08/2021 - Blog da Fórmula-1 de Daniel Dias - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Quem vence na Holanda?

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2021 F1 ·


E aí, amantes dos autinhos, vamos para a décima terceira etapa da temporada? Como é estreante no calendário – de volta desde 1985 -, o circuito de Zandvoort e sua desafiadora Curva do Tarzan, primeira curva feita à direita, não tem um retrospecto recente de posições e mesmo de tempos de volta. Lembro somente que Zandvoort está localizado à beira-mar, com muita areia sendo soprada para a pista, dependendo da direção do vento.
No nosso Bolão, pequenas novidades em comparação ao bem disputado em 2020. A principal é que daremos mais importância ao primeiro lugar da corrida, passando de 25 para 30 pontos, justamente para separar mais do segundo colocado e realçar o “quem vence” do título do post. O desafio a cada prova não será mais somente com o Lewis Hamilton, que buscava o recorde de vitórias em 2020, e conseguiu, e o heptacampeonato (também conseguiu), a Ferrari, que chegava no ano passado ao seu milésimo GP e ao Kimi Raikkonen, que buscava o recorde de participação em corridas do Rubens Barrichello (também superou), mas com todos os pilotos, um em cada GP. As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação. Boa sorte!  

Itens para Zandvoort:
Pole: sobrenome do piloto – 5 pontos
Vencedor: sobrenome do piloto - 30 pontos
Segundo: sobrenome do piloto – 20 pontos
Terceiro: sobrenome do piloto – 15 pontos
Quarto: sobrenome do piloto – 10 pontos
Quinto: sobrenome do piloto – 5 pontos
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  15 pontos
Melhor volta da prova: 5 pontos
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – Não poderia ser outro: quero saber se Max Verstappen vence sua corrida de casa. Sim ou não.
Gabaritar os cinco primeiros colocados da prova: 15 pontos
Acertar os cinco primeiros da prova fora de ordem: 5 pontos

Para acompanhar ao vivo todos os lances na Holanda:
Sexta-feira: primeiro treino livre, 6h30min, segundo treino livre, 10h, ambos pelo BandSports.
Sábado: terceiro treino livre, 7h, pelo BandSports, classificação, 10h, na Band e pelo BandSports.
Domingo: corrida, 10h, na Band.



O Bolão depois de Spa

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2021 F1 ·


Quem acreditou no Max Verstappen se deu bem na “corrida” da Bélgica. Foi o caso do Francisco, o vencedor da etapa. O André também se deu bem e subiu para a segunda posição na tabela, atrás do líder Gabriel.
E já tem o GP da Holanda no próximo domingo.

Parâmetros utilizados no GP da Bélgica:
Pole: Verstappen
Vencedor: Verstappen
Segundo: Russell
Terceiro: Hamilton
Quarto: Ricciardo
Quinto: Vettel
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: Perez
Melhor volta da prova: Mazepin
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – Com três conquistas, Sebastian Vettel está atrás de Kimi Raikkonen e de Hamilton na lista de pilotos da atualidade com mais vitórias em Spa. Os dois primeiros têm quatro vitórias. Então, quero saber se o Vettel consegue levar sua Aston Martin ao Q3, à terceira parte do treino de classificação no sábado. Sim

Bélgica:
1) Francisco Cavalin - 65 pontos
2) Mauro - 50 pontos
3) Natanael Felipe Rhoden - 45 pontos
3) André Borges - 45 pontos
3) Maurício Dias - 45 pontos
6) Daniel Cardoso - 10 pontos
6) Luiz Herrera - 10 pontos
6) Gabriel Dias - 10 pontos
6) Daniel Dias - 10 pontos
6) Ismael Reichert - 10 pontos
11) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 0 ponto

Total:
1) Gabriel Dias - 570 pontos
2) André Borges - 545 pontos
3) Luiz Herrera - 540 pontos
4) Francisco Cavalin - 475 pontos
5) Natanael Felipe Rhoden - 465 pontos
6) Pedro Henrique - 420 pontos
7) Mauro - 415 pontos
8) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 405 pontos
9) Ismael Reichert - 385 pontos
10) Daniel Dias - 360 pontos
11) Daniel Cardoso - 310 pontos
12) Maurício Dias - 305 pontos
13) Eduardo Saraiva - 265 pontos
14) Marcelo Pereira - 165 pontos



Verstappen é declarado vencedor em Spa

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·





Com quase quatro horas de atraso e muita chuva em Spa-Francorchamps neste domingo, os carros deram três voltas atrás do safety car e Max Verstappen, o pole position na Bélgica, foi declarado vencedor da décima segunda etapa do Mundial de Fórmula-1, com George Russell em segundo e Lewis Hamilton em terceiro, exatamente as posições do treino de classificação, no sábado. Com isso, a diferença de Hamilton para Verstappen baixou de 8 para 3 pontos. A F-1 corre agora na Holanda, já no próximo domingo.
Durante as quase quatro horas de espera, muita encheção de linguiça e bobagens foram promovidas e ditas na transmissão brasileira da TV. A maior delas foi a do comentarista Max Wilson. O piloto disse que Verstappen não consegue correr há dois meses, esquecendo que o holandês foi atingido na largada da prova anterior, na Hungria, mas voltou depois da bandeira vermelha e completou a corrida na nona colocação com a desclassificação de Sebastian Vettel, o quinto neste domingo, atrás de Daniel Ricciardo. Elia Jr., apresentador da Band, perguntou o porquê da não realização da prova pois a F-1 já correu em provas com até mais chuva. A explicação é simples: depois do cagaço do diretor de prova, Michael Masi, ao dar permissão de os pilotos abrirem o Q3 no sábado com uma chuvarada, resultando em uma batida quase mortal de Lando Norris na Eau Rouge, ele não daria permissão de corrida neste domingo nem por um decreto do Papa.

Resultado final:
1) M. Verstappen - Red Bull - 3h27min071
2) G. Russell - Williams - a 1s995
3) L. Hamilton - Mercedes - a 2s601

4) D. Ricciardo - McLaren - a 4s496
5) S. Vettel - Aston Martin - a 7s479
6) P. Gasly - Alpha Tauri - a 10s177
7) E. Ocon - Alpine - a 11s579
8) C. Leclerc - Ferrari - a 12s608
9) N. Latifi - Williams - a 15s485
10) C. Sainz Jr - Ferrari - a 16s166

11) F. Alonso - Alpine - a 20s590
12) V. Bottas - Mercedes - a 22s414
13) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a 24s163
14) L. Norris - McLaren - a 27s110
15) Y. Tsunoda - Alpha Tauri - a 28s329
16) M. Schumacher - Haas - a 29s507
17) N. Mazepin - Haas - a 31s993
18) L. Stroll - Aston Martin - a 34s108
19) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a 36s054
20) S. Perez - Red Bull - a 38s205

Melhor Volta - N. Mazepin - Haas - 3min18s016

Mundial de Pilotos 2021:
1) L. Hamilton - Mercedes - 202,5 pontos
2) M. Verstappen - Red Bull - 199,5 pontos
3) L. Norris - McLaren - 113 pontos
4) V. Bottas - Mercedes - 108 pontos
5) S. Perez - Red Bull - 104 pontos
6) C. Sainz Jr - Ferrari - 83,5 pontos
7) C. Leclerc - Ferrari - 82 pontos
8) D. Ricciardo - McLaren - 56 pontos
9) P. Gasly - Alpha Tauri - 54 pontos
10) E. Ocon - Alpine - 42 pontos
11) F. Alonso - Alpine - 42 pontos
12) S. Vettel - Aston Martin - 35 pontos
13) Y. Tsunoda - Alpha Tauri - 18 pontos
14) L. Stroll - Aston Martin - 18 pontos
15) G. Russell - Williams - 13 pontos
16) N. Latifi - Williams - 7 pontos
17) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 2 pontos
18) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 1 ponto
19) M. Schumacher - Haas - 0 ponto
20) N. Mazepin - Haas - 0 ponto

Mundial de Construtores 2021:
1) Mercedes - 310,5 pontos
2) Red Bull - 303,5 pontos
3) McLaren - 169 pontos
4) Ferrari - 165,5 pontos
5) Alpine - 80 pontos
6) Alpha Tauri - 72 pontos
7) Aston Martin - 53 pontos
8) Williams - 19 pontos
9) Alfa Romeo - 3 pontos
10) Haas - 0 ponto



Verstappen é pole na água de Spa

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·




Anotem aí: Michael Masi. Esse é o nome do diretor de prova da Fórmula-1, um homem com instinto assassino e que liberou a pista para o Q3 debaixo de um aguaceiro em Spa. Resultado: na primeira vez em que passou pela Eau Rouge no Q3, Lando Norris bateu muito forte na barreira de pneus e deu três voltas em seu próprio centro de gravidade. Pela lógica, o jovem e grande piloto inglês deveria ter morrido neste sábado, devido a uma irresponsabilidade sem tamanho feita por um homem (???) sentado no seco da sala de direção de prova. Segundo antes, o próprio Norris e Sebastian Vettel disseram pelo rádio que a pista não tinha condições.
Depois de muito tempo, a chuva deu uma trégua e os carros voltaram para o Q3, com a pista ainda muito molhada. Nessas condições, brilharam Max Verstappen, marcando a pole, George Russell, com a Williams na segunda posição, e Lewis Hamilton, o terceiro. Verstappen elogiou o trabalho da equipe durante as férias de verão europeu da F-1, Russell estava radiante na entrevista coletiva e Hamilton ficou feliz com a terceira colocação, lembrando que cometeu um erro no final de sua última volta no Q3.
Ninguém sabe ao certo em qual condições será disputada a décima segunda etapa da temporada, neste domingo, a partir das 10h (horário do Brasil). Mas uma coisa se tem certeza: o Masi, que faz dobradinha de diretor de prova e assassino de pilotos, deveria estar preso.

Grid de largada:
1 Verstappen, Red Bull, 1:59:765
2 Russell, Williams, a 0:321
3 Hamilton, Mercedes, a 0:334
4 Ricciardo, McLaren, a 1:099
5 Vettel, Aston Martin, a 1:170
6 Gasly, AlphaTauri, a 1:339
7 Perez, Red Bull, a 2:347
8 Bottas, Mercedes, a 2:737 (largará em décimo terceiro devido à punição por ter provocado o múltiplo acidente na largada na Hungria)
9 Ocon, Alpine, a 3:748
10 Norris, McLaren, sem tempo (sem certeza se largará na corrida)

11 Leclerc, Ferrari
12 Latifi, Williams
13 Sainz Jr., Ferrari
14 Alonso, Alpine
15 Stroll, Aston Martin (largará em último)

16 Giovinazzi, Alfa Romeo
17 Tsunoda, AlphaTauri
18 Schumacher, Haas
19 Raikkonen, Alfa Romeo
20 Mazepin, Haas



Verstappen mais rápido em Spa

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


O vice líder do campeonato, Max Verstappen, oito pontos atrás de Lewis Hamilton, foi o mais rápido nesta sexta-feira nos dois primeiros treinos livres para o GP da Bélgica, no fabuloso circuito de Spa-Francorchamps. Mas a primeira colocação do holandês da Red Bull não quer dizer rigorosamente nada, pois as duas sessões na Bélgica foram realizadas com pista não totalmente seca. Inclusive, Verstappen fez sua melhor volta com pneus mais rápidos (vermelhos), enquanto Valtteri Bottas e Hamilton, com pneus médios (amarelos). Hamilton ainda fez uma volta os vermelhos, mas cometeu alguns erros na pista ainda úmida. Bottas nem tentou com o pneus mais rápidos pois o treino foi interrompido duas vezes, primeiro, com a batida de Charles Leclerc logo após a curva Combes (ponto mais alto do circuito) e com a de Verstappen, no finalzinho da segunda sessão, na parte sinuosa da pista. Verstappen andou com um capacete com tons alaranjados no lugar do tradicional branco nesta sexta-feira. Pelo o que se viu no primeiro dia da volta da Fórmula-1 das férias de verão europeu, a Mercedes parece estar ligeiramente mais rápida em relação à Red Bull.
Como de costume, a chuva deve dominar o cenário em Spa – localizado no meio da sempre úmida região da Floresta de Ardenes - neste fim de semana, o que pode ser determinante no resultado final da décima segunda etapa do Mundial. Nesta sexta, a Red Bull confirmou a continuação de Sergio Perez ao lado de Verstappen para 2022, quando os carros da F-1 serão totalmente diferentes em comparação aos atuais.

Segunda sessão em Spa:
1 Verstappen, Red Bull, 1:44:472
2 Bottas, Mercedes, a 0:041
3 Hamilton, Mercedes, a 0:072
4 Alonso, Alpine, a 0:481
5 Gasly, AlphaTauri, a 0:493
6 Stroll, Aston Martin, a 0:708
7 Ocon, Alpine, a 0:830
8 Vettel, Aston Martin, a 0:864
9 Norris, McLaren, a 0:914
10 Perez, Red Bull, a 0:932
11 Sainz Jr., Ferrari, a 1:045
12 Tsunoda, AlphaTauri, a 1:286
13 Giovinazzi, Alfa Romeo, a 1:317
14 Raikkonen, Alfa Romeo, a 1:495
15 Ricciardo, McLaren, a 1:646
16 Latifi, Williams, a 1:726
17 Russell, Williams, a 2:193
18 Leclerc, Ferrari, a 2:364
19 Mazepin, Haas, a 2:863
20 Schumacher, a 3:057



Quem vence na Bélgica?

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2021 F1 ·


E aí, amantes dos autinhos, enfim, voltamos com a temporada, e de cara o melhor circuito do planeta: Spa-Francorchamps, a décima segunda etapa do ano. Em 2020, Lewis Hamilton foi o pole position na Bélgica e o vencedor da corrida, à frente de Valtteri Bottas e Max Verstappen. Aliás, a mesma ordem do grid de largada.
No nosso Bolão, pequenas novidades em comparação ao bem disputado em 2020. A principal é que daremos mais importância ao primeiro lugar da corrida, passando de 25 para 30 pontos, justamente para separar mais do segundo colocado e realçar o “quem vence” do título do post. O desafio a cada prova não será mais somente com o Lewis Hamilton, que buscava o recorde de vitórias em 2020, e conseguiu, e o heptacampeonato (também conseguiu), a Ferrari, que chegava no ano passado ao seu milésimo GP e ao Kimi Raikkonen, que buscava o recorde de participação em corridas do Rubens Barrichello (também superou), mas com todos os pilotos, um em cada GP. As apostas devem ser colocadas nos comentários deste post (clicando em "Ler tudo" no fim do post) ou serem enviadas para o meu e-mail (danieldias10259@gmail.com) ou (diasaovolante@diasaovolante.com) até cinco minutos antes do início do treino de classificação. Boa sorte!  

Itens para Spa-Francorchamps:
Pole: sobrenome do piloto – 5 pontos
Vencedor: sobrenome do piloto - 30 pontos
Segundo: sobrenome do piloto – 20 pontos
Terceiro: sobrenome do piloto – 15 pontos
Quarto: sobrenome do piloto – 10 pontos
Quinto: sobrenome do piloto – 5 pontos
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: sobrenome do piloto -  15 pontos
Melhor volta da prova: 5 pontos
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – Com três conquistas, Sebastian Vettel está atrás de Kimi Raikkonen e de Hamilton na lista de pilotos da atualidade com mais vitórias em Spa. Os dois primeiros têm quatro vitórias. Então, quero saber se o Vettel consegue levar sua Aston Martin ao Q3, a terceira parte do treino de classificação no sábado. 10 pontos
Gabaritar os cinco primeiros colocados da prova: 15 pontos
Acertar os cinco primeiros da prova fora de ordem: 5 pontos

Para acompanhar ao vivo todos os lances na Bélgica:
Sexta-feira: primeiro treino livre, 6h30min, segundo treino livre, 10h, ambos pelo BandSports.
Sábado: terceiro treino livre, 7h, pelo BandSports, classificação, 10h, na Band e pelo BandSports.
Domingo: corrida, 10h, na Band.



O Bolão depois da Hungria

Dias ao Volante
Publicado por em Bolão 2021 F1 ·


Em uma zebra absurda no último GP antes das férias de verão europeu da Fórmula-1, na Hungria, com Esteban Ocon de ganhador em Hungaroring, o vencedor, Mauro, teve apenas 30 pontos na etapa, com a maioria fazendo 5 pontos, muito provavelmente da pole do Lewis Hamilton. Com isso, o Gabriel se manteve na liderança antes do GP da Bélgica.

Parâmetros utilizados no GP da Hungria:
Pole: Hamilton
Vencedor: Ocon
Segundo: Hamilton
Terceiro: Sainz Jr
Quarto: Alonso
Quinto: Gasly
Último colocado na corrida, entre os pilotos que completarem a prova: Giovinazzi
Melhor volta da prova: Gasly
Desafio (proposto a cada prova): 10 pontos – Hamilton conquistará a histórica centésima vitória? Não

Hungria:
1) Mauro - 30 pontos
2) Pedro Henrique - 20 pontos
3) Maurício Dias - 5 pontos
3) Daniel Cardoso - 5 pontos
3) Luiz Herrera - 5 pontos
3) Natanael Felipe Rhoden - 5 pontos
3) Gabriel Dias - 5 pontos
3) Daniel Dias - 5 pontos
3) Francisco Cavalin - 5 pontos
3) André Borges - 5 pontos
3) Ismael Reichert - 5 pontos
3) Eduardo Saraiva - 5 pontos
13) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 0 ponto
13) Marcelo Pereira - 0 ponto

Total:
1) Gabriel Dias - 560 pontos
2) Luiz Herrera - 530 pontos
3) André Borges - 500 pontos
4) Natanael Felipe Rhoden - 420 pontos
4) Pedro Henrique - 420 pontos
6) Francisco Cavalin - 410 pontos
7) Mário Gayer do Amaral (Professor) - 405 pontos
8) Ismael Reichert - 375 pontos
9) Mauro - 365 pontos
10) Daniel Dias - 350 pontos
11) Daniel Cardoso - 300 pontos
12) Eduardo Saraiva - 265 pontos
13) Maurício Dias - 260 pontos
14) Marcelo Pereira - 165 pontos



Fórmula-1 cancela GP do Japão

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Devido às consequência da pandemia, a Fórmula-1 decidiu cancelar pelo segundo ano seguido o GP do Japão, previsto para o dia 10 de outubro, em Suzuka. A Liberty Media ainda está estudando se coloca outra corrida no lugar do Japão.



FIA desclassifica Vettel na Hungria

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·


Por enquanto, o resultado do GP da Hungria está alterado. Tudo por conta da desclassificação de Sebastian Vettel, da Aston Martin, segundo colocado no final da corrida deste domingo. Com isso, Lewis Hamilton sobe para segundo lugar e Carlos Sainz Jr., para terceiro. Ao final da prova, restou apenas 0,3 litro de gasolina no carro do alemão, e o regulamento exige um mínimo de um litro para poder ser analisado pelos comissários esportivos. A Aston Martin deve entrar na justiça para tentar reverter a punição, porém, por enquanto, a vantagem de Hamilton na liderança do Mundial de Fórmula-1 passa de seis para oito pontos, pois Max Verstappen, com a desclassificação de Vettel, subiria para o nono lugar na prova húngara.



Ocon vence e Hamilton volta à liderança

Dias ao Volante
Publicado por em F-1 ·








Assim como desde 2014 a Mercedes garante um carro vencedor para Lewis Hamilton, é impressionante o quanto a equipe alemã “joga” contra o heptacampeão. O erro deste domingo, na segunda largada do GP da Hungria, já um dos mais patéticos da história da Fórmula-1. Enquanto TODOS os outros pilotos restantes na corrida foram para colocar pneus pra pista seca, a Mercedes deixou o Hamilton com pneus pra chuva sozinho no grid de largada. A perda da vitória aconteceu exatamente por isso, porque na volta seguinte, o inglês teve de parar com o ritmo de corrida a pleno dos outros, caindo para último lugar. Depois, Hamilton tratou de mostrar todo o seu talento para recuperar a liderança no Mundial e salvar a pele da equipe, de novo, tanto que o heptacampeão terminou a corrida (em terceiro) em condições físicas precárias.
Esteban Ocon aproveitou a lambança promovida por Valtteri Bottas na primeira largada com pista molhada e assumiu a ponta da prova, não perdendo até a bandeirada de chegada, sempre acompanhado de Sebastian Vettel. O jovem francês, tantas vezes injustiçado na F-1, mereceu, e muito, essa primeira conquista da Renault com nome Alpine. No final, Fernando Alonso, quinto na chegada, fez questão de cumprimentar seu companheiro. E o Ocon certamente deve ter agradecido bastante ao velho bicampeão do mundo, pois o espanhol segurou como pode o Hamilton na briga pela quarta posição, antes de o piloto da Mercedes superar Carlos Sainz Jr. e garantir a terceira posição no GP da Hungria.
Max Verstappen foi a grande vítima de Bottas, que errou a freada na curva 1, bateu em Lando Norris, que bateu no holandês. Verstappen ainda conseguiu retornar à prova, mas com o carro bem avariado. Com a bandeira vermelha depois do “strike” do Bottas, a Red Bull ainda conseguiu consertar um pouco o carro de Verstappen, no entanto, não foi suficiente para o holandês brigar por posições na corrida. Com isso, Hamilton reassumiu a liderança do Mundial, com seis pontos à frente do rival.
A F-1 terá agora quase um mês de férias, até o GP da Bélgica, no deslumbrante Spa-Francorchamps. Falando nisso, o pior circuito da F-1, Hungaroring, foi responsável pela melhor prova do ano. Quem diria...

Resultado final:
1) E. Ocon - Alpine - 2h04min43s199
2) S. Vettel - Aston Martin - a 1s859
3) L. Hamilton - Mercedes - a 2s736

4) C. Sainz Jr - Ferrari - a 15s018
5) F. Alonso - Alpine - a 15s651
6) P. Gasly - Alpha Tauri - a 1min03s614
7) Y. Tsunoda - Alpha Tauri - a 1min15s803
8) N. Latifi - Williams - a 1min17s910
9) G. Russell - Williams - a 1min19s094
10) M. Verstappen - Red Bull - a 1min20s244

11) K. Raikkonen - Alfa Romeo - a uma volta
12) D. Ricciardo - McLaren - a uma volta
13) M. Schumacher - Haas - a uma volta
14) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - a uma volta

15) N. Mazepin - Haas - não completou
16) L. Norris - McLaren - não completou
17) V. Bottas - Mercedes - não completou
18) S. Perez - Red Bull - não completou
19) C. Leclerc - Ferrari - não completou
20) L.Stroll - Aston Martin - não completou

Melhor Volta - P. Gasly - Alpha Tauri - 1min18s394

Mundial de Pilotos 2021:
1) L. Hamilton - Mercedes - 192 pontos
2) M. Verstappen - Red Bull - 186 pontos
3) L. Norris - McLaren - 113 pontos
4) V. Bottas - Mercedes - 108 pontos
5) S. Perez - Red Bull - 104 pontos
6) C. Leclerc - Ferrari - 80 pontos
7) C. Sainz Jr - Ferrari - 80 pontos
8) D. Ricciardo - McLaren - 50 pontos
9) S. Vettel - Aston Martin - 48 pontos
10) P. Gasly - Alpha Tauri - 48 pontos
11) E. Ocon - Alpine - 39 pontos
12) F. Alonso - Alpine - 36 pontos
13) L. Stroll - Aston Martin - 18 pontos
14) Y. Tsunoda - Alpha Tauri - 16 pontos
15) N. Latifi - Williams - 4 pontos
16) G. Russell - Williams - 2 pontos
17) K. Raikkonen - Alfa Romeo - 1 ponto
18) A. Giovinazzi - Alfa Romeo - 1 ponto
19) M. Schumacher - Haas - 0 ponto
20) N. Mazepin - Haas - 0 ponto

Mundial de Construtores 2021:
1) Mercedes - 300 pontos
2) Red Bull - 290 pontos
3) McLaren - 163 pontos
4) Ferrari - 160 pontos
5) Alpine - 75 pontos
6) Aston Martin - 66 pontos
7) Alpha Tauri - 64 pontos
8) Williams - 6 pontos
9) Alfa Romeo - 2 pontos
10) Haas - 0 ponto



Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal