o ótimo tempo do Hamilton.
A segunda etapa do Mundial está prevista para as 10h10min deste domingo, pelo horário de Brasília, com transmissão ao vivo da Globo.

Resultado da Classificação para o GP da Estíria:

1) L. Hamilton – Mercedes – 1min19s273
2) M. Verstappen – Red Bull – a 1s216
3) C. Sainz Jr – McLaren – a 1s398
4) V. Bottas – Mercedes – a 1s428
5) E. Ocon – Renault – a 1s649
6) L. Norris – McLaren – a 1s652 – perderá 3 posições
7) A. Albon – Red Bull – a 1s738
8) P. Gasly – Alpha Tauri – a 1s755
9) D. Ricciardo – Renault – a 1s919
10) S. Vettel – Ferrari – a 2s378

Q2
11) C. Leclerc – Ferrari
12) G. Russell – Williams
13) L. Stroll – Racing Point
14) D. Kvyat – Alpha Tauri
15) K. Magnussen – Haas

Q3
16) K. Raikkonen – Alfa Romeo
17) S. Perez – Racing Point
18) N. Latifi – Williams
19) A. Giovinazzi – Alfa Romeo
20) R. Grosjean – Haas



Chuva cancela o terceiro treino livre

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


O terceiro treino livre para o GP da Estíria foi cancelado devido a forte chuva na Áustria. Agora ficamos no aguardo se ocorrerá a classificação as 10 horas, porém a probabilidade é de ser realizada amanhã. Ross Brawn comunicou, em entrevista com o Jenson Button, que se não for possível a realização da classificação, no domingo, o grid de largada será definido pelos tempos registrados no segundo treino livre. Caso isso acontecer, a Red Bull fará a sua primeira pole em casa, ficando os três primeiros com Max Verstappen (1min03s660), Valtteri Bottas (Mercedes) e Sérgio Perez (Racing Point).



Verstappen domina na Estíria

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Uma semana depois da estreia da Fórmula-1 em 2020, também no circuito Red Bull Ring Zeltweg, os pilotos voltaram para os primeiros treinos livres da segunda etapa do ano, o GP batizado de Estíria. Dona da casa, a Red Bull comandou a segunda sessão nesta sexta-feira registrando o melhor tempo com Max Verstappen, com 1min3s660, apenas 43 milésimos de segundo à frente de Valtteri Bottas, vencedor da primeira etapa e, portanto, líder do campeonato. Como o serviço de meteorologia da FIA prevê fortes chuvas para a hora do treino de classificação, previsto para sábado, a partir das 10h pelo horário de Brasília, existe até a possibilidade de os tempos dessa sessão definirem as posições do grid de largada da corrida, embora exista ainda a chance de os pilotos brigarem por posição na manhã de domingo na Áustria.
De qualquer forma, a sexta-feira mostrou uma batida de Daniel Ricciardo logo no início do segundo treino livre que deixou o piloto australiano sem tempo no momento. As Ferrari continuaram sua Via Crucis, com Vettel inclusive ficando atrás da Williams de George Russell. Para os “cornetas” de plantão, que continuam sua artilharia contra o tetracampeão, uma simples análise técnica seria suficiente para eles calarem a boca, apesar de eles não entenderem coisa alguma de parte técnica. Retrocedida para os tempos pré-Jean Toft, atualmente presidente da Fia, e de Michael Schumacher, a Ferrari construiu para a temporada mais uma carroça praticamente inguiável em um circuito tão “pendurado” (em que os pilotos se arriscam a sair da pista a cada curva) quanto esse austríaco, Não dá para esquecer também que o outro representante da equipe italiana, Charles Leclerc, tem reclamado do comportamento do carro quase a cada volta que dá.
Para efeitos de nosso Bolão, se realmente os tempos desta sexta valerem para a formação do grid, o item “pole position” está anulado. Mas não se esqueçam de apostar inclusive nesse item porque a classificação pode ocorrer no domingo. Por não ter obedecido uma bandeira amarela no primeiro treino de sexta, quando ultrapassou dois carros, Norris perderá três posições no grid de largada.

Segundo treino livre:
1 Verstappen, Red Bull, 1:03:660
2 Bottas, Mercedes, a 0:043
3 Perez. Racing Point, a 0:217
4 Stroll, Racing Point, a 0:581
5 Sainz Jr., McLaren, a 0:673
6 Hamilton, Mercedes, a 0:688
7 Albon, Red Bull, 0:777
8 Norris, McLaren, a 0:881
9 Leclerc, Ferrari, a 1:046
10 Ocon, Renault, a 1:086
11 Gasly, Alpha Tauris, a 1:097
12 Kvyat, Alpha Tauris, a 1:390
13 Raikkonen, Alfa Romeo, a 1:492
14 Giovinazzi, Alfa Romeo, a 1:705
15 Russell, Williams, a 1:928
16 Vettel, Ferrari, a 1:953
17 Latifi, Williams, a 1:995
18. Magnussen, Haas, a 2:130
19 Grosjean, Haas, a 2:436
20 Ricciardo, Renault, sem tempo



Alonso está de volta!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Como já era esperado, Fernando Alonso volta ao cockpit da Renault – na qual foi bicampeão, em 2005 e 2006 – para as temporadas de 2021 e 2022, para também ajudar na transição do carro de 2021 para o de 2022 (totalmente diferentes). Será a segunda volta do espanhol para a equipe francesa desde que conquistou o bi lá. Como a gente aqui no site é fã incondicional do Fernando – que tentará a Tríplice Coroa (vencer o GP de Mônaco de F-1, as 24 Horas de Le Mans, as duas já estão no papo) vencendo este ano as 500 Milhas de Indianápolis. Estamos na torcida, xará Diaz!
- A Renault é tanto minha família quanto minhas melhores lembranças na Fórmula-1, com meus dois títulos no Campeonato Mundial, mas agora meu foco é o futuro. É com grande orgulho e uma emoção imensa que estou voltando para a equipe que me deu a chance de começar minha carreira, e que agora me dá a oportunidade de retornar para o mais alto nível do esporte. Meus princípios e ambições estão alinhados com o projeto da equipe. O progresso que a equipe fez no início do ano dá credibilidade para os objetivos para a temporada 2022 e vou compartilhar minha experiência em corridas com todos, desde os engenheiros até os mecânicos e companheiros na equipe. A escuderia quer e tem condições de voltar ao pódio, assim como eu”.



O Bolão depois da primeira da Áustria

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


Na primeira, a vitória foi do meu xará Cardoso, ao lado do Valtteri Bottas E o Daniel nem precisou usar da artimanha sacana do Bottas no treino de classificação. Eu tenho a mais absoluta certeza de que o falcatrua do finlandês saiu da pista de propósito no final do Q3 para que o Hamilton não pudesse superar seu tempo para a largada. Só tenho a cara de bobo, viu, Valtteri? Por isso, vai aí em cima a reprodução da presepada do Bottas.

Parâmetros utilizados no GP da Áustria:
Pole: BOTTAS
Vencedor: BOTTAS
Segundo: LECLERC
Terceiro: NORRIS
Quarto: HAMILTON
Quinto: SAINZ
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: LATIFI
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – para o GP da Áustria: em qual posição o Hamilton largará na primeira corrida na Áustria? A próxima já será no domingo seguinte. QUINTO

Áustria:
1) Daniel Cardoso - 20 pontos
2) Gabriel Dias - 15 pontos
2) Natanael Felipe Rhoden - 15 pontos
2) Daniel Dias - 15 pontos
2) Ismael Reichert - 15 pontos
2) Francisco Cavalin - 15 pontos
2) Maurício Dias - 15 pontos
2) Mauro - 15 pontos
9) Luiz Herrera - 0 ponto
9) Marcelo Vieira - 0 ponto
9) Pedro Henrique - 0 ponto
9) André Borges - 0 ponto
9) Eduardo Saraiva - 0 ponto
9) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 0 ponto

Total:
1) Daniel Cardoso - 20 pontos
2) Gabriel Dias - 15 pontos
2) Natanael Felipe Rhoden - 15 pontos
2) Daniel Dias - 15 pontos
2) Ismael Reichert - 15 pontos
2) Francisco Cavalin - 15 pontos
2) Maurício Dias - 15 pontos
2) Mauro - 15 pontos
9) Luiz Herrera - 0 ponto
9) Marcelo Vieira - 0 ponto
9) Pedro Henrique - 0 ponto
9) André Borges - 0 ponto
9) Eduardo Saraiva - 0 ponto
9) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 0 ponto



Quem vence o GP da Estíria?

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


E aí, amantes dos autinhos, vamos para a Áustria de novo, travestido de GP da Estíria? Nome horroroso. Já é no próximo domingo.
Veremos se o Lewis Hamilton consegue se recuperar e se a FIA para de pegar no pé dele.
ATENÇÃO: retiramos do Bolão o item Piloto Destaque da Corrida escolhido pelos telespectadores da prova.
As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação no sábado. Boa sorte!  

Itens da nova corrida no Red Bull Ring, Zeltweg:
Pole: sobrenome do piloto - 5 pontos
Vencedor: sobrenome do piloto - 25 pontos
Segundo: sobrenome do piloto – 20 pontos
Terceiro: sobrenome do piloto – 15 pontos
Quarto: sobrenome do piloto – 10 pontos
Quinto: sobrenome do piloto – 5 pontos
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  15 pontos
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – para o GP da Estíria: quero saber se o Vettel chega na frente do Leclerc na corrida. Sim ou não?
Gabaritar os cinco primeiros colocados da prova: 15 pontos
Acertar os cinco primeiros da prova fora de ordem: 5 pontos

Para acompanhar ao vivo todos os lances na Áustria:
Sexta-feira: primeiro treino livre, 6h, segundo treino livre, 10h, ambos pelo SporTV.
Sábado: terceiro treino livre, 7h, classificação, 10h, ambos pelo SporTV.
Domingo: 10h10min, corrida, pela Globo.



Protesto tem seis que não aderiram

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Antes do GP da Áustria, o Lewis Hamilton, em sua cruzada mundial antirracismo, promoveu um ato junto à linha de chegada do circuito Red Bull Ring Zeltweg, neste domingo. Dos 20 pilotos, seis se negaram a se ajoelhar para mostrar a revolta contra esse ato criminoso. É sempre bom lembrar que o racismo é crime e dá cadeia. O nome dos seis, para vocês julgarem:
Max Verstappen, Antonio Giovanazzi, Carlos Sainz Jr., Charles Leclec, Kimi Raikkonen e Daniil Kvyat.



Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal