Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Senna 60 anos

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Neste sábado, 21 de março, Ayrton Senna completaria 60 anos de idade. De tão lenda que o maior piloto que este mundo já viu, fica impossível de se imaginar o que ele estaria fazendo hoje em dia. É como se o tempo tivesse parado naquele dia da morte dele, em Ímola, e ele permanece sempre como um piloto, no auge de sua forma, fazendo aquilo que sempre fez como ninguém mais nesta vida e neste mundo. Ayrton Senna não seria hoje um dono de equipe de Fórmula-1, um consultor do mundo automobilístico, um comentarista de televisão. Ele não seria nada disso. Ele será sempre um piloto de F-1, o melhor, porque foi para isso que ele veio a este mundo.
Acelera, Ayrton!



Mônaco cancelado pela primeira vez

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Ninguém sabe o que acontecerá amanhã em qualquer atividade no mundo devido à pandemia do coronavírus. No esporte, também é assim, e na Fórmula-1, não poderia ser diferente. É mais fácil de se falar o que já está definido, por enquanto:
- Os GPs da Austrália e de Mônaco estão cancelados. Desde o início do Mundial, em 1950, será a primeira vez sem a corrida no Principado.
- Os GPs do Bahrein, da China, do Vietnã, da Holanda e da Espanha foram adiados.
- O novo regulamento técnico dos carros, inicialmente previsto para 2021, foi transferido para 2022.
- O teto orçamentário para frear os gastos da F-1 será implantado mesmo em 2021.

Terreno da suposição:
- Os vinte GPs que restaram, dos vinte e dois originais para 2020, seriam disputados em fins de semana com apenas dois dias de atividade, sem as sextas-feiras.
- Por ora, o Mundial estrearia com o GP do Azerbaijão, dia 7 de junho. Se a crise com o coronavírus não aumentar.
- Para acomodar vinte provas em seis meses de disputa – SE TERÁ MESMO O CAMPEONATO DESTE ANO -, seriam usados três fins de semana seguidos, ou até quatro.

Economia:

- A logística para a realização de um GP de F-1 é uma coisa pouco imaginada pela pessoa comum. Até mesmo dentro do circo, poucas pessoas sabem qual é o montante da soma desse dinheiro.
- Pelo mundo, os deslocamentos do circo são feitos em aviões Boeing 747 de carga. A F-1 tem muito dinheiro e esses aviões pertencem à categoria, mas tudo isso move muito dinheiro, mesmo sendo particular. E dinheiro não é uma coisa eterna.
- O combustível e demais líquidos dos caros da F-1 não podem ser transportados via aérea. Eles são levados de navio – fora da Europa. Ou seja, quando um GP está sendo disputado, os líquidos – inflamáveis ou não – de outros GPs já estão em deslocamento.
- Todos os jogos de pneus para o GP da Austrália que estavam montados nas rodas das equipes – a corrida foi cancelada duas horas antes do primeiro treino livre – não poderão ser reaproveitados. Ou seja, dinheiro posto fora.

Resumindo: a F-1 é riquíssima. Mas...



GP da Austrália cancelado

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Depois da McLaren e da Mercedes terem anunciado que estavam deixando o GP da Austrália, que seria a prova inaugural da temporada 2020, a FIA e a Liberty, a dona da Fórmula-1, confirmaram o cancelamento definitivo da prova, que seria disputado neste fim de semana, devido à pandemia do coronavírus. A exemplo de quase todos os esportes mundiais, a F-1 também segue o caminho em nome da segurança pública e de seus esportistas e empregados.
O GP do Bahrein, previsto para a próxima semana, com portões fechados para os torcedores, também está sob suspeita quanto a sua realização.



O Bolão 2020 e quem vence na Austrália?

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


E aí, amantes dos autinhos, vamos de novo? Até que passou rápido a seca da Fórmula-1 neste ano, não? Já estamos aí com a abertura do Mundial, no próximo fim de semana, na Austrália. E vamos apostar aqui, para mais uma emocionante disputa do nosso Bolão. Como deu certo no ano passado, manteremos o regulamento, a exemplo da própria F-1. A única diferença será no desafio proposto a cada prova: será sempre envolvendo o hexacampeão Lewis Hamilton, pois o homem deve bater o recorde de vitórias de Michael Schumacher em 2020, ou a Ferrari, porque a equipe italiana chega ao seu milésimo GP neste ano (por isso, o nome do carro: SF1000), ou Kimi Raikkonen, que baterá o número de corridas disputadas na F-1, atualmente de Rubens Barrichello, além de passar de 5 para 10 pontos. Na primeira corrida, será com o Hamilton.
As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação no sábado. Boa sorte!  

Regulamento, itens e a corrida no Albert Park, em Melbourne:

Pole: sobrenome do piloto - 5 pontos
Vencedor: sobrenome do piloto - 25 pontos
Segundo: sobrenome do piloto – 20 pontos
Terceiro: sobrenome do piloto – 15 pontos
Quarto: sobrenome do piloto – 10 pontos
Quinto: sobrenome do piloto – 5 pontos
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  15 pontos
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – para o GP da Austrália: em qual posição o Hamilton largará na corrida australiana?
Melhor piloto da prova, segundo internautas e telespectadores e publicado no final da transmissão da TV: 15 pontos
Gabaritar os cinco primeiros colocados da prova: 15 pontos
Acertar os cinco primeiros da prova fora de ordem: 5 pontos

Para acompanhar ao vivo todos os lances na Austrália:

Quinta-feira: primeiro treino livre, 22h, pelo SporTV.
Sexta-feira: segundo treino livre, 2h, pelo SporTV.
Sábado: terceiro treino livre, meia-noite, classificação, 3h, ambos pelo SporTV.
Domingo: 2h10min, corrida, pela Globo.



Mercedes termina na frente na pré-temporada

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Valtteri Bottas, da Mercedes, foi o mais rápido no último dia de testes da pré-temporada, nesta sexta-feira, no circuito de Montmeló, em Barcelona, com o tempo de 1min16s196. O finlandês foi também o mais veloz em toda a pré-temporada, com o tempo de 1min15s732, registrado na sexta-feira da semana passada.
No último dia de testes, os pilotos utilizaram os pneus mais rápidos da Pirelli. A exemplo do ano passado, quando a Ferrari foi a mais veloz e depois sucumbiu na estreia do Mundial, em Melbourne, não se pode tirar nada de definitivo dos testes em Barcelona. Mas se verificarmos o pelotão da frente, poderemos ter algumas boas pistas:

- A Mercedes é novamente a favorita para o Mundial de 2020, que estreia dia 15 de março, na Austrália.
- A Red Bull está bem rápida, e diz-se que a equipe austríaca não mostrou todo seu potencial na pré-temporada.
- A Ferrari tem um carro problemático, tanto que a equipe já fala em uma atualização para maio.
- A Renault pinta bem no momento.
- A Williams não será o fiasco que foi no ano passado.

Último dia da pré-temporada:
1.   Bottas, Mercedes, 1:16:196
2.   Verstappen, Red Bull, a 0:073
3.   Ricciardo, Renault, a 0:080
4.   Leclerc, Ferrari, a 0:164
5.   Hamilton, Mercedes: a 0:214
6.   Econ, Renault, a 0:237
7.   Perez, Racing Point, a 0:438
8.   Sainz Jr., McLaren, a 0:624
9.   Russell, Williams, a 0:675
10. Kvyat, AlphaTauri (ex-Toro Rosso), a 0:718
11. Grosjean, Haas, a 0:841
12. Raikkonen, Alfa omeo, a 1:219
13. Magnussen, Haas, a 1:299
14. Albon, Red Bull, a 1:607



Ferrari dá o ar da graça

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Em um dia não muito produtivo, pois choveu durante a noite anterior, deixando a pista sem emborrachamento, Sebastian Vettel fez o melhor tempo do quinto e penúltimo dia de testes da pré-temporada, nesta quinta-feira, no circuito de Montmeló, em Barcelona. O tempo do tetracampeão foi conseguido pela manhã, quando o piloto da Ferrari também teve uma saída de pista e quase ficou atolado na caixa de brita do circuito catalão.
Pela primeira vez na pré-temporada, a Mercedes enfrentou problemas técnicos, com a quebra da bomba de óleo do carro de Lewis Hamilton, que praticamente não marcou tempo pela manhã. À tarde, Valtteri Bottas assumiu o carro prateado. O hexacampeão tratou de reduzir a pressão sobre o problema, afirmando que “voltaremos ainda mais fortes”.

Quinto dia da pré-temporada:
1.   Vettel, Ferrari, 1:16:841
2.   Gasly, AlphaTauri (ex-Toro Rosso), a 0:225
3.   Stroll, Racing Point, a 0:277
4.   Latifi, Williams, a 0:472
5.   Norris, McLaren, a 0:732
6.   Verstappen, Red Bull, a 0:942
7.   Bottas, Mercedes, a 1:144
8.   Ocon, Renault, a 1:172
9.   Magnussen, Haas, a 1:384
10. Albon, Red Bull, a 1:552
11. Ricciardo, Renault, a 1:554
12. Giovinazzi, Alfa Romeo, a 2:829
13. Hamilton, Mercedes, a 5:584



Kubica coloca a Alfa Romeo na frente. Isso mesmo!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Em dia de simulação de corrida, principalmente na sessão da tarde em Montmeló, na Espanha, nesta quarta-feira de cinzas, Robert Kubica, piloto reserva da Alfa Romeo, foi o melhor do quarto dia de testes da pré-temporada da Fórmula-1, com o tempo de 1min16s942, com pneus macios pela manhã, bem distante do espetacular tempo obtido por Valtteri Bottas, da Mercedes, na sexta da semana passada.
Algumas coisas estão atraindo a atenção da imprensa no circuito de Barcelona. A principal delas é um volante móvel utilizado pela Mercedes, que se mexe na profundidade, ora indo pra frente, ora se aproximando do piloto. Não se sabe ao certo o que essa artimanha dá de ganho para o carro nem se está dentro do regulamento. Outra diz respeito a uma possível aposentadoria de Kimi Raikkonen e de Daniel Ricciardo no final desta temporada, embora eu ache que nenhuma delas se efetivará na verdade. Raikkonen ainda está muito disposto para continuar na F-1, tem apenas 40 anos e em 2020 baterá o recorde de corridas na F-1, atualmente em poder de Rubens Barrichello, durante esta temporada. Já Ricciardo anunciou que ainda acredita no projeto da Renault e quer crescer junto com a equipe francesa.
A segunda semana da pré-temporada vai até sexta-feira. A primeira etapa do campeonato está prevista para o dia 15 de março, na Austrália.

Quarto dia da pré-temporada:
  1. Kubbica, Alfa Romeo, 1:16:942
  2. Verstappen, Red Bull, a 0:405
  3. Perez, Racing Point, a 0:486
  4. Kvyat, AlphaTauri (ex-Toro Rosso), a 0:514
  5. Gasly, AlphaTauri, a 0:598
  6. Albon, Red Bull, a 0:608
  7. Hamilton, Mercedes, a 0:620
  8. Stroll, Racing Point, a 0:845
  9. Bottas, Mercedes, a 1:158
  10. Vettel, Ferrari, a 1:171
  11. Ricciardo, Renault, a 1:272
  12. Sainz Jr., McLaren, a 1:279
  13. Leclerc, Ferrari, a 1:302
  14. Latifi, Williams, a 1:358
  15. Russell, Williams, a 1:593
  16. Grosjean, Haas, a 1:728
  17. Norris, McLaren, a 1:884
  18. Raikkonen, Alfa Romeo, a 2:573
  19. Ocon, Renault, a 4:600



Bottas detona os tempos na pré-temporada

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Valtteri Bottas voou no último dia de testes da primeira semana da pré-temporada, nesta sexta-feira, no circuito de Montmeló, em Barcelona. O finlandês botou no bolso o melhor tempo obtido por Sebastian Vettel, da Ferrari, no ano passado, no mesmo período. Com configuração de corrida, Lewis Hamilton terminou os trabalhos em segundo. No último dia de treinos em Barcelona nesta semana, algumas equipes tiveram problemas mecânicos, especialmente a Ferrari, com quebra do motor de Vettel. Aliás, o chefe da equipe italiana, Mattia Binotto, admitiu que as principais rivais estão muito mais rápidas que o SF1000, de Vettel e Charles Leclerc.
As equipes voltam ao circuito catalão no dia 25 de fevereiro para os últimos três dias de testes da pré-temporada.

Terceiro dia:

  1. Bottas, Mercedes, 1:15:732
  2. Hamilton, Mercedes, a 0:784
  3. Econ, Renault, a 1:370
  4. Stroll, Racing Point, a 1:606
  5. Kvyat, AlphaTauri, a 1:695
  6. Giovinazzi, Alfa Romeo, a 1:737
  7. Ricciardo, Renault, a 1:842
  8. Verstappen, Red Bull, a 1:904
  9. Gasly, AlphaTauri, a 2:051
  10. Albon, Red Bull, a 2:422
  11. Sainz Jr., McLaren, a 2:542
  12. Grosjean, Haas, a 2:648
  13. Vettel, Ferrari, a 2:652
  14. Norris, McLaren, a 2:722
  15. Latifi, Williams, a 3:272
  16. Magnussen, Haas, a 3:977



Raikkonen põe a Alfa Romeo na ponta

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Com um tempo ligeiramente superior em relação à marca obtida por Lewis Hamilton no primeiro dia de testes da pré-temporada da Fórmula-1, em Montmeló, na Espanha, Kimi Raikkonen acelerou a Alfa Romeo e marcou a volta mais rápida no segundo dia em Barcelona nesta quarta-feira, com 1min17s091. O tetracampeão Sebastian Vettel estreou na temporada a bordo da SF1000 e fez um modesto sexto lugar. Ao que tudo indica, a Mercedes já partiu para testes de durabilidade do carro. Isso ficou evidente com o nono lugar de Hamilton e ainda mais com a última posição de Vatteri Bottas.
As equipes voltam à pista nesta sexta-feira para o último dia de treinos da primeira fase da pré-temporada. Tem mais na próxima semana. A primeira etapa do Mundial está prevista para o dia 15 de março, na Austrália.

Segundo dia:

  1. Raikkonen, Alfa Romeo, 1:17:091
  2. Perez, Racing Point, a 0:256
  3. Ricciardo, Renault, a 0:658
  4. Albon, Red Bull, a 0:821
  5. Gasly, AlphaTauri, a 1:030
  6. Vettel, Ferrari, a 1:063
  7. Russell, Williams, a 1:175
  8. Leclerc, Ferrari, a 1:244
  9. Hamilton, Mercedes, a 1:296
  10. Norris, McLaren, a 1:383
  11. Grosjean, Haas, a 1:405
  12. Ocon, Renault, a 1:466
  13. Bottas, Mercedes, a 2:216



Mercedes parte na frente

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Lewis Hamilton comandou o primeiro dia de testes da primeira semana da pré-temporada da Fórmula-1, nesta quarta-feira, em Montmeló, em Barcelona. O hexacampeão fez o tempo de 1min16s976. Para título de comparação, o melhor tempo da pré-temporada de 2019 foi registrado por Sebastian Vettel, da Ferrari, com 1min16s224, que não participou do primeiro dia na equipe italiana nesta quarta. Valtteri Bottas completou a dobradinha da Mercedes, com Sergio Perez, da Racing Point, também com motor Mercedes, em terceiro, e Max Verstappen, da Red Bull, em quarto. Charles Leclerc, da Ferrari, foi apenas o décimo primeiro. Robert Kubica, agora piloto de testes da Alfa Romeo, terminou em décimo terceiro. Pelo menos no primeiro dia, a Williams fez bonito, com George Russell a apenas 1s192 de Hamilton.
Os testes nessa primeira semana terminam na sexta-feira. Os carros voltarão à pista catalã na terça-feira, dia 25.

Primeiro dia:

  1. Hamilton, Mercedes, 1:16:976
  2. Bottas, Mercedes, a 0:337
  3. Perez, Racing Point, a 0:399
  4. Verstappen, Red Bull, a 0:540
  5. Kvyat, AlphaTauri, a 0:722
  6. Sains Jr., McLaren, a 0:866
  7. Ricciardo, Renault, a 0:897
  8. Ocon, Renault, a 1:028
  9. Russell, Williams, a 1:192
  10. Stroll, Racing Point, a 1:306
  11. Leclerc, Ferrari, a 1:313
  12. Latifi, Williams, a 1:406
  13. Kubica, Alfa Romeo, a 1:410
  14. Magnussen, Haas, a 1:490
  15. Giovinazzi, Alfa Romeo, a 3:120



Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal