10/2017 - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Os motores de 2021 da F-1

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Capitaneada pelo inglês Ross Brawn, vice-presidente executivo da nova Fórmula-1, uma reunião nesta terça-feira em Paris definiu os novos motores da categoria, a serem utilizados a partir de 2021, com custo reduzido e aumento do ruído, para atrair mais fabricantes e conquistar mais fãs.
- Nós escutamos atentamente o que os fãs pensam sobre as unidades de potências atuais e o que eles gostariam de ver em um futuro próximo, com o objetivo de definir um conjunto de regulamentos que proporcionem um powertrain mais simples, mais barato e mais ruidoso – disse Brawn. - A nova F1 tem como objetivo ser a principal competição mundial de esportes casada com tecnologia de ponta, para excitar, engajar e admirar os fãs de todas as idades, mas de forma sustentável. Acreditamos que a futura unidade alcançará isto.
Os novos motores não terão um biturbo, como estava sendo anunciado. Serão um V6 com turbo único e retirada da MGU-H, o gerador de energia do propulsor. Para as viúvas do zunido agudo e maravilhoso dos antigos motores aspirados, como eu, uma esperança. As novas unidades terão aumento das rotações em 3.000 rpm, atualmente em 15.000, passando para 18.000 rotações por minuto, como era nos aspirados. Vamos ver na prática se aquele berro característico dos aspirados volta, pelo menos parecido.
Com a promessa de simplificar e reduzir os custos dos motores, a Porsche e a Aston Martin, além da McLaren construir seu próprio propulsor, já manifestaram interesse de começarem a produzir suas máquinas.



O Bolão depois do México

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

O Gabriel, campeão de 2016, acreditou no Max Verstappen e venceu a etapa do Hermanos Rodriguez ao lado do menino holandês serelepe. E o cara já é o segundo na classificação geral, atrás do líder Maurício. Temos duas provas pela frente, com a disputa entre o Sebastian Vettel e o Valtteri Bottas pelo vice da temporada. Aqui, a parada é pelo título.
Tao logo se encerrou o GP do México, o Vettel cumprimentou o novo tetra Lewis Hamilton. E assim que deve ser.

Parâmetros utilizados no México:
Pole: VETTEL
Segundo do grid: VERSTAPPEN
Vencedor: VERSTAPPEN
Equipe com mais pontos na etapa: FERRARI
Quantos primeiros pilotos chegam à frente do companheiro na etapa (são os primeiros pilotos: Hamilton - Mercedes, Vettel - Ferrari, Ricciardo - Red Bull, Massa - Williams, Hulkenberg - Renault, Alonso - McLaren, Perez - Force Índia, Sainz Jr. - Toro Rosso, Grosjean - Haas e Ericsson - Sauber: 2
Segundo colocado da prova: BOTTAS
Terceiro colocado da prova: RAIKKONEN
Quarto colocado da prova: VETTEL
Quinto colocado da prova: OCON
Décimo colocado na prova: ALONSO
Piloto com mais voltas na liderança: VERSTAPPEN
Volta mais rápida da prova: VETTEL
Último colocado da prova (segundo a cronometragem oficial da FIA): RICCIARDO
Quantas vezes o safety car entrará na pista na corrida: 0

México:
1) Gabriel Dias - 32 pontos
2) Romário Braga - 22 pontos
3) André Borges - 20 pontos
3) Luiz Carlos Herrera - 20 pontos
5) Eduardo Saraiva - 10 pontos
5) Maurício Dias - 10 pontos
5) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 10 pontos
8) Daniel Dias - 5 pontos
8) Daniel Cardoso - 5 pontos
8) Mauro - 5 pontos
11) Natanael Felipe Rhoden - 2 pontos
11) Pedro Henrique - 2 pontos
11) Luis Mauro Gonçalves Rosa - 2 pontos
14) Francisco Cavalin - 0 ponto
14) Eduardo Parise - 0 ponto
14) Marcelo Farias Pereira - 0 ponto
14) Guilherme Vieira - 0 ponto
14) Marcelo Antonio Vieira - 0 ponto
14) Ernani Leonel Dias Müzell - 0 ponto

Total:
1) Maurício Dias - 828 pontos
2) Gabriel Dias - 767 pontos
3) Daniel Dias - 752 pontos
4) Pedro Henrique - 748 pontos
5) Francisco Cavalin - 739 pontos
6) Daniel Cardoso - 687 pontos
7) Natanael Felipe Rhoden - 650 pontos
8) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 645 pontos
9) Luiz Carlos Herrera - 634 pontos
10) Eduardo Parise - 631 pontos
11) Mauro - 586 pontos
12) Eduardo Saraiva - 576 pontos
13) Luis Mauro Gonçalves Rosa - 560 pontos
14) Guilherme Vieira - 559 pontos
15) André Borges - 541 pontos
16) Marcelo Farias Pereira - 424 pontos
17) Marcelo Antonio Vieira - 322 pontos
18) Romário Braga - 181 pontos
19) Ernani Leonel Dias Müzell - 20 pontos



Hamilton tetracampeão

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Lewis Hamilton confirmou neste domingo o que todo mundo já esperava, chegando ao seu quarto título na Fórmula-1 e se igualando a Sebastian Vettel e a Alain Prost. Aos 32 anos, o inglês da Mercedes põe em definitivo seu nome na galeria dos maiores pilotos da história.
A decisão do GP do México aconteceu na largada entre os três protagonistas da antepenúltima etapa do Mundial. Pole, Vettel partiu na frente, mas Max Verstappen, o vencedor da corrida, pegou o vácuo da Ferrari na longa reta do Hermanos Rodriguez e passou na freada da Curva 1. Os dois se bateram e Hamilton ultrapassou também o alemão. Na sequência se curvas, Vettel tocou na roda traseira de Hamilton, furando o pneu do agora tetracampeão.
Verstappen foi embora em primeiro, com Vettel e Hamilton parando nos boxes, para troca do bico da Ferrari e substituir os pneus da Mercedes. Com os dois rivais do ano caindo para as últimas posições e Verstappen sumindo na frente, a confirmação do título para Hamilton virou apenas uma questão de tempo, pois Vettel teria de subir para segundo lugar para evitar o título do inglês já neste domingo.
Vettel fez uma prova brilhante de recuperação e completou em quarto, enquanto Hamilton subiu para nono. Durante a subida de Vettel, pode-se ver o lamentável ocaso da carreira de Felipe Massa. Quando o piloto da Ferrari foi para fazer a ultrapassagem sobre a Williams, o veterano brasileiro atirou seu carro acintosamente sobre o de Vettel, inclusive desviando o volante contra a Ferrari.
Numa boa, Massa, vai pra casa, vai! Você não tem mais nada para fazer na F-1, a não ser coisas do tipo que você fez neste domingo, manchando a trajetória na categoria de um país que tem Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna.
Mas vamos falar de coisas boas. Na festa do tetra de Hamilton, mais uma demonstração de que a melhor coisa para a F-1 foi os norte-americanos terem assumido o circo. Como o campeão não estava no pódio da prova, a celebração do título foi feita antes do pódio. Hamilton parou sua Mercedes junto aos carros dos três primeiros colocados, no estádio do Hermanos Rodriguez, bem junto ao público, e foi recebido para entrevistas por David Coulthard. Complemente emocionado, Hamilton disse que existem vários povos que adoram a F-1, mas não quanto os mexicanos, sendo ovacionado pelos torcedores. Depois, o novo tetra saiu correndo no meio da multidão enrolado na bandeira britânica rumo aos boxes da Mercedes.
Parabéns, Lewis! Você já é um dos grandes da história.



Resultado do GP do México

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

1) M. Verstappen – Red Bull – 1h36min26s552
2) V. Bottas – Mercedes – a 19s678
3) K. Raikkonen – Ferrari – a 54s007

4) S. Vettel – Ferrari – a 1min10s078
5) E. Ocon – Force India – a uma volta
6) L. Stroll – Williams – a uma volta
7) S. Perez – Force India – a uma volta
8) K. Magnussen – Haas – a uma volta
9) L. Hamilton – Mercedes – a uma volta
10) F. Alonso – McLaren – a uma volta

11) F. Massa – Williams – a uma volta
12) S. Vandoorne – McLare – a uma volta
13) P. Gasly – Toro Rosso – a uma volta
14) P. Wehrlein – Sauber – a duas voltas
15) R. Grosjean – Haas – a duas voltas

16) C. Sainz Jr – Renault – não completou
17) M. Ericsson – Sauber – não completou
18) B. Hartley – Toro Rosso – não completou
19) N. Hulkenberg – Renault – não completou
20) D. Ricciardo – Red Bull – não completou

Volta mais rápida – S. Vettel – Ferrari – 1min18s785



Classificação para o GP do México

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

1) S. Vettel – Ferrari – 1min16s488
2) M. Verstappen – Red Bull – 1min16s574
3) L. Hamilton – Mercedes – 1min16s934
4) V. Bottas – Mercedes – 1min16s958
5) K. Raikkonen – Ferrari – 1min17s238
6) E. Ocon – Force India – 1min17s437
7) D. Ricciardo – Red Bull – 1min17s447
8) N. Hulkenberg – Renault – 1min17s466
9) C. Sainz Jr – Renault – 1min17s794
10) S. Perez – Force India – 1min17s807

11) F. Massa – Williams
12) L. Stroll – Williams
13) B. Hartley – Toro Rosso
14) F. Alonso – McLaren
15) S. Vandoorne – McLaren

16) M. Ericsson – Sauber
17) P. Wehrlein – Sauber
18) K. Magnussen – Haas
19) R. Grosjean – Haas
20) P. Galsy – Toro Rosso – não classificou



Resultado do treino livre 3 para o GP do México

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

1) M. Verstappen – Red Bull – 1min17s113
2) L. Hamilton – Mercedes – a 0s075
3) S. Vettel – Ferrari – a 0s117
4) V. Bottas – Mercedes – a 0s170
5) D. Ricciardo – Red Bull – a 0s248
6) K. Raikkonen – Ferrari – a 0s404
7) S. Perez – Force India – a 0s927
8) E. Ocon – Force India – a 1s052
9) C. Sainz Jr – Renault – a 1s095
10) N. Hulkenberg – Renault – a 1s267
11) B. Hartley – Toro Rosso – a 1s489
12) F. Massa – Williams – a 1s577
13) L. Stroll – Williams – a 1s953
14) K. Magnussen – Haas – a 2s092
15) M. Ericsson – Sauber – a 2s218
16) F. Alonso – McLaren – a 2s452
17) R. Grosjean – Haas – a 2s473
18) P. Wehrlei – Sauber – a 2s713
19) S. Vandoorne – McLaren – a 2s917
20) P. Gasly – Toro Rosso – sem tempo



Ricciardo lidera no México

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Lewis Hamilton, que será campeão no domingo com um quinto lugar, ficou em segundo nesta sexta-feira nas duas sessões livres do GP do México, antepenúltima etapa da temporada. Pela manhã no circuito Hermanos Rodriguez, o inglês da Mercedes ficou atrás do companheiro Valtteri Bottas, único piloto que teve um tempo pior à tarde. No segundo treino, Hamilton ficou atrás de Daniel Ricciardo, da Red Bull, o mais rápido do dia. Max Verstappen veio logo em seguida.
Sebastian Vettel terminou em quinto pela manhã e em quarto à tarde. Fernando Alonso foi o melhor piloto do dia fora das três principais equipes da temporada - Mercedes, Ferrari e Red Bull. Aliás, as diferenças que separaram os seis mais rápidos à tarde foi ínfima.
A prova de domingo terá a narração inédita de Galvão Bueno em uma corrida da F-1 no canal por assinatura SporTV. Como Hamilton deve chegar ao título nesta prova, Galvão poderá reeditar seu "é tetra!", que ficou consagrado quando do título da Seleção Brasileira em 94 nos EUA.

1. Ricciardo, Red Bull, 1:17:801
2. Hamilton, Mercedes, 1:17:932
3. Verstappen, Red Bull, 1:17:964
4. Vettel, Ferrari, 1:18:051
5. Raikkonen, Ferrari, 1:18:142
6. Bottas, Mercedes, 1:18:299
7. Alonso, McLaren, 1:18:508
8. Perez, Force Índia, 1:18:728
9. Hulkenberg, Renault, 1:18:775
10. Ocon, Force Índia, 1:18:822
11. Sainz Jr., Renault, 1:19:060
12. Massa, Williams, 1:19:206
13. Hartley, Toro Rosso, 1:19:423
14. Stroll, Williams, 1:19:524
15. Vandoorne, McLaren, 1:19:844
16. Wehrlein, Sauber, 1:20:306
17. Magnussen, Haas, 1:20:318
18. Ericsson, Sauber, 1:20:362
19. Gasly, Toro Rosso, 1:21:745
20. Grosjean, Haas, 1:25:526



Hamilton aconselha Verstappen

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

O Estádio localizado na parte final do circuito Hermanos Rodrigues, no México, provavelmente assistirá à coroação de Lewis Hamilton no próximo domingo como o campeão da temporada. No local, está instalado também o pódio, o que marca uma grande festa bem junto ao público mexicano, apaixonado por automobilismo.
Nesta quinta, Hamilton, acompanhado sempre de perto por sua mãe, Carmen, desde o GP dos EUA, demonstrou extrema tranquilidade ao falar de sua grande chance para assegurar o campeonato já no México, pois precisa terminar apenas na quinta posição.
O inglês de 32 anos comentou ainda sobre as constantes polêmicas envolvendo Max Verstappen, de 19 anos. Na corrida do Circuito das Américas, o holandês da Red Bull foi punido por ter ultrapassado Kimi Raikkonen por fora da pista na última volta. Depois, Verstappen ofendeu duramente o comissário responsável pela punição.
- Acho que o Max está fazendo as mesmas bobagens que todos nós fizemos aos 18 anos – disse Hamilton. – Provavelmente, ele mudará quando for mais velho. Mas deve reconhecer seus erros, se não, não vai amadurecer.



O Max é um idiota!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Max Verstappen chamou o comissário dos EUA que o puniu com a perda da terceira colocação na prova de domingo – na qual ultrapassou o Kimi Raikkonen na última volta por fora da pista - de imbecil e mongol. Depois, como de costume, voltou atrás se desculpando. O holandês já tinha usado de discriminação contra o povo brasileiro quando de um incidente nos treinos do GP do Bahrein deste ano com Felipe Massa.
Usar o termo mongol pode ser, na escrita literal, uma ofensa contra os mongois, povo habitante das estepes da Ásia Central ou relacionado à palavra fora de moda mongolóide, utilizada para quem tem a Sídrome de Down. De qualquer forma, é uma idiotice do Verstappen.
Piloto fora de série, o maior talento surgido na F-1 na segunda década deste século, o Max Verstappen é um idiota. E uso o termo na acepção da palavra: "um sujeito sem inteligência, discernimento ou bom senso. Tolo, estúpido, que diz tolices ou coisas sem nexo".
Nunca tinha visto um cara tão fora da casinha na F-1 quanto este holandês, genial ao volante. Só ao volante.



A mágoa de Hamilton

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Falando para a imprensa britânica, já no México, Lewis Hamilton deixou escapar uma mágoa por a Ferrari não ter manifestado um mínimo de interesse por seu passe. Recentemente, a equipe italiana acabou com qualquer possibilidade de levar o inglês da Mercedes para Maranello ao renovar com Sebastian Vettel por mais três anos.
- Quero que o Vettel e a Ferrari sofram bastante conosco nos próximos três anos – disse o quase tetracampeão. – Mas adoro aquele carro vermelho, e tenho um frenesi toda a vez que o vejo. Qualquer um de nós da F-1 gostaria de pilotar uma Ferrari. No entanto, estou ao lado de quem sempre quis que eu estivesse lá, a Mercedes. Estou feliz.
Hamilton fez questão de lembrar que não tem nenhum problema pessoal ou de pista com Vettel. Até o incidente de Baku, no qual os dois trocaram insultos durante a corrida, ficou para trás:
- O Sebastian é um oponente muito leal, além de gostar dele como pessoa. Mas, repito, quero que ele sofra comigo e com a Mercedes nas próximas temporadas.



Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal