Mercado - Dias ao Volante

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Mercado

Leve queda em julho de 2021
4 de agosto de 2021
Ranking dos mais vendidos
dados Fenabrave

Marca/ModeloJulhoAcumulado
01Fiat Argo10.87352.789
02Fiat Strada9.43976.502
03Fiat Mobi8.059
74.413
04Hyundai HB207.79953.205
05Fiat Toro7.03041.114
06Jeep Renegade6.85547.462
07Jeep Compass6.67039.220
08Toyota Corolla Cross5.06815.379
09Renaukt Kwid4.86534.050
10Hyundai Creta4.57623.812
Histórico dos mais vendidos
Janeiro 2021Fevereiro 2021Março 2021
Abril 2021Maio 2021Junho 2021
Julho 2021Agosto 2021Setembro 2021
Outubro 2021Novembro 2021Dezembro 2021
Mercado: 2015 - 2016 - 2017 - 2018 - 2019 - 2020 - 2021
Conforme a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), julho teve 123.579 unidades vendidas entre carros e comerciais leves, os dois segmentos com o maior volume de emplacamentos em automóveis de passeio, representando uma mínima queda de 0,4% ante o mês anterior e uma maior de menos 4,2% sobre o mesmo período do ano passado. No acumulado de janeiro a julho, os dois segmentos registraram 1.169.052 emplacamentos, com aumento de 26,2% em relação a igual intervalo de 2020.
Entre os modelos, o primeiro lugar em julho ficou com o Fiat Argo, com 10.873 unidades comercializadas e um total de 52.789 desde janeiro (ver quadro ao lado), seguido pelos Fiat Strada (a mais vendida do Brasil neste ano) e Mobi, pelo Hyundai HB20, pela Fiat Toro, pelos Jeep Renegade e Compass, pelo mais jovem integrante no “Top Ten”, o Toyota Corolla Cross, pelo Renault Kwid e pelo Hyundai Creta.
Nas marcas, a Fiat, que não está sendo afetada pela falta de semicondutores,  manteve a liderança dos dois segmentos, com 43.684 unidades vendidas em julho e 26,9% de participação de mercado. A marca italiana foi seguida da Toyota, com 18.598 unidades comercializadas em julho e “share” de 11,4%, graças muito ao grande avanço do novo Corolla Cross, o SUV da fabricante no Brasil, da Volkswagen (17.684 e 10,8%), da Hyundai (15.135 e 9,3%), da Jeep (13.547 e 8,3%), da Renault (13.349 e 7,6%), da General Motors (9.391 e 5,7%), da Honda (6.011 e 3,7%), da Nissan (5.575 e 3,4%) e da Caoa Chery (3.763 e 2,3%). Com a quase paralisação da produção no Rio Grande do Sul e em São Paulo, a General Motors (outrora líder com o compacto Onix), despencou no ranking das montadoras.

Curta a página de “Dias ao Volante.Carros” no Facebook, em www.facebook.com/DiasaoVolante.Carros
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal