O gigante Ricciardo ganha na China - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

O gigante Ricciardo ganha na China

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·





Daniel Ricciardo, da Red Bull, venceu de forma brilhante o GP da China, terceira etapa da temporada, disputada na madrugada deste domingo, para nós aqui no Brasil. A atuação do australiano foi magnífica em uma corrida emocionante, cheia de alternativas. Ao mesmo tempo, Ricciardo deu uma aula em seu companheiro Max Verstappen, este, com todas as letras, um patife. O atabalhoado piloto holandês bateu em Lewis Hamilton na prova anterior, quase provocou outro acidente com o inglês da Mercedes em Xangai e acabou agora com a corrida de Sebastian Vettel, ao bater no tetracampeão e ainda líder do campeonato em uma manobra desastrada no terço final da prova, no grampo após a grande reta oposta. Inexplicavelmente, o cara aprontou tudo isso e recebeu da direção de prova apenas uma punição de 10 segundos. Com o carro avariado, Vettel se arrastou pela pista e terminou em oitavo.
Mas por que as Red Bull estavam enfiadas no meio de Ferrari e Mercedes na metade da corrida? Por causa da entrada do safety car, por conta de uma batida entre os carros da Toro Rosso. A equipe austríaca foi mais esperta e trocou os pneus de seus pilotos na mesma volta. Graças a isto, Ricciardo e Verstappen puderam brigar pelas primeiras colocações depois. Bem antes, a Ferrari chupou bala ao chamar o pole Vettel para troca de pneus muito tarde, fazendo com que Bottas pudesse descontar a diferença para o líder e superá-lo depois do pit stop do piloto da Ferrari. Quando Verstappen se chocou com a Ferrari, os dois disputavam a terceira posição, atrás de Bottas. A escalada espetacular de Ricciardo já havia acontecido, com ultrapassagens feitas todas na pista do australiano que provavelmente deve ocupar o lugar de Bottas na próxima temporada.
Depois da bandeirada, a transmissão da TV flagrou uma conversa entre Vettel e Verstappen. O holandês pediu desculpas para o tetracampeão, que aceitou e ainda deu um tapinha nas costas do piloto da Red Bull.
A diferença de Vettel para Hamilton, que fez uma prova protocolar em Xangai, diminuiu de 17 para nove pontos. A próxima etapa é no Azerbaijão, daqui a duas semanas.

Resultado final do GP da China:
1) D. Ricciardo – Red Bull – 1h35min36s380
2) V. Bottas – Mercedes – a 8s894
3) K. Raikkonen – Ferrari – a 9s637

4) L. Hamilton – Mercedes – a 16s985
5) M. Verstappen – Red Bull – a 20s436 – 10s acrescido por punição
6) N. Hulkenberg – Renault – a 21s052
7) F. Alonso – McLaren – a 30s639
8) S. Vettel – Ferrari – a 35s286
9) C. Sainz Jr –Renault – a 35s763
10) K. Magnussen – Haas – a 39s594

11) E. Ocon – Force India – a 44s050
12) S. Perez – Force India – a 44s725
13) S. Vandoorne – McLaren – a 49s373
14) L. Stroll – Williams – a 55s490
15) S. Sirotkin – Williams – a 58s241
16) M. Ericsson – Sauber – a 1min02s604
17) R. Grosjean – Haas – a 1min05s296
18) P. Gasly – Toro Rosso – a 1min06s330 – 10s acrescido por punição
19) C. Leclerc – Sauber – a 1min22s575

20) B. Hartley – Toro Rosso – não completou

Melhor volta – D. Ricciardo – Red Bull – 1min35s785

Classificação do Mundial de Pilotos:
1) S. Vettel – Ferrari – 54 pontos
2) L. Hamilton – Mercedes – 45 pontos
3) V. Bottas – Mercedes – 40 pontos
4) D. Ricciardo – Red Bull – 37 pontos
5) K. Raikkonen – Ferrari – 30 pontos
6) F. Alonso – McLaren – 22 pontos
7) N. Hulkenberg – Renault – 22 pontos
8) M. Verstappen – Red Bull – 18 pontos
9) P. Gasly – Toro Rosso – 12 pontos
10) K. Magnussen – Haas – 11 pontos
11) S. Vandoorner – McLaren – 6 pontos
12) C. Sainz Jr – Renault – 3 pontos
13) M. Ericsson – Sauber – 2 pontos
14) E. Ocon – Force India – 1 pontos
15) S. Perez – Force India – 0 ponto
16) C. Leclerc – Sauber – 0 ponto
17) L. Stroll – Williams – 0 ponto
18) B. Hartley – Toro Rosso – 0 ponto
19) R. Grosjean – Haas – 0 ponto
20) S. Sirotkin – Williams – 0 ponto



3 comentários
Média dos votos: 135.0/5
Daniel Dias
2018-04-21 17:51:56
Pois é, mas se o Vettel abrisse para o maluco passar, o maluco continuaria fazendo isso, que é usar o carro do outro para frear e fazer a curva. Acho que o certo seria puni-lo com profundidade, tipo desclassificação e suspensão da próxima prova.
Francisco Cavalin
2018-04-15 15:19:49
Daniel. F1 está virando futebol. O melhor nem sempre ganha. Estratégias fortuitas estão definindo as corridas devido a golpes de sorte em safe-cars pontuais. Mas pelo menos deu um UP na corrida. A diferença entre Riccardo e Verstappen é abissal, mas, peço venia (rsrsrsrsrs), o Vettel não sabe quem é o Verstappen? Não sabe que ele não tem nada a perder? Não estou colocando o toque deles na culpa do Vettel, mas o Verstappen é louco e todos sabem disso, não?
Luiz Carlos Herrera
2018-04-15 11:11:15
Baita prova, pouca punição para o maluco holandês

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal