11/2020 - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Quem vence o GP de Sakhir?

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


E aí, amantes dos autinhos, vamos para a penúltima etapa da temporada? Será no anel externo do circuito de Sakhir, novamente no Bahrein. O tempo de volta certamente será abaixo de um minuto, pois o traçado une três grandes retas com uma sequência se Esses na “ponta de cima” do diagrama da pista. Será pé embaixo quase todo o tempo.
A principal informação da prova, e que atinge diretamente o nosso Bolão, é a ausência de Lewis Hamilton, que testou positivo no coronavírus, além de Pietro Fittipaldi no lugar do Romain Grosjean na Haas. Ainda não se sabe quem substituirá o heptacampeão (que deve voltar somente em 2021) na Mercedes. Pode ser o Stoffel Vandoorne (piloto reserva da equipe), o Nico Hulkenberg ou o George Russell (da Williams e piloto contratado da Mercedes).
As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação no sábado. Boa sorte!  

Itens para o Sakhir anel externo:
Pole: sobrenome do piloto - 5 pontos
Vencedor: sobrenome do piloto - 25 pontos
Segundo: sobrenome do piloto – 20 pontos
Terceiro: sobrenome do piloto – 15 pontos
Quarto: sobrenome do piloto – 10 pontos
Quinto: sobrenome do piloto – 5 pontos
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  15 pontos
Melhor volta da prova: 5 pontos
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, é a vez da Ferrari. Quero saber quem chega na frente na corrida: Sebastian Vettel ou Charles Leclerc. Se tiver quebra ou acidente, com consequente abandono dos dois, vale quem for mais longe na prova.
Gabaritar os cinco primeiros colocados da prova: 15 pontos
Acertar os cinco primeiros da prova fora de ordem: 5 pontos

Para acompanhar ao vivo todos os lances do GP de Sakhir:
Sexta-feira: primeiro treino livre, 10h30minh, segundo treino livre, 14h30min, ambos pelo SporTV.
Sábado: terceiro treino livre, 11h, classificação, 14h, ambos pelo SporTV.
Domingo: 14h10min, corrida, pelo SporTV. Devido ao horário, que poderia se chocar com o Brasileirão de futebol no final da corrida, o GP de Sakhir será narrado pelo Sérgio Maurício. Bom pra todo mundo, porque o Everaldo ninguém merece.



O Bolão depois do Bahrein

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


Nosso Professor foi o grande vencedor, ao lado do Lewis Hamilton, do GP do Bahrein, na corrida marcada para sempre pelo terrível acidente de Romain Grosjean, que está muito bem, depois do enorme susto por que passou em meio às chamas na largada da prova. Desculpa o termo, Romain, mas o nosso Bolão decididamente pegou fogo, faltando duas etapas para o final, com este que vos escreve infelizmente na ponta, mas com um verdadeiro bando na cola, com vários candidatos à vitória na temporada. E não descansem, porque o GP de Sakhir já é no próximo domingo.

Parâmetros utilizados no GP do Bahein:
Pole: Hamilton
Vencedor: Hamilton
Segundo: Verstappen
Terceiro: Albon
Quarto: Norris
Quinto: Sainz
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: Magnussen
Melhor volta da prova: Verstappen
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, é a vez novamente de Lewis Hamilton. E um dos desafios para o heptacampeão é terminar essa temporada com cem poles positions. Para isso, ele tem de conseguir a pole nas três provas restantes (ele está com 97). A pergunta é simples: ele consegue ser o pole position na corrida deste domingo? Sim

Bahrein:
1) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 75 pontos
2) André Borges - 65 pontos
3) Daniel Cardoso - 60 pontos
3) Gabriel Dias - 60 pontos
3) Daniel Dias - 60 pontos
3) Maurício Dias - 60 pontos
3) Eduardo Saraiva - 60 pontos
8) Luiz Herrera - 40 pontos
8) Ismael Reichert - 40 pontos
8) Mauro - 40 pontos
11) Natanael Felipe Rhoden - 25 pontos
12) Francisco Cavalin - 5 pontos
13) Pedro Henrique - 0 ponto
13) Marcelo Vieira - 0 ponto
13) Marcelo Pereira - 0 ponto
13) Tiago Reimann - 0 ponto

Total:
1) Daniel Dias - 675 pontos
2) Daniel Cardoso - 670 pontos
2) Maurício Dias - 670 pontos
2) Ismael Reichert - 670 pontos
5) André Borges - 660 pontos
6) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 655 pontos
7) Eduardo Saraiva - 645 pontos
8) Luiz Herrera - 640 pontos
9) Mauro - 600 pontos
10) Francisco Cavalin - 570 pontos
11) Natanael Felipe Rhoden - 535 pontos
12) Gabriel Dias - 470 pontos
13) Pedro Henrique - 430 pontos
14) Marcelo Pereira - 240 pontos
15) Marcelo Vieira - 195 pontos
16) Tiago Reimann - 150 pontos



Hamilton vence no Bahrein

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·












Em uma corrida marcada pelo acidente de Romain Grosjean na primeira largada (e sobre isso eu falo em seguida), o heptacampeão Lewis Hamilton conquistou no GP do Bahrein neste domingo sua vitória de número 95. Além da bandeira vermelha devido ao acidente de Grosjean, a prova teve a intervenção do safety car por causa da capotagem de Lance Stroll, provocada pelo maluco e irresponsável Daniil Kvyat, que parece estar na Fórmula-1 apenas para complicar a vida de todo mundo. Na segunda largada, Valtteri Bottas teve um pneu furado que o alijou de qualquer possibilidade de boa colocação em Sakhir.
Hamilton controlou a corrida como quis, fez duas paradas para trocar pneus, a primeira para colocar os médios e outra para botar os pneus duros, e levou sua Mercedes tranquilamente até a bandeirada de chegada. Max Verstappen, o segundo na prova, colocou pneus macios na parte final para garantir a volta mais rápido, o que conseguiu. Sergio Perez, que estava em terceiro, teve estouro de motor e foi obrigado a abandonar, cedendo o lugar para Alexander Albon.
O caso do terrível acidente do Grosjean na primeira largada do GP do Bahrein merece uma investigação à parte. Em primeiro lugar, o francês só não morreu por dois motivos: por milagre e por causa do Halo, pois o carro atravessou o guard-rail antes de explodir. Segundo: não está tudo bem com a segurança da F-1 coisa nenhuma. O que faz aquele guard-rail com possibilidades de batida em 90 graus (como foi a do Grosjean) sem proteção de pneus na frente em um circuito novo como o de Sakhir? Guard-rail puro, sem pneus na frente, é coisa de autódromo dos anos 70. Depois da batida do Grosjean, os caras colocaram um softwall no lugar da lâmina de metal, deixando o guard-rail “puro” restante ao lado. Ou seja, piada. Terceiro: a corrida deveria ter sido cancelada depois do acidente do Grosjean. Quarto: se o Grosjean tivesse desmaiado na batida (e pela desaceleração súbita, isso poderia ter acontecido), ele certamente teria morrido, pois foi o francês que saiu do carro sozinho. Quinto: o doutor do Medical Car, que parte atrás do grid na largada, foi heroico ao enfrentar as chamas do pedaço do carro de Grosjean sem ter proteção antifogo. Inicialmente com queimaduras nas pernas e em uma das mãos e com possibilidade de costelas quebradas, Grosjean pode ter se despedido da F-1, pois seu contrato com a Haas não tinha sido renovado. Sexto: o principal causador do acidente do Grosjean foi o Charles Leclerc, que atravessou todo a pista na diagonal na largada, foi se bater com o Sebastian Vettel, seu companheiro de Ferrari, e provocou o efeito cascata em todos que vinham atrás.

Resultado Final:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1h34min01s829
2) M. Verstappen - Red Bull - a 1s254
3) A. Albon - Red Bull - a 8s005

4) L. Norris - McLaren - a 11s337
5) C. Sainz Jr - McLaren - a 11s787
6) P. Gasly - Alpha Tauri - a 11s942
7) D. Ricciardo - Renault - a 19s368
8) V. Bottas - Mercedes - a 19s680
9) E. Ocon - Renault - a 22s803

10) C. Leclerc - Ferrari - a uma volta
11) D. Kvyat - Alpha Tauri - a uma volta
12) G. Russell - Williams - a uma volta
13) S. Vettel - Ferrari - a uma volta
14) N. Latifi - Williams - a uma volta
15) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a uma volta
16) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a uma volta
17) K. Magnussen - Haas - a uma volta

18) S. Perez - Racing Point - não completou
19) L. Stroll - Racing Point - não completou
20) R. Grosjean - Haas - não completou

Melhor Volta - M. Verstappen - Red Bull - 1min32s014

Mundial de Pilotos 2020:
1) L. Hamilton - Mercedes - 332 pontos
2) V. Bottas - Mercedes - 201 pontos
3) M. Verstappen - Red Bull - 189 pontos
4) D. Ricciardo - Renault - 102 pontos
5) S. Perez - Racing Point - 100 pontos
6) C. Leclerc - Ferrari - 98 pontos
7) L. Norris - McLaren - 86 pontos
8) C. Sainz Jr - McLaren - 85 pontos
9) A. Albon - Red Bull - 85 pontos
10) P. Gasly - Alpha Tauri - 71 pontos
11) L. Stroll - Racing Point - 59 pontos
12) E. Ocon - Renault - 42 pontos
13) S. Vettel - Ferrari - 33 pontos
14) D. Kvyat - ALpha Tauri - 26 pontos
15) N. Hulkenberg - Racing Point - 10 pontos
16) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 4 pontos
17) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 4 pontos
18) R. Grosjean - Haas - 2 pontos
19) K. Magnussen - Haas - 1 ponto
20) N. Latifi - Williams - 0 ponto
21) G. Russell - Williams - 0 ponto

Mundial de Construtores:
1) Mercedes - 533 pontos
2) Red Bull - 274 pontos
3) McLaren - 171 pontos
4) Racing Point - 154 pontos
5) Renault - 144 pontos
6) Ferrari - 131 pontos
7) Alpha Tauri - 97 pontos
8) Alfa Romeo - 8 pontos
9) Haas - 3 pontos
10) Williams - 0 ponto



Hamilton é pole no Bahrein

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·



Lewis Hamilton só não liderou o terceiro treino livre da antepenúltima etapa do Mundial de Fórmula-1, no Bahrein. Com um domínio absoluto, o heptacampeão conquistou sua pole de número 98, ainda podendo atingir a centésima primeira posição na carreira neste ano. Max Verstappen, o mais rápido do terceiro treino livre, não conseguiu se intrometer entre as Mercedes, com Valtteri Bottas superando o holandês na última tentativa do Q3. Hamilton conseguiu ainda bater o recorde do circuito barenita.
Bottas disse depois do treino que não entendeu de onde vieram os décimos de segundo que separaram ele do Hamilton. Ao que eu respondo: vieram do piloto do carro de número 44.
Hamilton comemorou mais uma pole lembrando do seu trabalho passo a passo na sessão classificatória:

- Fui aumentando o meu ritmo volta a volta, buscando os limites que o carro poderia ir. Na última volta, acertei bem a curva 1, o que é fundamental, e foi só seguir rápido em toda a volta.

O GP do Bahrein terá largada neste domingo a partir das 11h10min (horário do Brasil), com transmissão ao vivo da Globo.

Resultado da Classificação:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1min27s264
2) V. Bottas - Mercedes - a 0s289
3) M. Verstappen - Red Bull - a 0s414
4) A. Albon - Red Bull - a 1s010
5) S. Perez - Racing Point - a 1s058
6) D. Ricciardo - Renault - a 1s153
7) E. Ocon - Renault - a 1s155
8) P. Gasly - Alpha Tauri - a 1s184
9) L. Norris - McLaren - a 1s278
10) . Kvyat - Alpha Tauri - a 1s354

11) S. Vettel - Ferrari
12) C. Leclerc - Ferrari
13) L. Stroll - Racing Point
14) G. Russell - Williams
15) C. Sainz Jr - McLaren

16) A. Giovinazzi - Alfa Romeo
17) K. Raikkonen - Alfa Romeo
18) K. Magnussen - Haas
19) R. Grosjean - Haas
20) N. Paludo - Williams



Resultado da terceira sessão em Sakhir

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


1) M. Verstappen - Red Bull - 1min28s355
2) L. Hamilton - Mercedes - a 0s263
3) V. Bottas - Mercedes - a 0s366
4) A. Albon - Red Bull - a 0s663
5) C. Sainz Jr - McLaren - a 1s100
6) P. Gasly - Alpha Tauri - a 1s117
7) L. Norris - McLaren - a 1s212
8) D. Kvyat - Alpha Tauri - a 1s230
9) L. Stroll - Racing Point - a 1s305
10) S. Perez - Racing Point - a 1s317
11) D. Ricciardo - Renault - a 1s329
12) E. Ocon - Renault - a 1s336
13) S. Vettel - Ferrari - a 1s504
14) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a 1s615
15) C. Leclerc - Ferrari - a 1s828
16) G. Russell - Williams - a 2s204
17) R. Grosjean - Haas - a 2s297
18) K. Magnussen - Haas - a 2s404
19) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 2s468
20) N. Latifi - Williams - a 2s562



Hamilton mais rápido no Bahrein

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·



O já heptacampeão Lewis Hamilton foi o mais rápido nesta sexta-feira nas duas sessões livres para o GP do Bahrein, antepenúltima etapa da temporada 2020 da Fórmula-1. Na sessão da tarde, já sob as luzes artificiais do circuito, os pilotos testaram os pneus da Pirelli que serão utilizados no próximo campeonato no início do treino. Cada um tinha de fazer seis voltas com os compostos. Isso e mais uma pancada de Alexander Albon na entrada da reta dos boxes de Sakhir acabaram atrasando o desenvolvimento dos carros nesta sexta. Os pilotos tiveram pouco tempo para testar o desgaste de pneus em ritmo de corrida. Max Verstappen esteve na primeira posição quase até o final da sessão, quando Hamilton decidiu voltar à pista e baixar o tempo, para deixar tudo no seu devido lugar.

Segunda sessão em Sakhir:
1 Hamilton, Mercedes, 1:28:971
2 Verstappen, Red Bull, a 0347
3 Bottas, Mercedes, a 0:365
4 Perez, Racing Point, a 0:432
5 Ricciardo, Renault, a 0491
6 Gasly, AlphaTauri, a 0:580
7 Norris, McLaren, a 0:870
8 Stroll, Racing Point, a 0:900
9 Kvyat, AlphaTauri, a 0:929
10 Albon, Red Bull, a 1:043
11 Ocon, Renault, a 1:114
12 Vettel, Ferrari, a 1:139
13 Sainz Jr., McLaren, a 1:300
14 Leclerc, Ferrari, a 1:436
15 Giovinazzi, Alfa Romeo, a 1:656
16 Magnussen, Haas, a 1:878
17 Raikkonen, Alfa Romeo, a 1:957
18 Latifi, Williams, a 2:003
19 Grosjean, Haas, a 2:148
20 Russell, Williams, a 2:665



Quem vence o GP do Bahrein?

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


E aí, amantes dos autinhos, vamos para a décima quinta etapa do Mundial de Fórmula-1 e do nosso Bolão? Primeiro, neste domingo, terá o GP do Bahrein no traçado normal da pista de Sakhir. No outro domingo, dia 6 de dezembro, terá a décima sexta etapa do Mundial, o GP de Sakhir, em um traçado externo do circuito barenita. Não será um circuito oval mas sim três grandes retas intercaladas de “Esses” e um trecho sinuoso “pra lá e pra cá”.
As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação no sábado. Boa sorte!  

Itens para o Sakhir “normal”:
Pole: sobrenome do piloto - 5 pontos
Vencedor: sobrenome do piloto - 25 pontos
Segundo: sobrenome do piloto – 20 pontos
Terceiro: sobrenome do piloto – 15 pontos
Quarto: sobrenome do piloto – 10 pontos
Quinto: sobrenome do piloto – 5 pontos
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  15 pontos
Melhor volta da prova: 5 pontos
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, é a vez novamente de Lewis Hamilton. E um dos desafios para o heptacampeão é terminar essa temporada com cem poles positions. Para isso, ele tem de conseguir a pole nas três provas restantes (ele está com 97). A pergunta é simples: ele consegue ser o pole position na corrida deste domingo? Sim ou não.
Gabaritar os cinco primeiros colocados da prova: 15 pontos
Acertar os cinco primeiros da prova fora de ordem: 5 pontos

Para acompanhar ao vivo todos os lances do GP do Bahrein:
Sexta-feira: primeiro treino livre, 8h, segundo treino livre, 12h, ambos pelo SporTV.
Sábado: terceiro treino livre, 8h, classificação, 11h, ambos pelo SporTV.
Domingo: 11h10min, corrida, pela Globo.



O Bolão depois de Turquia

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2020 F1 ·


E o nosso Eduardo foi o grande vencedor na Turquia, ao lado do Lewis Hamilton, um cara de outro planeta, assim como o Ayrton Senna. Na reta final do nosso Bolão, com três provas em sequência, dia 29, GP do Bahrein, dia 6 de dezembro, GP de Sakhir (no circuito externo da pista barenita), e dia 13 de dezembro, GP de Abu Dhabi, o Ismael mantém a liderança, com 15 pontos à frente desse amigo que vos escreve e de um monte de gente bastante colada, com todos com chances de levar o ‘caneco’ da temporada. Se liguem, o GP do Bahrein já é no próximo domingo.

Parâmetros utilizados para no GP da Turquia:
Pole: sobrenome do piloto - Stroll
Vencedor: sobrenome do piloto - Hamilton
Segundo: sobrenome do piloto – Perez
Terceiro: sobrenome do piloto – Vettel
Quarto: sobrenome do piloto – Leclerc
Quinto: sobrenome do piloto – Sainz Jr
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  Russell
Melhor volta da prova: Norris
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – no rodízio de desafios, é a vez novamente de Kimi Raikkonen, o recordista de GPs na Fórmula-1. Isso mesmo, o Rubens Barrichello agora também é SEGUNDO no quesito. Quero saber se o Homem de Gelo consegue levar sua Alfa Romeo ao Q2 da Classificação na Turquia, que é a segunda parte do treino oficial, no sábado. Sim ou não. Sim

Turquia:
1) Eduardo Saraiva - 45 pontos
2) Luiz Herrera - 35 pontos
2) Mauro - 35 pontos
4) Daniel Cardoso -25 pontos
4) Ismael Reichert - 25 pontos
4) Daniel Dias - 25 pontos
4) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 25 pontos
8) Maurício Dias - 20 pontos
8) André Borges - 20 pontos
10) Natanael Felipe Rhoden - 10 pontos
10) Gabriel Dias - 10 pontos
12) Francisco Cavalin - 0 ponto
12) Pedro Henrique - 0 ponto
12) Marcelo Pereira - 0 ponto
12) Marcelo Vieira - 0 ponto
12) Tiago Reimann - 0 ponto

Total:
1) Ismael Reichert - 630 pontos
2) Daniel Dias - 615 pontos
3) Maurício Dias - 610 pontos
3) Daniel Cardoso - 610 pontos
5) Luiz Herrera - 600 pontos
6) André Borges - 595 pontos
7) Eduardo Saraiva - 585 pontos
8) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 580 pontos
9) Francisco Cavalin - 565 pontos
10) Mauro - 560 pontos
11) Natanael Rhoden - 510 pontos
12) Pedro Henrique - 430 pontos
13) Gabriel Dias - 410 pontos
14) Marcelo Pereira - 240 pontos
15) Marcelo Vieira - 195 pontos
16) Tiago Reimann - 150 pontos



Desde sempre!

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Querem ver que não é de hoje? Acompanhem o desempenho de Lewis Hamilton no kart em 1998, com 13 anos, capacete muito parecido com o de Ayrton Senna e já com o famoso número 44. Ele toma um toque no início, cai pra último e vem ‘comendo’ todo mundo. Aluno da Academia de Talentos da McLaren/Mercedes naquela época, o Hamilton brilhava no ano em que o Mika Hakkinen, na McLaren da Fórmula-1, conquistou seu primeiro título. Em 2007, Hamilton estreou na F-1 dando pau em seu companheiro de McLaren, um cara chamado nada menos que Fernando Alonso.




Hamilton, um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete títulos

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·










E vencendo a corrida maluca na pista molhada da Turquia. Lewis Carl Davidson Hamilton, nascido no dia 7 de janeiro de 1985, em Stevenage, Inglaterra, com 35 anos de idade, conquistou neste domingo no circuito de Istambul Park o heptacampeonato da Fórmula-1 da melhor maneira possível: no topo do pódio, em uma prova em que os homens de pouca fé não apostavam uma ficha sequer nele para a vitória ao vê-lo na sexta posição do grid de largada com a pista encharcada. No entanto, Hamilton é Hamilton. Enquanto as duas Racing Point, do pole Lance Stroll e de Sergio Perez, partiram na frente, Hamilton deu um pulo furiosamente, chegando a estar em terceiro no começo da prova. O companheiro Valtteri Bottas, o único que ainda podia impedir o hepta neste domingo, já rodou na primeira curva, dando um preview do que faria em toda a corrida: um monte de rodada na pista.
Ainda na primeira volta, Hamilton também rodou na parte de alta velocidade após a famosa curva 8 de Istambul. Entretanto, controlou o carro e voltou à ativa. O jovem Stroll liderou boa parte da prova, mas depois da metade do GP, tomou algumas decisões erradas na pista molhada – normal para quase um novato na F-1 – e foi ficando para trás. Max Verstappen foi Max Verstappen na essência, tentando ultrapassar o segundo colocado Perez em um ponto do asfalto encharcado que qualquer pessoa no mundo tinha certeza de que era impossível. E realmente foi, com o holandês saindo da briga pela vitória.
Hamilton continuou na batalha depois da troca dos pneus de chuva intensa para os intermediários, travou uma briga muito bonita com o amigo Sebastian Vettel, outro grande nome da corrida, e partiu atrás da primeira colocação. Já totalmente adaptado às condições críticas da pista, não cometeu mais nenhum erro, pediu para a equipe não chamá-lo para outra troca de pneus e ultrapassou o então líder da prova, Perez, no trecho final do traçado da Turquia. Pronto, a corrida e o campeonato estavam decididos. Na volta aos boxes, aos prantos de emoção, Hamilton estacionou o carro 44 com os pneus intermediários praticamente “carecas”, mostrando mais uma vez que pilota com um equipamento em qualquer condição. Ainda dentro do carro, foi saudado por Vettel, o terceiro colocado do GP da Turquia.
Esse é o maior piloto de todos os tempos e um cidadão completo. Logo no início deste ano, o primeiro e único piloto negro da F-1 liderou a campanha mundial contra o racismo, engajando o Esporte nessa luta para combater um dos maiores crimes da Humanidade.
Parabéns, Hamilton! O mundo inteiro te faz reverência neste dia 15 de novembro de 2020. Ele agora tem sete títulos, igual a Michael Schumacher, 94 vitórias e 97 poles positions. Vocês acham que a coisa para por aí? Nada! Para o entrevistador do pódio, o ex-piloto Mark Webber, ele disse claramente: “quero mais!

Resultado Final:
1) L. Hamilton - Mercedes - 1h42min19s313
2) S. Perez - Racing Point - a 31s633
3) S. Vettel - Ferrari - a 31s960

4) C. Leclerc - Ferrari - a 33s858
5) C. Sainz Jr - McLaren - a 34s363
6) M. Verstappen - Red Bull - a 44s873
7) A. Albon - Red Bull - a 46s484
8) L. Norris - McLaren - a 1min01s259
9) L. Stroll - Racing Point - a 1min12s353
10) D. Ricciardo - Renault - a 1min35s460

11) E. Ocon - Renault - a uma volta
12) D. Kvyt - Alpha Tauri - a uma volta
13) P. Gasly - Alpha Tauri - a uma volta
14) V. Bottas - Mercedes - a uma volta
15) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a uma volta
16) G. Russell - Williams - a uma volta

17) K. Magnussen - Haas - não completou
18) R. Grosjean - Haas - não completou
19) N. Latifi - Williams - não completou
20) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - não completou

Melhor Volta - L. Norris - McLaren - 1min36s806

Mundial de Pilotos 2020:
1) L. Hamilton - Mercedes - 307 pontos
2) V. Bottas - Mercedes - 197 pontos
3) M. Verstappen - Red Bull - 170 pontos
4) S. Perez - Racing Point - 100 pontos
5) C. Leclerc - Ferrari - 97 pontos
6) D. Ricciardo - Renault - 96 pontos
7) C. Sainz Jr - McLaren - 75 pontos
8) L. Norris - McLaren - 74 pontos
9) A. Albon - Red Bull - 70 pontos
10) P. Gasly - Alpha Tauri - 63 pontos
11) L. Stroll - Racing Point - 59 pontos
12) E. Ocon - Renault - 40 pontos
13) S. Vettel - Ferrari - 33 pontos
14) D. Kvyat - ALpha Tauri - 26 pontos
15) N. Hulkenberg - Racing Point - 10 pontos
16) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 4 pontos
17) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 4 pontos
18) R. Grosjean - Haas - 2 pontos
19) K. Magnussen - Haas - 1 ponto
20) N. Latifi - Williams - 0 ponto
21) G. Russell - Williams - 0 ponto

Mundial de Construtores:
1) Mercedes - 504 pontos
2) Red Bull - 240 pontos
3) Racing Point - 154 pontos
4) McLaren - 149 pontos
5) Renault - 136 pontos
6) Ferrari - 130 pontos
7) Alpha Tauri - 89 pontos
8) Alfa Romeo - 8 pontos
9) Haas - 3 pontos
10) Williams - 0 ponto



Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal