Hamilton vence evento na Arábia - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Hamilton vence evento na Arábia

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·





Não, eu não fiquei louco! Ainda... Não chamarei de prova automobilística nem de GP o que aconteceu neste domingo na Arábia Saudita, porque simplesmente não pode ser feita uma corrida nesta pista criminosa, assassina, mal-concebida, idiota e contrária a todos os preceitos de segurança da Fórmula-1.
É IMPOSSÍVEL DE SE FAZER UMA CORRIDA DE F-1 NAQUELA COISA LOCALIZADA ÀS MARGENS DO MAR VERMELHO EM GIDÁ.
No evento deste domingo, Lewis Hamilton superou as mudanças de regras promovidas pela FIA em pleno jogo, as patifarias de Max Verstappen e, mais importante, ainda saiu com vida e inteiro fisicamente e empatado em pontos com o rival-bandido, faltando apenas o GP de Abu Dhabi, no próximo domingo. E de todas as patifarias feitas ao vivo para todo o mundo, a mais malvada foi quando o Verstappen foi dar passagem para o Hamilton a mando da Red Bull por ele ter feito outra sujeira voltas antes contra o heptacampeão. Para quem não viu, Verstappen tirou o pé em plena reta daquele “troço” chamado de circuito de Gidá sem que o Hamilton soubesse da ordem. Temendo outra patifaria do senhor Verstappen, Hamilton ficou sem saber o que fazer, até bater na traseira do oponente mau-caráter. E mesmo com parte do bico avariado, o heptacampeão continuou acelerando, fazendo volta mais rápida atrás de volta mais rápida até o final do evento, e ultrapassando o holandês, que ainda recebeu uma punição de apenas 5 segundos. Hamilton só tirou o pé na última volta.
Não houve corrida de automóvel neste fim de semana às margens do Mar Vermelho. As preliminares - duas tentativas da Fórmula-2 e uma da Porsche - simplesmente terminaram em bandeira vermelha e suspensão do evento. Dona FIA: não dá para fazer uma corrida em uma pista de altíssima velocidade totalmente cercada de muros! A não ser se o objetivo é matar alguém. Embora nada tenha a ver com a “pista”, na segunda tentativa da F-2, neste domingo, Enzo Fittipaldi bateu violentamente na traseira de um carro que ficou parado no grid de largada. O brasileiro foi atendido na “pista” e transportado depois para um hospital de Gidá. Chegou até a se temer pela vida do neto do bicampeão Emerson Fittipaldi, que teve fratura do tornozelo direito e um corte no rosto.
Confesso que tive um alto grau de estresse no treino de classificação no sábado e durante todas as mais de duas horas do evento de domingo, temendo pela vida dos pilotos a cada volta, a cada curva. Se eu fiquei tão estressado, imagina eles!

Resultado do evento de Gidá:
1 Hamilton (ING), Mercedes, em 2h6min15s
2 Verstappen (HOL), Red Bull, a 11:825
3 Bottas (FIN), Mercedes, a 27:531

4 Ocon (FRA), Alpine, a 27:633
5 Ricciardo (AUS), McLaren, a 40:121
6 Gasly (FRA), AlphaTauri, a 41:613
7 Leclerc (MON), Ferrari, a 44:475
8 Sainz Jr. (ESP), Ferrari, a 46:606
9 Giovinazzi (ITA), Alfa Romeo, 58:505
10 Norris (ING), McLaren, a 61:358

11 Stroll (CAN), Aston Martin, a 77:212
12 Latifi (CAN), Williams, a 83:249
13 Alonso (ESP), Alpine, a uma volta
14 Tsunoda (JAP), AlphaTauri, a uma volta
15 Raikkonen (FIN), Alfa Romeo, a uma volta

16 Vettel (ALE), Aston Martin, não chegou
17 Perez (MEX), Red Bull, não chegou
18 Mazepin (RUS), Haas, não chegou
19 Russell (ING), Williams, não chegou
20 Schumacher (ALE), Haas, não chegou

Volta mais rápida: Hamilton, com 1min30s734

Pilotos
1 Verstappen – 369,5 pontos (tem 9 vitórias no ano)
2 Hamilton – 369,5 pontos (tem 8 vitórias no ano)
3 Bottas – 218 pontos
4 Perez – 190 pontos
5 Leclerc – 158 pontos
6 Norris – 154 pontos
7 Sainz Jr. – 149,5 pontos
8 Ricciardo – 115 pontos

Construtores
1 Mercedes – 587,5 pontos
2 Red Bull – 559,5 pontos
3 Ferrari – 307,5 pontos
4 McLaren – 269 pontos

Próxima corrida: GP de Abu Dhabi, dia 12 de dezembro



4 comentários
Média dos votos: 140.0/5
Daniel Dias
2021-12-08 16:03:14
Ah, aí, sim. Se tiver um dispositivo que corta o motor, seria perfeito.
Francisco Cavalin
2021-12-07 20:09:44
Daniel. Existe o sensor de largada que determina que se o piloto queimou ou não a largada. O mesmo sensor poderia ser usado, caso o carro não saísse do lugar por 3 segundos por exemplo, para abortar a largada, ligando luzes vermelhas por todo o circuito e desligando os motores.
Daniel Dias
2021-12-06 17:55:01
Perfeito em tudo, Campeão! Já disse aqui que se o Vespa (muito bom este apelido) for campeão este ano, nós não reconheceremos, como não reconhecemos o título do Dick de 1994. Pra nós, o Dick tem 6 títulos e não 7. Quanto ao dispositivo de abortar a largada se um carro ficar parado no grid, no incidente de ontem, foi tudo muito rápido. Não sei se um dispositivo fosse tão rápido para avisar o Enzo. E a direção de prova foi uma das grandes culpadas ontem, simplesmente porque tem um pateta de diretor de prova, o Masi. O cara ficou barganhando com as equipes sobre os casos de punições. Nunca tinha visto coisa parecida.
Francisco Cavalin
2021-12-06 12:02:18
Daniel, que circuitinho ordinário! Mas a grande culpada por essa bagunça foi a direção de prova, que não deu bandeira vermelha direto após o acidente do Mick Schumacher, favorecendo o Vespa. Depois deixou a pista suja por várias voltas e ainda provocou milhares de Virtual Safety Cars por causa da impossibilidade dos fiscais limparem a sujeira deixada pelos toques dos pilotos e por fim ainda teve a não comunicação à Mercedes sobre a troca de posições. Antes, na corrida da F2 houve um acidente comum na F1 dos anos 70 e 80, um carro ficou parado no grid e foi abarroado por outro. Felizmente, o Enzo Fittipaldi só quebrou o tornozelo. Incrível como a FIA ainda não tem uma tecnologia que aborte a largada numa situação dessas. Vespa tem a vantagem do número de vitórias, por causa que a Fia homologou a corrida da Bélgica que pode decidir o campeonato, 8,5 a 8. Pra terminar, se o Vespa jogar o carro pra cima do Hamilton semana que vem, será declarado campeão como Schumacher em 1994 ou perderá todos os pontos como o mesmo Schumacher em 1997? A menos que o Vespa ganhe a última corrida de forma limpa e justa, se ele levar o título, será o mais sujo e insignificante de todos os tempos da F1. Ele é a encarnação do Dick Vigarista, conseguiu levar 3 punições ontem, troca de posições na 3a largada, 5 segundos e 10 segundos.

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal