F-1 - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Bottas vence na Austrália

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Contestado por muitos, o finlandês Valtteri Bottas brilhou no GP da Austrália, primeira prova da temporada 2019 da Fórmula-1. Poucas vezes se viu uma atuação tão perfeita de um segundo piloto de uma equipe, no caso, da Mercedes. A atuação de Bottas, que assumiu a primeira posição na largada, foi tão perfeita que ele ganhou a votação do público como melhor piloto da prova e ainda levou pra casa a melhor volta da corrida, conseguida na penúltima volta. Pole position, o pentacampeão Lewis Hamilton aplaudiu o companheiro e admitiu no final que precisa treinar mais as largadas. O holandês Max Verstappen, da Red Bull, também foi magnífico e fechou a terceira posição do pódio, deixando as Ferrari – a grande decepção da corrida no Albert Park – em quarto, com o alemão Sebastian Vettel, e em quinto, com o monegasco Charles Leclerc.
Para o nosso Bolão, o polonês Robert Kubica, da Williams, foi o último a cruzar a linha de chegada, em décimo sétimo lugar, três voltas atrás, comprovando infelizmente que ele é um ex-piloto. Apenas três não completaram, o francês Romain Grosjean, da Haas, o australiano Daniel Ricciardo, da Renault, e o espanhol Carlos Sainz Jr., da McLaren. Ah, e o inglês George Russell, em décimo sexto, foi o mais bem classificado da Williams.



Resultado do GP da Austrália

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Comentários sobre a corrida em instantes.

Resultado final do GP da Austrália:
1) V. Bottas - Mercedes - 1h25min27s325
2) L. Hamilton - Mercedes - a 20s886
3) M. Verstappen - Red Bull - a 22s520

4) S. Vettel - Ferrari - a 57s109
5) C. Leclerc - Ferrari - a 58s230
6) K. Magnussen - Haas - a 1min27s156
7) N. Hulkenberg - Renault - a uma volta
8) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a uma volta
9) L. Stroll - Racing Point - a uma volta
10) D. Kvyat - Toro Rosso - a uma volta

11) P. Gasly - Red Bull - a uma volta
12) L. Norris - McLaren - a uma volta
13) S. Perez - Racing Point - a uma volta
14) A. Albon - Toro Rosso - a uma volta
15) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a uma volta
16) G. Russell - Williams - a duas voltas
17) R. Kubica - Williams - a três voltas

18) R. Grosjean - Haas - não completou
19) D. Ricciardo - Renault - não completou
20) C. Sainz Jr - McLaren - não completou

Melhor volta - V. Bottas - Mercedes - 1min25s580
Piloto destaque da corrida - V. Bottas - Mercedes



Hamilton é pole na Austrália

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Na hora para valer, a Mercedes botou um caminhão de diferença para a Ferrari no circuito de Albert Park, na Austrália. O pentacampeão Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou a pole position da primeira etapa do Mundial de Fórmula-1 de 2019 e colocou 7 décimos de segundos sobre seu maior rival, o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari. Hamilton “roubou” a pole position do companheiro, o finlandês Valtteri Bottas, no último momento do treino de classificação, na madrugada de sexta para sábado para nós brasileiros. Também o Bottas imprimiu grande vantagem para Vettel. O Holandês Max Verstappen brilhou no momento decisivo com o problemático carro da Red Bull agora impulsionado pelo motor Honda e tirou a quarta colocação no grid do monegasco Charles Leclec, que está estreando na Ferrari.
A corrida neste domingo, marcada para as 2h10min (nosso horário), em condições normais, deve ser um passeio da Mercedes.

Resultado da classificação para o GP da Austrália:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1min20s486
2) V. Bottas - Mercedes - a 0s112
3) S. Vettel - Ferrari - a 0s704
4) M. Verstappen - Red Bull - a 0s834
5) C. Leclerc - Ferrari - a 0s956
6) R. Grosjean - Haas - a 1s340
7) K. Magnussen - Haas - a 1s613
8) L. Norris - McLaren - a 1s818
9) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 1s828
10) S. Perez - Racing Point - a 2s295

11) N. Hulkenberg - Renault
12) D. Ricciardo - Renault
13) A. Albon - Toro Rosso
14) A. Giovinazzi - Alfa Romeo
15) D. Kvyat - Toro Rosso

16) L. Stroll - Racing Point
17) P. Gasly - Red Bull
18) C. Sainz Jr - McLaren
19) G. Russell - Williams
20) R. Kubica - Williams



Hamilton dita o ritmo na Austrália

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Os três treinos livres no circuito de Albert Park, em Melbourne, mostraram que a Mercedes continua sendo “O Carro” da Fórmula-1. Na sexta-feira, o pentacampeão Lewis Hamilton assustou, colocando 8 décimos de segundo na Ferrari do alemão Sebastian Vettel. Agora na madrugada de sexta para sábado, a Ferrari reagiu bem, ficando a apenas 2 décimos atrás da Mercedes de número 44. Mas ficou a nítida impressão de que as duas equipes rivais ainda têm chão para melhorar para o treino de classificação, previsto para as 3h (nosso horário), com transmissão ao vivo tanto pelo SporTV quanto pela Globo. Se liguem que a corrida, na madrugada de sábado para domingo, começa às 2h10min.
O monegasco Charles Leclerc tem ficado sempre atrás do companheiro Vettel até o momento, no entanto, próximo no cronômetro. Nenhuma surpresa nisso, a jovem promessa da F-1 certamente não se assustaria em pilotar uma Ferrari. O segundo da Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas – no ano em ele “vai ou racha” – tomou pau de Hamilton – como sempre – e ainda deu o papelão de escapar na tomada da última curva do circuito duas vezes seguidas. Por isso, ficou apenas em sexto no terceiro treino livre.
O holandês Max Verstappen, agora na condição de principal estrela da Red Bull, tá vendo com quantos paus se faz uma canoa, com o motor da Honda ainda não sendo o canhão que a equipe austríaca merece. Ex-Red Bull, o australiano Daniel Ricciardo tenta se adaptar à nova equipe. Mas uma coisa é certa: Ricciardo já elevou o patamar da Renault.

Resultado da sessão 3 do treino livre:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1h22min292
2) S. Vettel - Ferrari - a 0s264
3) C. Leclerc - Ferrari - a 0s457
4) R. Grosjean - Haas - a 0s820
5) K. Magnussen - Haas - a 1s042
6) P. Gasly - Red Bull - a 1s075
7) V. Bottas - Mercedes - a 1s130
8) D. Kvyat - Toro Rosso - a 1s150
9) M. Verstappen - Red Bull - a 1s189
10) D. Ricciardo - Renault - a 1s403
11) N. Hulkenberg - Renault - a 1s445
12) A. Giovinazzi - Alfa Romeo- a 1s539
13) C. Sainz Jr - McLaren - a 1s757
14) S. Perez - Racing Pint - a 1s790
15) A. Albon - Toro Rosso - a 2s036
16) L. Stroll - Racing Point - a 2s053
17) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 2s110
18) L. Norris - McLaren - a 2s276
19) G. Russell - Williams - a 3s652
20) R. Kubica - Williams - a 4s297



Finalmente!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

A FIA anunciou que a volta mais rápida da corrida ganhará 1 ponto de bonificação, já a partir deste campeonato. Finalmente a Fórmula-1 se mexe nesse sentido. Ainda falta premiar a pole position. Mas isso deve vir. E como a FIA abriu essa pontuação para a volta rápida, coloco também o item no nosso Bolão. Então, a volta mais rápida dará 5 pontos para quem acertar no Bolão. Lembro que o Kimi Raikkonen, agora na Alfa Romeo, é um especialista nesse quesito.



A volta de Alonso

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Acompanhando os testes da pré-temporada da Fórmula-1 no circuito de Montmeló, em Barcelona, há mais de duas semanas, o bicampeão Fernando Alonso confidenciou para amigos e jornalistas que pode estar voltando à principal categoria do automobilismo. A pista para sua volta seria no desenvolvimento do MCL34, o carro da equipe inglesa para este ano. Já acertado com a McLaren para participar novamente das 500 Milhas de Indianápolis, na qual buscará ser o segundo homem a conquistar a Tríplice Coroa (o espanhol já tem vitórias no GP de Mônaco e nas 24 Horas de Le Mans), Alonso também correrá neste ano no Mundial de Endurance pela Toyota. E ele é o favorito para vencer esse campeonato de provas de longa duração.
As notícias são as melhores possíveis. Torço para que o Alonso volte ao cockpit de um F-1 depois de buscar seu sonho da Tríplice Coroa. Ele ainda tem muito a dar para o Mundial de F-1.



Pré-temporada da F-1, último dia

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Sebastian Vettel, da Ferrari, obteve nesta sexta-feira a melhor marca da pré-temporada no circuito de Montmeló, em Barcelona, no último dia de testes antes do início do campeonato, previsto para o dia 17 de março, na Austrália. Porém, Lewis Hamilton finalmente mostrou uma Mercedes muito rápida na pré-temporada, ficando a apenas 3 milésimos de segundo atrás do rival, comprovando que o campeonato deste ano deve ser sensacional, inclusive porque todas as equipes melhoraram no último dia, com exceção da Red Bull e da Williams, as decepções até o momento.
O último dia de testes na Espanha foi muito movimentado, especialmente envolvendo a Ferrari e a Mercedes, as protagonistas da atualidade na Fórmula-1. Vettel marcou o melhor tempo pela manhã. À tarde, o alemão praticamente não andou, pois teve problemas elétricos no SF90. Valtteri Bottas dirigiu a Mercedes na sessão da manhã, ficando em segundo, quase meio segundo atrás. À tarde, Hamilton assumiu o carro e fez uma série de "voltas de classificação", para tentar alcançar o tempo de Vettel. E conseguiu chegar ao eterno rival quase ao final do treino. Depois de "igualar" a marca da Ferrari, Hamilton ainda fez uma última tentativa, mas não foi feliz.

Tempos do dia 8:
1.   Vettel, Ferrari, 1:16:221
2.   Hamilton, Mercedes, 1:16:224
3.   Bottas, Mercedes, 1:16:561
4.   Hulkenberg, Renault, 1:16:843
5.   Kvyat, Toro Rosso, 1:16:898
6.   Sainz Jr., McLaren, 1:16:913
7.   Grosjean, Haas, 1:17:076
8.   Ricciardo, Renault, 1:17:114
9.   Raikkonen, Alfa Romeo, 1:17:239
10. Magnussen, Haas, 1:17:565
11. Verstappen, Red Bull, 1:17:709
12. Perez, Racing Point, 1:17:791
13. Kubica, Williams, 1:18:993



Pré-temporada da F-1, dia 7

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Depois de ter dominado os dois primeiros dias da pré-temporada deste ano, na segunda e terça–feiras da semana passada, a Ferrari voltar a mandar nas ações nesta quinta no circuito de Montmeló, em Barcelona. Com a impressionante marca de 1min16s231, o monegasco Charles Leclerc conseguiu o melhor tempo não só da atual pré-temporada como também em relação à do ano passado. O tailandês Alexander Albon, da Toro Rosso, em segundo nesta quinta, ficou bem distante do piloto da Ferrari. O dia só não foi ideal para a equipe italiana porque Leclerc teve uma quebra no carro a 15 minutos do final do treino da tarde em Barcelona.
A pré-temporada se encerra nesta sexta-feira, quando a Mercedes finalmente tentará chegar aos tempos e ao rendimento das Ferrari. A primeira prova da temporada 2019 está prevista para o dia 17 de março, no circuito de Albert Park, em Melbourne, na Austrália.

Tempos do sétimo dia:
1.    Leclerc, Ferrari, 1:16:231
2.    Albon, Toro Rosso, 1:16:882
3.    Norris, McLaren, 1:17:084
4.    Gasly, Red Bull, 1:17:091
5.    Ricciardo, Renault, 1:17:204
6.    Hulkenberg, Renault, 1:17:496
7.    Stroll, Racing Point, 1:17:556
8.    Giovinazzi, 1:17:639
9.    Grosjean, Haas, 1:17:854
10.  Hamilton, Mercedes, 1:18:097
11.  Russell, Williams, 1:18:130
12.  Magnussen, Haas, 1:18:199
13.  Bottas, Mercedes, 1:18:862



Pré-temporada da F-1, dia 6

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

O espanhol Carlos Sainz Jr., da McLaren, conseguiu nesta quarta-feira o melhor tempo da pré-temporada até o momento, no circuito de Montmeló, em Barcelona. A Ferrari enfrentou problemas pelo segundo dia seguido, desta vez, com uma batida do alemão Sebastian Vettel, pela manhã. A saída de pista de Vettel atrasou todo o dia da escuderia italiana. Seu companheiro de equipe, o monegasco Charles Leclerc, conseguiu dar apenas uma volta à tarde e não marcou tempo. Antes da batida, Vettel conseguiu marcar o terceiro tempo do dia, distante de Sainz Jr. mas à frente das Mercedes.
A segunda rodada da pré-temporada se encerra na sexta-feira.

Sexto dia:
1.  Sainz Jr., McLaren, 1:17:144
2.  Perez, Racing Point, 1:17:842
3.  Vettel, Ferrari, 1:18:195
4.  Raikkonen, Alfa Romeo, 1:18:209
5.  Grosjean, Haas, 1:18:330
6.  Verstappen, Red Bull, 2:18:395
7.  Kvyat, Toro Rosso, 1:18:682
8.  Bottas, Mercedes, 1:18:941
9.  Hamilton, Mercedes, 1:18:943
10. Hulkenberg, Renault, 1:19:056
11. Kubica, Williams, 1:19:367
12. Ricciardo, Renault, 1:22:597
13. Leclerc, Ferrari, sem tempo



Pré-temporada da F-1, dia 4

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

O alemão Nico Hulkenberg, da Renault, foi o mais rápido da primeira semana de testes da pré-temporada da Formula-1, realizada no circuito de Montmeló, em Barcelona. A marca foi conseguida na sessão da tarde na Espanha nesta quinta-feira. Pela manhã, o tailandês Alexander Albon, da Toro Rosso, foi o melhor.
Nesta quarta, o austríaco Toto Wolff, Team Principal da Mercedes, engrossou o coro em favor do melhor momento da rival Ferrari iniciado pelo pentacampeão Lewis Hamilton um dia antes. Para o dirigente, a equipe italiana soube entender as mudanças do regulamento mais rapidamente e construiu um carro extremamente rápido:

- Não é só isso. Eles estão na frente também no desenvolvimento do carro. Precisamos reagir já, ainda na pré-temporada.

O puxão de orelha parece ter surtido algum efeito. No último treino da semana, o finlandês Valtteri Bottas e Hamilton ficaram em quarto e quinto, respectivamente, embora um pouco distante de Hulkenberg.
Na semana, a Mercedes ficou à frente da Ferrari. No entanto, a equipe italiana assombrou nos dois primeiros dias, ficando com as primeiras posições, e claramente tirou o pé nos dois dias finais, trabalhando no desenvolvimento do carro.
A segunda rodada da pré-temporada ocorrerá de terça a sexta da próxima semana no mesmo circuito. A estreia do campeonato está prevista para o dia 17 de março, na Austrália.

Tempos do quarto dia:

1.   Hulkenberg, Renault, 1:17:393
2.   Albon, Toro Rosso, 1:17:637
3.   Ricciardo, Renault, 1:17:785
4.   Bottas, Mercedes, 1:17:857
5.   Hamilton, Mercedes, 1:17:977
6.   Leclerc, Ferrari, 1:18:046
7.   Norris, McLaren, 1:18:431
8.   Giovinazzi, Alfa Romeo, 1:18:511
9.   Grosjean, Haas, 1:18:563
10. Magnussen, Haas, 1:18:720
11. Gasly, Red Bull, 1:18:780
12. Stroll, Racing Point, 1:19:664
13. Russell, Williams, 1:20:997
14. Kubica, Williams, 1:21:542



Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal