Ferrari de bordô no milésimo GP - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Ferrari de bordô no milésimo GP

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Única equipe a participar de todas as setenta temporadas da Fórmula-1, a Ferrari faz seu milésimo GP na categoria neste fim de semana, justamente em Mugello, circuito de propriedade da escuderia italiana. Nesta quarta-feira, o site oficial da F-1 revelou que os carros de Sebastian Vettel e Charles Leclerc correrão em Mugello pintados de bordô. Mas, por que o bordô – ou vinho? Piero Ferrari, um dos filhos de Enzo Ferrari e vice-presidente da empresa italiana, diz o motivo:
- O milésimo Grand Prix da Scuderia Ferrari é um marco muito importante, portanto, deve ser marcado de uma maneira especial. É por isso que decidimos fazer uma pintura única nos carros para esse evento, com os SF1000 levando para o pista no circuito de Mugello na cor da Borgonha, vista pela primeira vez no 125S, o primeiro carro a levar o nome Ferrari.
E por que a Ferrari usa o vermelho nas pistas? Essa não é a cor oficial da escuderia. As cores oficiais são o amarelo e o preto, vistas no emblema da equipe. O vermelho era a cor reservada para a Itália nos tempos em que as equipes ainda não tinham patrocinadores. A Alfa Romeo, a primeira campeã, em 1950, com o italiano Nino Farina, também usava o vermelho. Até a década de 60, por exemplo, o verde era a cor das equipes inglesas, o azul, das francesas, e o branco, das alemães. E aí vale uma curiosidade muito legal do porquê a Mercedes ter ficado marcada como a Flecha de Prata, cor usada até hoje, com exceção deste ano, quando a equipe decidiu correr de preto por causa do movimento anti-racismo capitaneado pelo hexaheptacampeão Lewis Hamilton. Nos primórdios dos GPs, um engenheiro da Mercedes pediu para raspar a tinta branca dos carros, para aliviar o peso. Com isso, os bólidos ficaram com o cinza do alumínio usado na carroceria. Deu certo e a equipe decidiu adotar a cor como sua.
Embora a péssima fase por que passa a Ferrari, ninguém olhará a corrida de domingo sem sentir uma emoção muito grande.



Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal