F-1 - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Hamilton vence a batalha de Mônaco

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Lewis Hamilton conseguiu uma façanha neste domingo em Mônaco, ficando por mais de 55 voltas com um jogo de pneus menos resistentes do que os de Max Verstappen, Sebastian Vettel e Valtteri Bottas, e conquistou sua quarta vitória na temporada, abrindo 17 pontos sobre seu companheiro de Mercedes. Agora, faltam 14 vitórias para o inglês chegar às 91 conquistas de Michael Schumacher.
Só mesmo Hamilton poderia alcançar a façanha de conduzir um carro nas condições deste domingo. Hamilton, sim, é um gênio! Verstappen acabou sendo um dos protagonistas em Monte Carlo, tudo por consequência de uma batida no pit stop em Bottas dentro do box. Graças a isso, o holandês recebeu uma punição de 5 segundos em seu tempo final de prova. Com a entrada do safety car – devido a um incidente envolvendo Charles Leclerc, que foi prejudicado no sábado por erros da Ferrari e tratava de se recuperar na corrida -, todos foram para os boxes. Na batida, um dos pneus de Bottas estourou e o finlandês teve de retornar para um novo pit stop, perdendo a segunda e a terceira posições.
Hamilton teve de usar todo seu talento para resistir por quase toda a prova aos ataques de Verstappen, que não tinha outra saída naquele momento. Para vencer, o piloto da Red Bull teria de ultrapassar Hamilton e ainda abrir uma vantagem de mais de 5 segundos, por conta da punição de seu toque em Bottas. Todos no Principado e na TV sabiam que Verstappen, sendo Verstappen, tentaria passar o pentacampeão. E a coisa veio na antepenúltima volta na Saída do Túnel, com o holandês tentando uma manobra impossível. Verstappen acabou batendo na roda traseira esquerda de Hamilton, que não conseguiu contornar a Chicane do Porto, seguindo reto. Aí, ficou uma dúvida se haveria outra punição contra Verstappen ou mesmo contra Hamilton.
Mas a direção de prova confirmou o resultado final, com Verstappen caindo para o quarto lugar. Hamilton vibrou intensamente, inclusive se atirando na famosa piscina de Monte Carlo depois da premiação na varanda do Príncipe Albert. A próxima etapa será daqui a 15 dias, no Canadá. Nesta temporada, não tem GPs separados por apenas uma semana.

Resultado final do GP de Mônaco:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1h43min28s437
2) S. Vettel - Ferrari - a 2s602
3) V. Bottas - Mercedes - a 3s162

4) M. Verstappen - Red Bull - a 5s537
5) P. Gasly - Red Bull - a 9s946
6) C. Sainz Jr - McLaren - a 53s454
7) D. Kvyat - Toro Rosso - a 54s574
8) A. Albon - Toro Rosso - a 55s200
9) D. Ricciardo - Renault - a 1min00s894
10) R. Grosjean - Haas - a 1min01s034

11) L. Norris - McLaren - a 1min06s801
12) K. Magnussen - Haas - a uma volta
13) S. Perez - Racing Point - a uma volta
14) N. Hulkenberg - Renault - a uma volta
15) G. Russell - Williams - a uma volta
16) L. Stroll - Williams - a uma volta
17) K. Raikkonen - Alfa Romeo - uma volta
18) R. Kubica - Williams - a uma volta
19) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a duas voltas

20) C. Leclerc - Ferrari - não completou

Volta mais rápida - P. Gasly - Red Bull - 1min14s279
Piloto do dia - M. Verstappen - Red Bull

Mundial de Pilotos 2019:
1) L. Hamilton - Mercedes - 137 pontos
2) V. Bottas - Mercedes - 120 pontos
3) S. Vettel - Ferrari - 82 pontos
4) M. Verstappen - Red Bull - 78 pontos
5) C. Leclerc - Ferrari - 57 pontos
6) P. Gasly - Red Bull - 32 pontos
7) C. Sainz Jr - McLaren - 18 pontos
8) K. Magnussen - Haas - 14 pontos
9) S. Perez - Racing Point - 13 pontos
10) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 13 pontos
11) L. Norris - McLaren - 12 pontos
12) D. Kvyat - Toro Rosso - 9 pontos
13) D. Ricciardo - Renault - 8 pontos
14) A. Albon - Toro Rosso - 7 pontos
15) N. Hulkenberg - Renault - 6 pontos
16) L. Stroll - Racing Point - 4 pontos
17) R. Grosjean - Haas - 2 pontos
18) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 0 ponto
19) G. Russell - Williams - 0 ponto
20) R. Kubica - Williams - 0 ponto

Mundial de Construtores 2019:
1) Mercedes - 257 pontos
2) Ferrari - 139 pontos
3) Red Bull - 110 pontos
4) McLaren - 30 pontos
5) Racing Point - 17 pontos
6) Haas - 16 pontos
7) Toro Rosso - 16 pontos
8) Renault - 14 pontos
9) Alfa Romeo - 13 pontos
10) Williams - 0 ponto



Hamilton é pole em Mônaco

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Lewis Hamilton conquistou a pole position do GP de Mônaco, sexta etapa do Mundial de Fórmula-1, neste sábado, de forma espetacular. No momento decisivo, Hamilton conseguiu fazer a volta mais rápida apesar de um erro na Rascasse, a última curva lenta do traçado de rua de Monte Carlo. A Ferrari aprontou de novo na estratégia – ou falta dela – errando no Q1 com Charles Leclerc, deixando seu piloto fora da luta pela pole position. Sebastian Vettel, com o capacete vermelho de Niki Lauda, quase que ficou de fora do Q2 e do Q1, mas com o alemão foi diferente. Vettel raspou o lado de fora dos pneus nos S da Piscina e ficaria fora no Q1, No entanto, o tetracampeão ainda voltou à pista e conseguiu o primeiro tempo no Q1. No Q3, Vettel raspou o guard-rail na sua última tentativa.
Todas as equipes estão homenageando o grande Lauda, morto nesta semana aos 70 anos. A Mercedes inclusive pintou o Hallo de vermelho, com uma mensagem para o austríaco.

1) L. Hamilton - Mercedes - 1min10s166
2) V. Bottas - Mercedes - 1min10s252
3) M. Verstappen - Red Bull - 1min10s641
4) S. Vettel - Ferrari - 1min10s947
5) P. Gasly - Red Bull - 1min11s041
6) K. Magnussen - Haas - 1min11s109
7) D. Ricciardo - Renault - 1min11s218
8) D. Kvyat - Toro Rosso - 1min11s271
9) C. Sainz Jr - McLaren - 1min11s417
10) A. Albon - Toro Rosso - 1min11s653

11) N. Hulkenberg - Renault
12) L. Norris - McLaren
13) R. Grosjean - Haas
14) K. Raikkonen - Alfa Romeo
15) A. Giovinazzi - Alfa Romeo

16) C. Leclerc - Ferrari
17) S. Perez - Racing Point
18) L. Stroll - Racing Point
19) G. Russell - Williams
20) R. Kubica - Williams



Leclerc na frente do treino livre 3 do GP de Mônaco

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

1) C. Leclerc - Ferrari - 1min11s265
2) V. Bottas - Mercedes - a 0s053
3) L. Hamilton - Mercedes - a 0s213
4) M. Verstappen - Red Bull - a 0s274
5) P. Gasly - Red Bull - a 0s473
6) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a 0s905
7) D. Kvyat - Toro Rosso - a 0s929
8) K. Magnussen - Haas - a 1s005
9) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 1s043
10) A. Albon - Toro Rosso - a 1s073
11) N. Hulkenberg - Renault - a 1s224
12) D. Ricciardo - Renault - a 1s254
13) R. Grosjean - Haas - a 1s301
14) S. Vettel - Ferrari - a 1s318
15) C. Sainz Jr - McLaren - a 1s597
16) L. Norris - McLaren - a 1s649
17) S. Perez - Racing Point - a 1s967
18) L. Stroll - Racing Point - a 2s357
19) R. Kubica - Williams - a 2s821
20) G. Russell - Williams - a 3s040



Hamilton arrasa em Mônaco

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Pelo menos no primeiro dia de treinos livres em Monte Carlo, nesta quinta-feira, porque tudo é diferente no Principado, a Mercedes simplesmente destruiu a concorrência, com Lewis Hamilton colocando mais de 7 décimos de segundo na Ferrari de Sebastian Vettel. O piloto da casa, Charles Leclerc, foi apenas o décimo colocado do dia. O outro piloto da Mercedes, Valtteri Bottas, fez praticamente o mesmo tempo do companheiro. Tudo pode mudar no sábado, dia do terceiro treino livre e da classificação, mas se a Ferrari pode reagir, a Mercedes tende a ficar ainda mais forte.
Depois de cinco etapas, Hamilton lidera o Mundial de Fórmula-1 com sete pontos de vantagem sobre Bottas, com três vitórias e uma volta mais rápida ante duas de Bottas e uma volta mais rápida do finlandês. A diferença dos dois é, portanto, a pontuação do primeiro para o segundo colocado em corrida.
O terceiro treino livre em Monte Carlo está previsto para as 7h (nosso horário) de sábado, enquanto a classificação se inicia às 10h. A corrida, no domingo terá largada às 10h10min, com transmissão ao vivo pela Globo.

Segundo treino livre de quinta:
1.   Hamilton, Mercedes, 1:11:118
2.   Bottas, Mercedes, a 0:081
3.   Vettel, Ferrari, a 0:763
4.   Gasly, Red Bull, a 0:820
5.   Albon, Toro Rosso, a 0:913
6.   Verstappen, Red Bull, a 0:934
7.   Magnussen, Haas, a 1:056
8.   Giovinazzi, Alfa Romeo, a 1:121
9.   Raikkonen, Alfa Romeo, a 1:224
10. Leclerc, Ferrari, a 1:232
11. Grosjean, Haas, a 1:274
12. Norris, McLaren, a 1:275
13. Sainz Jr., McLaren, a 1:301
14. Kvyat, Toro Rosso, a 1:459
15. Perez, Racing Point, a 1:634
16. Hulkenberg, Renault, a 1:754
17. Ricciardo, Renault, a 1:770
18. Stroll, Racing Point, a 3:440
19. Russell, Williams, a 3:934
20. Kubica, Williams, a 4:028



Lauda, morre o homem, fica a lenda

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

O austríaco Niki Lauda morreu nesta segunda-feira aos 70 anos em decorrência dos problemas com um de seus pulmões - atingido no fatídico acidente durante o GP da Alemanha de 1976, no Inferno Verde de Nürburgring, no qual inalou muita fumaça depois que sua Ferrari pegou fogo. Diretor não executivo da equipe Mercedes da Fórmula-1, Lauda teve de se afastar no final da temporada do ano passado para passar por um transplante de pulmão. Por ordens médicas, o tricampeão (1975, 1977 e 1984) jamais voltaria a seu posto na equipe alemã. Quem quiser conhecer melhor o gênio das pistas, vá lá e veja o filme Rush, com o incrível duelo entre ele e o inglês James Hunt em 1976. O próprio Lauda disse que a caracterização do ator espanhol Daniel Brühl, que interpretou o austríaco no filme, estava perfeita. Eu também acho!
Costumo dizer sempre que não gosto de eleger determinado piloto como o maior de todos os tempos, embora ache esse título seja de Ayrton Senna. O mais justo seria ser eleito o maior piloto de sua época. E Lauda foi o maior de seu tempo. Felizmente, pude acompanhar a carreira desse gênio das pistas de ponta a ponta, incluindo seu período sabático quando se afastou da F-1 para erguer sua companhia aérea, a Lauda Air. Com a morte de Lauda, o seleto grupo de tricampeões tem agora vivos apenas Nelson Piquet e o escocês Jackie Stewart.
Vá em paz, campeão! Vá se juntar a Senna e a outros tantos campeões. E obrigado por tudo que você nos passou.



Vencedores e perdedores na Espanha

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Vamos de novo, o site oficial da Fórmula-1 alinhavou os vencedores e os perdedores do GP da Espanha, vencido com brilhantismo por Lewis Hamilton. Vê se você concorda. De tudo, considero os maiores vencedores em Barcelona o Hamilton e o Max Verstappen e os maiores perdedores a Ferrari e o Lance Stroll. Com tanta concorrência por vagas na F-1, não sei o que ainda estão fazendo no circo pilotos como o Stroll, o Magnussen, o Kvyat e o Kubica.

Vencedor: Lewis Hamilton
Perdedores: Ferrari

Vencedores: Mercedes
Perdedora: Toro Rosso

Vencedor: Max Verstappen
Perdedora: Renault

Vencedora: Haas
Perdedora: Alfa Romeo

Vencedor: Carlos Sainz Jr.
Perdedora: Racing Point



Hamilton vence na Espanha

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

O pentacampeão Lewis Hamilton tratou de botar ordem na casa e engoliu o companheiro Valtteri Bottas na largada do GP da Espanha neste domingo, Dia das Mães. Com isso, o inglês voltou à liderança do Mundial de Fórmula-1, em um circuito que não privilegia a ultrapassagem. Montmeló, em Barcelona, é meramente uma pista de testes, e há muito tempo deveria estar fora do calendário de corridas da F-1. Max Verstappen superou Sebastian Vettel na largada e se manteve na terceira posição.
As Ferrari ficaram trocando de posição conforme o desenrolar da prova, primeiro, demorando para ordenar Vettel dar passagem para Charles Leclerc, depois, o contrário. Graças a isso, a equipe italiana ficou fora do pódio na Espanha. A verdade do GP da Espanha é essa: a Ferrari foi a grande derrotada neste domingo, pois a equipe tinha comandado a pré-temporada realizada nesse circuito e agora vê que a Mercedes está quilômetros à frente.
A Mercedes fez a quinta dobradinha seguida no início da temporada, um recorde na F-1. Ah, e faltam 15 vitórias para Hamilton chegar ao recorde de Michael Schumacher.

Resultado final do GP da Espanha:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1h35min50s443
2) V. Bottas - Mercedes - a 4s074
3) M. Verstappen - Red Bull - a 7s679

4) S. Vettel - Ferrari - a 9s167
5) C. Leclerc - Ferrari - a 13s361
6) P. Gasly - Red Bull - a 19s576
7) K. Magnussen - Haas - a 28s159
8) C. Sainz Jr - McLaren - a 32s342
9) D. Kvyat - Toro Rosso - a 33s056
10) R. Grosjean - Haas - a 34s641

11) A. Albon - Toro Rosso - a 35s445
12) D. Ricciardo - Renault - a 36s758
13) N. Hulkenberg - Renault - a 39s241
14) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 41s803
15) S. Perez - Racing Point - a 46s877
16) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a 47s691
17) G. Russell - Williams - a uma volta
18) R. Kubbica - Williams - a uma volta

19) L. Stroll - Racing Point - não completou
20) L. Norris - McLaren - não completou

Volta mais rápida - L. Hamilton - Mercedes - 1min18s492
Piloto do dia - L. Hamilton - Mercedes

Mundial de Pilotos 2019:
1) L. Hamilton - Mercedes - 112 pontos
2) V. Bottas - Mercedes - 105 pontos
3) M. Verstappen - Red Bull - 66 pontos
4) S. Vettel - Ferrari - 64 pontos
5) C. Leclerc - Ferrari - 57 pontos
6) P. Gasly - Red Bull - 21 pontos
7) K. Magnussen - Haas - 14 pontos
8) S. Perez - Racing Point - 13 pontos
9) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 13 pontos
10) L. Norris - McLaren - 12 pontos
11) C. Sainz Jr - McLaren - 10 pontos
12) D. Ricciardo - Renault - 6 pontos
13) N. Hulkenberg - Renault - 6 pontos
14) L. Stroll - Racing Point - 4 pontos
15) A. Albon - Toro Rosso - 3 pontos
16) D. Kvyat - Toro Rosso - 3 pontos
17) R. Grosjean - Haas - 1 ponto
18) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 0 ponto
19) G. Russell - Williams - 0 ponto
20) R. Kubica - Williams - 0 ponto

Mundial de Construtores 2019:
1) Mercedes - 217 pontos
2) Ferrari - 121 pontos
3) Red Bull - 87 pontos
4) McLaren - 22 pontos
5) Racing Point - 17 pontos
6) Haas - 15 pontos
7) Alfa Romeo - 13 pontos
8) Renault - 12 pontos
9) Toro Rosso - 6 pontos
10) Williams - 0 ponto



Bottas é pole na Espanha

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Valtteri Bottas foi simplesmente espetacular na classificação em Montmeló e conquistou a pole position do GP da Espanha, quinta etapa da temporada na qual o finlandês lidera, com um ponto de vantagem sobre o companheiro Lewis Hamilton. A volta de Bottas no treino oficial foi impressionante, botando mais de meio segundo em Hamilton. Se analisando os tempos de Bottas no Q3, se nota que a volta mais rápida do finlandês não foi um acaso. Na segunda tentativa, ele conseguiu um tempo um pouco acima, que lhe daria a segunda posição no grid de largada.
Na prova em que a Ferrari contava para sua recuperação no campeonato, já que foi a mais rápida na pré-temporada realizada no mesmo circuito, mais uma decepção. Para Vettel, o carro não está suficientemente rápido no terceiro setor da pista. Já Hamilton se resignou com o segundo lugar no grid lembrando que não acertou nenhuma das duas voltas rápidas no Q3. Sem dúvidas, uma surpresa, pois o pentacampeão costuma ser preciso nesses momentos.

Resultado da classificação do GP da Espanha:
1) V. Bottas - Mercedes - 1min15s406
2) L. Hamilton - Mercedes - 1min16s040
3) S. Vettel - Ferrari - 1min16s272
4) M. Verstappen - Red Bull - 1min16s357
5) C. Leclerc - Ferrari - 1min16s588
6) P. Gasly - Red Bull - 1min16s708
7) R. Grosjean - Haas - 1min16s911
8) K. Magnussen - Haas - 1min16s922
9) D. Kvyat - Torro Rosso - 1min17s573
10) D. Ricciardo - Renault - 1min18s106 - perderá 3 posições

11) L. Norris - McLaren
12) A. Albon - Toro Rosso
13) C. Sainz Jr - McLaren
14) K. Raikkonen - Alfa Romeo
15) S. Perez - Racing Point

16) N. Hulkenberg - Renault
17) L. Stroll - Racing Point
18) A. Giovinazzi - Alfa Romeo
19) G. Russel - Williams - perderá 5 posições
20) R. Kubica - Williams



Hamilton acerta, Bottas erra

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Lewis Hamilton, da Mercedes, demonstra estar no caminho certo e chega perto do recorde da pista (que pertence a ele, 1min16s2173) neste terceiro treino livre do GP da Espanha, No entanto, seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, roda no início dos trabalhos e atola o carro de número 77 e perde boa parte do treino.
A classificação está aberta, mas o pentacampeão inglês abre como favorito a pole após abrir meio segundo dos concorrentes.

Resultado do terceiro treino livre:

1) L. Hamilton - Mercedes - 1min16s568
2) C. Leclerc - Ferrari - a 0s531
3) V. Bottas - Mercedes - a 0s555
4) S. Vettel - Ferrari - a 0s604
5) R. Grosjean - Haas - a 0s624
6) K. Magnussen - Haas - a 0s962
7) M. Verstappen - Red Bull - a 0s990
8) A. Albon - Toro Rosso - a 1s296
9) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 1s401
10) C. Sainz Jr - McLaren - a 1s435
11) D. Kvyat - Toro Rosso - a 1s537
12) N. Hulkenberg - Renault - a 1s782
13) S. Perez - Racing Point - a 2s088
14) P. Gasly - Red Bull - a 2s125
15) L. Stroll - Racing Point - a 2s166
16) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a 2s172
17) D. Ricciardo - Renault - a 2s406
18) L. Norris - McLaren - a 2s439
19) G. Russel - Williams - a 2s853
20) R. Kubica - Williams - a 4s002



Bottas mais rápido na Espanha

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Líder do Mundial de Fórmula-1, o finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, foi o mais rápido dos primeiros treinos livres do GP da Espanha, nesta sexta-feira, no circuito de Montmeló, em Barcelona. O inglês Lewis Hamilton, também da Mercedes, foi o segundo, à frente dos pilotos da Ferrari, o monegasco Charles Leclerc e o alemão Sebastian Vettel. Os carros da equipe italiana ficaram três décimos de segundo atrás da rival Mercedes. Bottas comandou os dois treinos livres em Montmeló, enquanto Hamilton ficou na quarta posição na primeira sessão, pela manhã na Espanha.
O segundo piloto da Mercedes lidera o Mundial, com 87 pontos, seguido por Hamilton, com 86, e por Vettel, com 52. Neste sábado, o terceiro treino livre se inicia às 7h (nosso horário), a classificação, às 10h, e a corrida, no domingo, às 10h10min, com transmissão ao vivo pela Globo.

Segunda sessão:
1  Bottas, Mercedes, 1:17:284
2  Hamilton, Mercedes, a 0:049
3  Leclerc, Ferrari, a 0:301
4  Vettel, Ferrari, a 0:389
5  Verstappen, Red Bull, a 0751
6  Grosjean, Haas, 0:869
7  Gasly, Red Bull, a 0:954
8  Magnussen, Haas, a 1:071
9  Sainz Jr., McLaren, a 1:374
10 Kvyat, Toro Rosso, a 1:438
11 Raikkonen, Alfa Romeo, a 1:443
12 Albon, Toro Rosso, a 1:495
13 Stroll, Racing Point, a 1:555
14 Hulkenberg, Renault, a 1:577
15 Ricciardo, Renault, a 1:650
16 Norris, McLaren, a 1:757
17 Giovinazzi, Alfa Romeo, a 2:143
18 Perez, Racing Point, a 2:164
19 Russell, Williams, a 2:907
20 Kubica, Williams, a 3:497



Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal