08/2020 - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Quem vence no GP dos 70 Anos da F-1?

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


E aí, amantes dos autinhos, já vamos então para a quinta etapa, aquela que marca o septuagésimo ano da Fórmula-1, que teve sua primeira prova disputada em 1950 no mesmo Silverstone. Quem terá a honra de chegar em primeiro nessa data marcante? O primeiro foi o italiano Nino Farina, campeão também naquele distante ano.
As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação no sábado. Boa sorte!  

Itens para Silverstone:
Pole: sobrenome do piloto - 5 pontos
Vencedor: sobrenome do piloto - 25 pontos
Segundo: sobrenome do piloto – 20 pontos
Terceiro: sobrenome do piloto – 15 pontos
Quarto: sobrenome do piloto – 10 pontos
Quinto: sobrenome do piloto – 5 pontos
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  15 pontos
Melhor volta da prova: 5 pontos
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, nos dois da Inglaterra, só poderia envolver o Lewis Hamilton. No segundo, óbvio, quero saber se o Hamilton vence mais uma vez. Sim ou não?
Gabaritar os cinco primeiros colocados da prova: 15 pontos
Acertar os cinco primeiros da prova fora de ordem: 5 pontos

Para acompanhar ao vivo todos os lances do GP dos 70 Anos:
Sexta-feira: primeiro treino livre, 7h, segundo treino livre, 11h, ambos pelo SporTV.
Sábado: terceiro treino livre, 7h, classificação, 10h, ambos pelo SporTV.
Domingo: 10h10min, corrida, pela Globo.



Lewverstone

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·

Lewis Hamilton chegou a sua sétima vitória em Silverstone na F-1. No início dos anos 80, pelas seguidas vitórias de Ayrton Senna em Silverstone na F-3 Inglesa, nós ingleses rebatizamos o circuito de “Silvastone”, por causa do último sobrenome do tricampeão. Quem sabe agora rebatizamos de “Lewverstone”?
Michael Schumacher com oito vitórias na França e Hamilton com oito na Hungria são os maiores vencedores de um GP. Alguém duvida que o inglês bata mais este recorde em casa? A oitava já deve vir no próximo domingo.



O Bolão depois da Inglaterra

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


O Maurício foi o grande vencedor do GP da Inglaterra, ao lado de Lewis Hamilton, o homem que cruzou a linha de chegada com apenas três rodas. Todos os participantes do Bolão estão de parabéns, porque a pontuação foi alta pra todo mundo. Com isso, infelizmente mantive a ponta da tabela de pontuação, mas eu diria que por muito pouco tempo, já que a diferença do líder e os décimos colocados é de somente 50 pontos. Na verdade, tá todo mundo na briga, briga essa de cachorro grande.
E não dá pra descansar, já na próxima semana tem a quinta etapa da Fórmula-1, na mesma pista, com o GP dos 70 Anos da Fórmula-1. O drama dos pneus no final da prova deste domingo não deve se repetir na próxima semana, pois a troca nessa corrida foi adiantada devido à porrada do inconsequente Daniil Kyviat no começo da corrida, com o pneus tendo de aguentar quase toda a prova. E não aguentaram.
O Hamilton disse depois da prova deste domingo que estava poupando pneus, ao contrário do Valtteri Bottas, que acabou com seus antes do tempo. Por isso, para ele, foi uma surpresa o seu estouro de pneu na metade da última volta. Porém, carreras são carreras, como dizia o Fangio, e a corrida só termina na bandeirada. A prova deste domingo serviu de teste de pneus para a etapa do dia 9, Dia dos Pais.

Parâmetros utilizados no GP da Inglaterra:
Pole: HAMILTON
Vencedor: HAMILTON
Segundo: VERSTAPPEN
Terceiro: LECLERC
Quarto: RICCIARDO
Quinto: NORRIS
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: RAIKKONEN
Melhor volta da prova: VERSTAPPEN
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, nos dois da Inglaterra, só poderia envolver o Lewis Hamilton. No primeiro, o desta semana, quero saber se ele faz a pole position. Facinho, facinho! Sim ou não? SIM

Inglaterra:
1) Maurício Dias - 65 pontos
2) Luiz Herrera - 60 pontos
2) Eduardo Saraiva - 60 pontos
4) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 45 pontos
4) Marcelo Vieira - 45 pontos
6) Marcelo Pereira - 40 pontos
6) Natanael Felipe Rhoden - 40 pontos
6) Francisco Cavalin - 40 pontos
6) Gabriel Dias - 40 pontos
6) Tiago Reimann - 40 pontos
6) Pedro Henrique - 40 pontos
6) Ismael Reicherd - 40 pontos
6) Daniel Dias - 40 pontos
6) Daniel Cardoso - 40 pontos
6) Mauro - 40 pontos
6) André Borges - 40 pontos

Total:
1) Daniel Dias - 225 pontos
2) Maurício Dias - 220 pontos
2) André Borges - 220 pontos
4) Ismael Reicherd - 215 pontos
5) Daniel Cardoso - 210 pontos
6) Luiz Herrera - 190 pontos
7) Eduardo Saraiva - 180 pontos
7) Francisco Cavalin - 180 pontos
9) Gabriel Dias - 175 pontos
9) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 175 pontos
9) Natanael Felipe Rhoden - 175 pontos
12) Marcelo Vieira - 135 pontos
12) Mauro - 135 pontos
14) Tiago Reimann - 125 pontos
15) Pedro Henrique - 105 pontos
16) Marcelo Pereira - 95 pontos



Hamilton vence em Silverstone. No drama!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·



Após brilhar no treino de classificação, o hexa/heptacampeão Lewis Hamilton decidiu tudo na largada e deixou o companheiro de Mercedes Valtteri Bottas para trás, conquistando sua terceira vitória no ano em quatro etapas e abriu na liderança do Mundial de Fórmula-1. Porém, teve drama! E muito! No final, Bottas teve o pneu esquerdo dianteiro estourado e foi parar fora da zona de pontuação. Mas aconteceriam mais coisas. Com Bottas parando para trocar pneus, Max Verstappen assumiu tranquilamente a segunda posição e parou nos boxes para colocar pneus novos e buscar a melhor volta da corrida. Aí veio o grande erro da Mercedes. Como o carro de Bottas deu o recado poucas voltas antes, a equipe deveria ter chamado o Hamilton para colocar pneus novos. Para buscar a melhor volta? Não! Porque o Verstappen tinha parado e, se o inglês tivesse parado, não teria passado pelo sufoco final. O pneu que estourou nas duas Mercedes foi o mesmo (o dianteiro esquerdo), aquele que mais apoia em Silverstone, porque a maioria das curvas é para a direita. No entanto, como a sorte está no lado dos melhores, era a metade da última volta, e Hamilton pode levar o carro até a bandeirada com o pneu furado e cruzar a linha poucos metros à frente de Verstappen.
Ou seja, se o Verstappen não tivesse parado, teria vencido o GP da Inglaterra. Todavia, isso não pode ser creditado como um erro da Red Bull, que buscava apenas o ponto extra da volta mais rápida. O que conseguiu! Com pouco tempo para tomar uma decisão, a Red Bull não pensou que o Hamilton também poderia enfrentar problemas com os pneus. A Mercedes, sim, errou em não ter chamado o Hamilton, mas isso já é história contada.
Com mais uma vitória, Hamilton está agora a quatro das 91 de Michael Schumacher e cinco de ser o maior de todos também em números. Meu compatriota inglês abre agora 30 pontos à frente do companheiro Bottas, que vê Verstappen somente seis atrás. Como a corrida da próxima semana será também em Silverstone, o GP dos 70 Anos da Fórmula-1, a diferença na liderança só tende a crescer. Aliás, tenderia a crescer em qualquer circuito, pois Hamilton habita outro planeta, ou talvez o Olimpo.
Só para acrescentar e puxar o peixe pra minha brasa, o segundo nome da temporada é também inglês, o ótimo Lando Norris, o quarto colocado da temporada e quinto na prova deste domingo.
Good sunday for all!

Resultado final:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1h28min01s283
2) M. Verstappen - Red Bull - a 5s856
3) C. Leclerc - Ferrari - a 18s474

4) D. Ricciardo - Renault - a 19s560
5) L. Norris - McLaren - a 22s277
6) E. Ocon - Renault - a 26s937
7) P. Gasly - Alpha Tauri - a 31s188
8) A. Albon - Red Bull - a 32s670
9) L. Stroll - Racing Point - a 37s311
10) S. Vettel - Ferrari - a 41s857

11) V.Bottas - Mercedes - a 42s167
12) G. Russell - Williams - a 52s004
13) C. Sainz Jr - McLaren - a 53s370
14) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a 54s205
15) N. Latifi - Williams - 54s549
16) R. Grosjean - Haas - a 55s050
17) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a uma volta

18) D. Kvyat - Alpha Tauri - não completou
19) K. Magnussen - Haas - não completou
20) N. Hulkenberg - Racing Poit - não largou

Volta mais rápida - Max Verstappen - Red Bull - 1min27s097

Mundial de Pilotos 2020:
1) L. Hamilton - Mercedes - 88 pontos
2) V. Bottas - Mercedes - 58 pontos
3) M. Verstappen - Red Bull - 52 pontos
4) L. Norris - McLaren - 36 pontos
5) C. Leclerc - Ferrari - 33 pontos
6) A. Albon - Red Bull - 26 pontos
7) S. Perez - Racing Point - 22 pontos
8) L. Stroll - Racing Point - 20 pontos
9) D. Ricciardo - Renault - 20 pontos
10) C. Sainz Jr - McLaren - 15 pontos
11) E. Ocon - Renault - 12 pontos
12) P. Gasly - Alpha Tauri - 12 pontos
13) S. Vettel - Ferrari - 10 pontos
14) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 2 pontos
15) D. Kvyat - ALpha Tauri - 1 ponto
16) K. Magnussen - Haas - 1 ponto
17) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 0 ponto
18) G. Russell - Williams - 0 ponto
19) N. Latifi - Williams - 0 ponto
20) R. Grosjean - Haas - 0 ponto

Mundial de Construtores:
1) Mercedes - 146 pontos
2) Red Bull - 78 pontos
3) McLaren - 51 pontos
4) Ferrari - 43 pontos
5) Racing Point - 42 pontos
6) Renault - 32 pontos
7) Alpha Tauri - 13 pontos
8) Alfa Romeo - 2 pontos
9) Haas - 1 ponto
10) Williams - 0 ponto



Hamilton é pole na Inglaterra

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Na hora pra valer, Lewis Hamilton botou a faca entre os dentes e conquistou a pole position da quarta etapa da temporada da Fórmula-1, em casa, em Silverstone. Pole no ano passado na mesma pista, Valtteri Bottas teve de se contentar com a segunda colocação no grid. Como os dois pilotos fizeram seus tempos no Q2 com pneus macios, os dois favoritos para a vitória no domingo terão a mesma tática de corrida.
- Cometi um erro no Q2, mas respirei fundo e coloquei a cabeça no lugar para o Q3. Depois, fiz uma primeira volta toda certa e uma melhor ainda na segunda. A única coisa triste aqui é ver essas arquibancadas vazias, sem os fãs, mas eles devem estar contentes com a pole – disse Hamilton.
Naturalmente, Max Verstappen fez a terceira marca, mas mais de um segundo atrás de Hamilton. Na McLaren, Lando Norris levou vantagem sobre o companheiro Carlos Sainz Jr, enquanto na Ferrari Charles Leclerc ficou à frente de Sebastian Vettel.
A corrida neste domingo está prevista para as 10h10min, com transmissão ao vivo pela Globo.

Resultado da Classificação:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1min24s303
2) V. Bottas - Mercedes - a 0s313
3) M. Verstappen - Red Bull - a 1s022
4) C. Leclerc - Ferrari - a 1s124
5) L. Norris - McLaren - a 1s479
6) L. Stroll - Racing Point - a 1s536
7) C. Sainz Jr - McLaren - a 1s662
8) D. Ricciardo - Renault - a 1s706
9) E. Ocon - Renault - a 1s906
10) S. Vettel - Ferrari - 2s036

11) P. Gasly - Alpha Tauri
12) A. Albon - Red Bull
13) N. Hulkenberg - Racing Point
14) D. Kvyat - Alpha Tauri
15) G. Russell - Williams

16) K. Magnussen - Haas
17) A. Giovinazzi - Alfa Romeo
18) K. Raikkonen - Alfa Romeo
19) R. Grosjean - Haas
20) N. Latifi - Williams



Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal